Mamoplastia
0 Comentários

Mastopexia encarece a cirurgia

A flacidez provocada pelo emagrecimento pode deixar de herança seios flácidos e caídos. Infelizmente, eles são a região do corpo que mais sofre com a oscilação de peso. Ou pela amamentação. Engana-se, porém, quem pensa que a única forma de encarar o problema é usar sutiãs modeladores para o resto da vida – inclusive para dormir. Existem cirurgias plásticas seguras que removem não só as sobras de pele, como remodelam a forma e reposicionam a aréola, formando seios novinhos!

A Mastopexia é recomendada para mulheres que passaram por essas fases. Mas o que muitas mulheres não sabem,é que a mastopexia encarece a cirurgia,ou seja, se você pretende apenas colocar a prótese de silicone,vc vai pagar um valor,se vai colocar a prótese de silicone e também fazer a mastopexia ,vc vai pagar uma média de 2 a 3 mil Reais a mais,esse valor pode variar dependendo da região ou do médico. Entenderam? Por exemplo: Se a colocação do silicone estiver 7.000 mil Reais, com mastopexia ficaria 9 ou 10 mil Reais.
beijos, Fran
19/11 2018
Mamoplastia
0 Comentários

Silicone e o Pós – Operatório

O pós-operatório mamoplastia de aumento muitas vezes é temido pelas mulheres, principalmente, quando não há uma supervisão médica adequada.

Porém, essa é uma preocupação desnecessária se os cuidados depois da cirurgia forem seguidos com rigor. E, claro, se a paciente tiver escolhido uma clínica que ofereça assistência durante todo o período de recuperação de silicone.

Para ter certeza de que vai ter um bom resultado, a dica é ouvir todas as recomendações do médico e enfermeiros. Assim como:

  • Fazer o uso correto dos medicamentos
  • Usar o sutiã pós-operatório de prótese
  • Seguir as orientações médicas
  • Comparecer as consultas de retorno

Não adianta pensar que ao colocar silicone, no dia seguinte você vai poder curtir uma praia ou ir para a academia. É preciso respeitar alguns limites que o corpo exige.

Quando falamos de pós-operatório de silicone a palavra-chave é REPOUSO. Nesse caso, evitar grandes movimentações na região operada.

Nos primeiros dias é preciso, inclusive, ter alguém que esteja pronto para te ajudar nas tarefas mais difíceis, como tomar banho, lavar o cabelo ou pegar algo que está no alto.

Os cuidados devem ser seguidos rigorosamente para aumentar as chances de um resultado satisfatório.

As duas primeiras semanas são as mais importantes da sua recuperação. Por isso siga corretamente as orientações médicas. Isso faz toda a diferença!

Nenhuma paciente deve ser operada se as suas condições clínicas não forem devidamente avaliadas. Ou seja, o médico deve receitar alguns exames para verificar a segurança da anestesia e do procedimento.

Por exemplo, se for constatado que a paciente tem anemia, ela não deve ser operada.

Isso porque a anemia é um sinal de que há algum problema em seu organismo. Mas calma isso não é considerado uma doença, apenas um alerta.

A anemia é caracterizada pela redução dos glóbulos vermelhos no sangue. E estes têm a função de levar o oxigênio do pulmão até os tecidos. A sua ausência pode causar o mau funcionamento cardíaco e cerebral.

Para uma pessoa que vai passar por um procedimento cirúrgico, ter anemia pode causar a redução dos glóbulos vermelhos.

Portanto, se a paciente tinha anemia e mesmo assim foi operada, o seu caso de falta de glóbulos vermelhos pode agravar. Consequentemente, isso aumenta os riscos de surgir problemas de oxigenação.

Vale lembrar que qualquer procedimento cirúrgico tem os seus riscos, mas você pode tomar algumas atitudes para evitá-los. As principais para a cirurgia de mama são:

  • Escolher um cirurgião plástico habilitado pela SBCP
  • Optar por uma clínica de cirurgia plástica experiente em casos de prótese de mama
  • Verificar se há uma consulta com o anestesista dias antes da cirurgia
  • Certificar que o procedimento cirúrgico será realizado em um hospital

 

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
24/10 2018
Mamoplastia
0 Comentários

Qual tipo de prótese devo colocar?

A escolha da prótese de silicone é feita de acordo com a preferência da paciente, do formato das mamas desejado e da recomendação do cirurgião feita durante a avaliação corporal.

“Escolhemos por meio do gosto e anseios da paciente em relação ao resultado. Também é analisado o biótipo e tamanho do tórax. Além da quantidade de glândula e gordura nas mamas e da posição das aréolas, que podem fazer diferença”, aponta o especialista.

Quais os modelos de prótese que existem?

 

  • Prótese redonda: a redonda é a prótese usada na maioria dos casos, quando a paciente deseja um bom preenchimento do colo mamário. E existem alguns perfis que podem ser seguidos a fim de projetar o parte superior da mama, a parte do meio ou ainda deixar com menos volume;
  • Anatômica (ou em gota): a anatômica é bastante indicada para pacientes que não desejam preenchimento do colo mamário, dando um volume alto, mas com um resultado super natural, que não dá aparência de estar apertando as mamas quando se usa um decote;
  • Cônica: costuma-se indicar o tipo cônico para pacientes que tem o tórax bem estreito, e que desejam uma mama super projetada.

 

Fonte: Ativo Saúde

beijos, Fran
08/10 2018
Topo