Plásticas
0 Comentários

Abdominoplastia e a recuperação

 

Pensando nos detalhes sobre abdominoplastia recuperação? Saiba que esta fase é crucial para quem busca um bom resultado, por isso atenção nunca é demais!

Isto porque o processo da sua cirurgia plástica não acaba quando termina o procedimento cirúrgico, ainda mais no caso da abdominoplastia.

Para você ter uma ideia, o pós-operatório de abdominoplastia chega a representar 30% do resultado final!

Por este motivo é importante ter atenção e seguir as indicações corretamente para evitar complicações. E, para ajudar nesta fase, este conteúdo reúne os pontos principais da abdominoplastia recuperação.

Além dos cuidados básicos, paciência também será fundamental no seu pós-operatório de abdominoplastia. Ao se preparar para fazer este procedimento, tenha em mente que cirurgia plástica não é um milagre, em que você acorda da anestesia e está com a barriga chapada.

Atividades leves

No pós-abdominoplastia o retorno às suas atividades do cotidiano será gradativo, mas no geral ocorre em 3 semanas. Claro que isso pode variar dependendo da evolução de cada paciente e até da atividade em questão. Por exemplo, a liberação para dirigir costuma acontecer após 2 semanas.

Posição curvada

Você não deverá esticar seu tronco por cerca de 3 semanas após a cirurgia para evitar a abertura dos pontos. Por este motivo deve andar de forma curvada. Ao longo desse período, a pele se acomoda naturalmente e a curvatura será menor.

Dormir de barriga para cima

Na hora de dormir, a posição certa é de barriga para cima, com a cabeça mais alta e as pernas dobradas, apoiadas em travesseiros. Isso deve ser feito no primeiro mês com o objetivo de evitar esforço na região e, consequentemente, a abertura de pontos. Além disso, auxilia na prevenção de trombose.

Pequenas caminhadas

Evitar esforço físico não significa que você deve ficar imóvel. Pelo contrário, é recomendado que você faça pequenas caminhadas, devagar e respeitando as limitações do seu corpo.

Com os cuidados citados acima e, claro, sempre seguindo as orientações do seu cirurgião plástico, a recuperação de abdominoplastia tende a ser o mais tranquilo e rápido possível.

É importante também não deixar de tomar os medicamentos, inclusive nos horários certos.

Comparecer nos retornos e, qualquer dúvida, confirmar com a equipe do seu médico, que tem o conhecimento necessário para poder orientá-la da forma correta.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
07/08 2018
Plásticas
0 Comentários

Pós-operatório de cirurgia plástica: quando o sexo está liberado?

THINKSTOCK

Sexo depois da cirurgia plástica está longe de ser uma prioridade quando se está com pontos e dores. Mas, conforme as semanas vão passando, o desejo volta. Será que é seguro?

De acordo com a cirurgiã plástica Ivanoska Filgueira, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, para cada procedimento é necessário um certo tempo sem sexo. Mas vale lembrar que o período de abstinência pode aumentar caso haja complicações, como abertura dos pontos ou infecção, por exemplo.

Plástica no abdômen e prótese no bumbum

Em média, depois de 1 mês o sexo está liberado.

Lipoaspiração

Se tudo correr bem, depois de uma semana você já está liberada.

Ninfoplastia

A cirurgia na região genital pede 30 dias sem relações sexuais.

Silicone e outras cirurgias nas mamas

Com ou sem colocação de próteses, não se deve fazer força com os braços ou deitar de bruços durante 15 dias.

Fonte: Vix

beijos, Fran
05/08 2018
Plásticas
0 Comentários

4 procedimentos estéticos que Ana Maria Braga já fez

RAQUEL CUNHA/TVGLOBO

1. Implante de silicone
Procedimento médico e cirúrgico para implante de silicone, que inclui: a cirurgia, o anestesista, a equipe médica, a prótese e os retornos do pós-operatório varia entre R$ 7 e R$ 10 mil, dependendo do tamanho da prótese de silicone.

2. Gluteoplastia

A cirurgia tem como objetivo definir, aumentar ou remodelar o tamanho e formato do bumbum. Atualmente, existe uma grande variedade de implantes para as mulheres que desejam mudar o formato e tamanho, escolha que é feita em consenso entre cirurgião, desejo da paciente e biotipo da mesma. O procedimento pode custar de R$ 12 a R$ 15 mil.

3. Lifting facial
O procedimento trata a musculatura e retira o excesso de pele, eliminando flacidez do rosto e pescoço, atenuando rugas, realçando o contorno da mandíbula, e proporcionando um rejuvenescimento facial. O preço da cirurgia pode variar dependendo do objetivo e tipo de técnica usada.

4. Aplicação de Botox
O Botox age sobre rugas de expressão, principalmente, na região da testa e ao redor dos olhos, mas também pode ser aplicado na região dos lábios e pescoço. A tabela de preços para seu tratamento é diferenciada de uma clínica para outra, dependendo da marca da toxina, variando entre R$ 600 a R$ 2 mil.

Fonte: Vix

beijos, Fran
02/08 2018
12345
Topo