Mamoplastia
1 Comentário

Silicone nos seios: Dicas

silicone nos seios

De acordo com os dados do último censo divulgado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a mamoplastia de aumento, como é conhecida a cirurgia de silicone nos seios, foi o procedimento cirúrgico mais procurado no ano.

Medo de encarar o espelho, baixa autoestima, sentimento de inferioridade, vergonha, insegurança, insatisfação com o tamanho dos seios, sexualidade prejudicada…

Você já sentiu isso? Já teve vontade de ter os “seios lindos com silicone“?

1. Para quem é indicada a cirurgia de silicone nos seios?

cirurgia silicone nos seios
Você não precisa sofrer com seios pequenos

A prótese de mama é indicada para quem deseja aumentar o volume mamário, deixando o colo marcado e a região mais “durinha”. 

Ah, mas eu tenho pele flácida e os seios caídos, a prótese de mama resolve? 

O silicone nos seios pode resolver o problema de pele flácida apenas se você tiver seios pequenos e pouca flacidez. 

Para mulheres que têm muita pele sobrando e mamas mais volumosas, a prótese não vai ajudar. 

Pelo contrário, ela pode até mesmo piorar a situação. 

Nesse caso é indicada a Mastopexia. Este é um procedimento para levantar as mamas com a retirada de pele que está “sobrando”.

Por vezes ela pode ser combinada com a prótese de silicone.

Porém, a cicatriz de silicone nos seios combinada com a Mastopexia fica um pouco maior do que a da Mamoplastia de Aumento.

Entenda aqui como funciona a Mastopexia, a cirurgia que elimina a flacidez das mamas. 

Importante lembrar

O único objetivo da prótese de mama é aumentar o volume nos seios!

Eventualmente, a cirurgia pode aumentar o colo, juntar os seios e até mesmo preencher essa flacidez, reduzindo o efeito de queda nos seios. 

Mas NÃO é uma garantia. Pois essas mudanças dependem de cada organismo para ocorrer.

Por exemplo, em algumas mulheres pode ser possível que os seios fiquem mais próximos. Já em outras não, por causa da posição natural da mama ou da estrutura da paciente. 

Como não tinha filhos, a flacidez da Cris era pequena. 

O que realmente queria era aumentar o volume dos seios. 

Já a sua amiga, Barbara, queria fazer o procedimento para tirar a pele flácida que adquiriu após a amamentação. 

E de fato, durante a consulta o seu médico disse que a cirurgia adequada para esse caso seria a Mastopexia. 

2. Quais são os formatos de prótese de silicone nos seios?

Existem 5 formatos de prótese de silicone para os seios: perfil baixo, moderado, alto, superalto e anatômico. A utilização de cada um vai depender da necessidade e do objetivo da paciente. As mais utilizadas são:

formatos silicone nos seios
Você deve escolher o formato de prótese de silicone que mais atende seu objetivo.

Prótese Cônica ou Perfil Superalto

Tem a menor base e a maior projeção no centro da prótese. Normalmente, é indicada para mulheres que têm o tórax muito estreito e os seios pequenos.

Prótese Redonda ou Perfil Alto

Não tem tanta projeção, comparada com a anterior, mas preenche bastante e deixa o colo bem marcado. 

Esta é indicada para quem tem o tórax de tamanho comum.

Prótese Anatômica ou Silicone Formato Gota

Esta opção imita o formato natural dos seios de uma mulher. Geralmente é utilizada em cirurgias para reconstruir a mama após alguma doença.

Você pode conferir todos os tipos de próteses para as mamas aqui!

Vale lembrar que é fundamental ter um médico especialista e bem experiente para orientá-la de acordo com as opções existentes. 

Cris já foi para a consulta com a ideia de colocar prótese cônica. Viu que muitas mulheres na internet tinham usado esse tipo de prótese.

Porém, durante a consulta, o cirurgião contraindicou essa decisão. Disse que o silicone no seio mais adequado ao seu corpo seria o redondo.

Cris logo ficou com receio, tinha medo de ficar com “pouco peito”. Mas o médico aproveitou para tranquilizá-la. 

“Não é apenas o tipo de prótese que decide como vai ficar o seu resultado. Há outros fatores a considerar também” disse ele. 

Fatores esses que você pode conferir aqui…

3. Dúvida cruel: qual tamanho de silicone é o ideal?

tamanhos silicone nos seios
Quanto maior o tamanho da prótese, maiores são as possibilidades de ficar com silicone marcado.

É muito comum querer ver fotos de antes e depois de seio siliconado ou até pedir a opinião de outras pessoas quando o assunto é silicone e tamanhos. 

Porém, muito cuidado!

Você não pode entrar em uma consulta e dizer: “Oi doutor, eu quero colocar 500ml de silicone”

Isso porque um monte de garotas recomendou que você colocasse um volume maior. Não é assim que funciona. 

Existem diversas possibilidades de tamanho: desde silicones menores que 200ml – que raramente são usados – passando pelos mais comuns, que estão entre 300 e 400ml, até os grandes, com 1000ml ou mais ml – que também são dificilmente usados. 

Esses modelos mais raros, aliás, são fabricados apenas sob encomenda. 

Seu médico leva em consideração o diâmetro do tórax, o formato do peito, o tecido mamário e uma série de outros fatores antes de recomendar as opções.

Por isso você e o seu cirurgião devem decidir juntos qual tamanho é o melhor.

Por que eu não posso decidir sozinha o tamanho do silicone nos seios?

silicone tamanho
Você tem que escolher o tamanho que melhor vai se adaptar ao seu corpo e às suas expectativas.

A Cris chegou na clínica dizendo que queria um silicone no seio de 450ml. Mas o médico achou que era um volume muito alto para o seu corpo.

Por isso, resolveu fazer um “teste cego”.

Primeiro, ele deu uma malha cirúrgica para Cris colocar na região dos seios. 

Em seguida, entregou uma prótese para ela colocar dentro da malha, sem falar qual era o volume da prótese. 

Por fim, fez ela se olhar no espelho e dizer o que achava, se tinha gostado, se queria maior, menor…

E ele repetiu esse processo com mais 4 próteses de tamanhos diferentes. 

Cris gostou bastante da terceira opção, sentiu que se adaptou bem ao seu físico.

Era uma prótese de 350ml, ou seja, 100ml a menos do que o que ela queria. 

Por isso, antes de decidir um tamanho, converse com seu médico. Ele sabe o que é mais indicado para você com base no seu porte e na sua expectativa de resultado. 

Afinal, vale salientar que quanto maior o tamanho da prótese, maior a possibilidade de desenvolver estrias nos seios. Por isso é preciso ter muita atenção na hora de escolher o tamanho. 

Descubra como escolher o tamanho do silicone e evitar estrias no pós-operatório!

4. Posição da prótese de silicone nos seios: qual escolher? 

Silicone por baixo silicone por cima
Silicone marcado ou seio natural? É agora que você vai definir coo de fato vai ficar seu peito com silicone.

Uma das grandes dúvidas de quem faz a cirurgia é onde colocar a prótese: por baixo ou por cima do músculo.  

Mas afinal, qual a diferença?

Por baixo do músculo (submuscular)

É quando o cirurgião plástico levanta o músculo peitoral para colocar o implante. 

Essa opção é indicada para quem deseja resultados mais discretos, porém é mais dolorosa em questão de recuperação. 

Por cima do músculo (subglandular)

O implante é colocado abaixo das glândulas mamárias e por cima do músculo. Essa técnica é ideal para quem quer deixar os seios bem marcados.

Subfascial (o meio termo)

O silicone é colocado entre a glândula mamária e o músculo. É o exato meio termo das duas primeiras técnicas.

Saiba qual a diferença de colocar silicone por cima ou por baixo do músculo. 

5. Seios siliconados bem marcados x Silicone nos seios natural

Seios siliconados
Escolha o silicone no peito que atenda a sua expectativa.

Gosto não se discute, certo? Pois então, cada mulher deseja que os seus seios siliconados fiquem de um determinado jeito.

Muitas pacientes têm medo que o silicone nos seios as deixe com a aparência de peito artificial (muito exagerado).

Outras querem justamente o contrário, preferem que as mamas fiquem grandes e chamativas.

Para atender a esses gostos, é necessário prestar atenção ao tamanho e ao posicionamento do implante no corpo. 

Afinal, existem técnicas para colocar a prótese e deixar o decote  do jeito que cada paciente deseja.

Como deixar o silicone nos seios mais natural?

silicone nos seios natural
A aparência dos seio natural é mais discreta, não tendo colo muito levantado.

Cris desejava um silicone que deixasse seu seio natural, em que o colo não ficasse tão marcado, ou seja, sem aquele formato bola. Mas ainda assim com mais preenchimento na região. 

Para alcançar esse formato é necessário combinar uma prótese de volume menor com uma posição de colocação atrás do músculo.

Como ter silicone marcado?

silicone marcado
A prótese marcada deixa os seios em maior evidência, principalmente em decotes

Para conseguir um silicone marcado, com aquele efeito bola e o colo mais avantajado, é necessário escolher um volume de silicone maior. Além disso, a colocação é feita e  por cima do músculo.

Porém, se você não quiser passar a impressão de seios artificiais, é preciso conversar com o médico para escolher um volume e uma posição adequados, que ainda assim deixem o silicone marcado.

Como vimos antes, a Cristiane queria silicone nos seios mais natural. 

Portanto, conversando com o médico, viu que a técnica por baixo do músculo era a mais indicada para o seu caso. 

Não ficaria com aquela aparência de peito artificial, e também não continuaria “despeitada”.

6. Como é a cicatriz de silicone nos seios?

Para colocar silicone nos seios, há três possibilidades de cicatrizes, sendo duas nos seios e uma nas axilas. São locais bem específicos, que visam deixar as marcas do corte bem discretas. Veja só:

cicatriz silicone nos seios
Existem 3 tipos de cicatriz para prótese mamária.

Incisão pela axila (axilar)

O implante é introduzido por meio de um corte nas axilas. Nesse caso, o caminho até os seios é mais longo, e a recuperação mais dolorosa. 

Incisão pela aréola (periareolar)

É a cicatriz de silicone nos seios mais discreta, pois fica exatamente na marca da aréola. Porém, é a opção menos indicada para quem pretende engravidar. 

Nós vamos explicar o porquê mais para frente.

Incisão abaixo dos seios (incisão inframamária)

É a opção mais comum e mais segura também. O corte é feito abaixo das mamas, ficando escondido sob biquínis e lingeries. 

Se você está com medo da cicatriz de silicone nos seios estragar o resultado da sua cirurgia de silicone, fica tranquila! Com o tempo, elas ficam quase imperceptíveis (na maioria dos casos).

Quer saber qual o ponto positivo e negativo de cada incisão? Qual a mais recomendada para você? Conheça os tipos de incisões de silicone e descubra qual é ideal para o seu caso!

Saiba que, assim como nos outros casos, o cirurgião plástico define junto com você qual opção é a melhor.

7. Silicone nos seios tira a sensibilidade?

silicone nos seios tira sensibilidade
A falta de sensibilidade nos seios recém siliconados é temporária.

Geralmente não. Quando é feita a incisão inframamária, pode haver uma perda momentânea de sensibilidade no pós-operatório. Mas é raro. 

Geralmente o silicone nos seios tira a sensibilidade com a incisão areolar. Porque nessa técnica, ocorre o corte dos neurônios sensitivos na aréola. 

Porém, mesmo nesse caso, a perda de sensibilidade geralmente dura poucos meses. 

Tempo necessário para o corpo se recuperar completamente da cirurgia. 

8. Como colocar silicone nos seios

protese de silicone
A cirurgia de prótese de silicone é a mais realizada pelas mulheres no Brasil.

Na cirurgia de prótese de silicone nos seios, inicialmente a paciente é submetida à anestesia. Em seguida, são feitos cortes, que podem ser na axila, em baixo da mama ou mesmo na aréola, dependendo da incisão que a paciente escolheu. O implante é introduzido e em seguida a pele é fechada. 

Por fim, a paciente fica em repouso até a liberação médica.  

Veja o passo a passo da cirurgia de prótese de silicone aqui!

Aqui na Dream Plastic, toda a nossa experiência é colocada em ação a fim de que as pacientes tenham um procedimento bem tranquilo e uma recuperação mais rápida.  

Porque nossa equipe, altamente experiente em cirurgias plásticas, conseguiu desenvolver um protocolo com cada etapa do procedimento.

Desde o início, já temos em mente todo o passo a passo montado até o fim da cirurgia. 

Sem surpresas desagradáveis ou mesmo inconveniências. 

9. Que tipo de anestesia é usada no implante de silicone nos seios

cicatriz protese silicone seios
A anestesia deve ser administrada por um médico anestesista.

Na cirurgia de prótese de silicone, geralmente é usada a anestesia local com sedação ou peridural

Você pode entender melhor como funciona a anestesia peridural aqui.

Durante a consulta, questione seu médico sobre a anestesia utilizada na cirurgia. E aproveite para tirar qualquer dúvida que tenha sobre esse assunto. Por exemplo, como a anestesia será administrada e quem fará isso.

VOCÊ SABIA? O Conselho Federal de Medicina (CFM) tornou obrigatório a Avaliação Pré-Anestésica. Sendo assim, toda clínica de cirurgia plástica em São Paulo precisa oferecer esse serviço aos seus pacientes. 

Mas infelizmente, muitas clínicas não cumprem essa lei, expondo a paciente a sérios riscos. 

Assim, impedem que elas tenham a oportunidade de tirar dúvidas, ter respostas e, principalmente, de se sentirem mais seguras.

Aqui na Dream Plastic fazemos diferente. 

Você TEM o direito de passar em uma consulta com anestesista da equipe dias antes da cirurgia. E sem pagar nada!

Cris confessou que estava com medo da cirurgia. Como nunca tinha feito algo desse tipo, morria de medo de agulha.

Foi durante sua consulta com o anestesista aqui na Dream que conseguiu esclarecer tudo. 

Perguntou sobre a cirurgia, a anestesia, os riscos, TUDO que você pode imaginar.

Por fim admitiu que depois da consulta com o anestesista, se sentiu muito mais aliviada, segura e preparada para a cirurgia. 

Você pode entender melhor como funciona a consulta com o anestesista aqui!

10. Use as fotos de seios com silicone perfeito somente como uma referência

foto peito com silicone perfeito
Cada seio com silicone tem um resultado único.

É normal querer ver fotos de seios lindos com silicone, mas você não pode acreditar que aquele resultado bonito vai ficar igual, mesmo você escolhendo tamanhos idênticos. 

Conversando com as consultoras da Dream durante a consulta médica, Cris descobriu o nosso grupo no Facebook. 

Nele reunimos milhares de mulheres que compartilham por conta própria suas impressões sobre as cirurgias, seus resultados, dúvidas, medos e muito mais. 

Atualmente, este é o maior grupo fechado de uma clínica de cirurgia plástica do Brasil, contando com mais de 82 mil mulheres

No grupo, Cris viu resultados de silicone perfeitos que deixou maravilhada. 

Chegou até mesmo a pedir um resultado como aqueles para o médico, ao que ele alertou que a imagem só poderia ser vista como uma estimativa. 

Isto porque, cada mulher possui características diferentes que contam muito na hora do resultado final.

A forma como o silicone ficará em você depende de uma série de fatores: o tórax, o diâmetro, a posição das mamas, sua altura. Tudo isso interfere no resultado final. 

IMPORTANTE

As imagens que você vê de seios siliconados, seja na internet ou com seu cirurgião, JAMAIS devem ser vistas como uma promessa de resultado.

Cada organismo é diferente do outro. A imagem deve ser vista apenas como uma referência. 

Ademais, a melhor forma de saber quais resultados você pode alcançar é conversando com o seu médico durante a consulta de avaliação.

11. Onde colocar silicone nos seios: Hospital ou clínica?

onde colocar protese de silicone
Não aceite fazer cirurgias em clínicas!

Para colocar implante de silicone nos seios, é necessário que o procedimento seja feito em um hospital, com equipe e estrutura adequada. Jamais aceite fazer uma cirurgia em uma clínica médica. Pois isso pode trazer problemas para a sua saúde. 

Cristiane não sabia disso. Antes de fechar com a Dream, ela disse que quase aceitou operar em outra clínica, porque seu valor era MUITO abaixo do mercado. 

A única diferença entre ambas era que aqui na Dream ela seria operada em hospital, enquanto que no outro local, a cirurgia se daria na própria clínica. 

Por sorte, antes de fechar a cirurgia, Cris conversou com uma amiga que tinha colocado silicone nos seios, a Lilian. Foi ela quem abriu seus olhos.

“Muitos médicos optam por fazer cirurgia em clínicas. Mas isso não é recomendado, pois pode trazer problemas como infecção e até mesmo complicações durante a cirurgia”, disse ela. 

Sabe aquelas notícias que vemos no jornal, de que o procedimento deu errado? Em que a paciente teve complicações? 

Geralmente ocorrem quando a cirurgia é realizada em uma clínica. 

Por irresponsabilidade do médico e, até mesmo, da paciente, vidas são colocadas em risco, mesmo com ambos sabendo que deveriam fazer a cirurgia de silicone nos seios em um local apropriado. 

Foi então que a Cris se deu conta do que estava prestes a fazer. Quase colocou sua vida em risco!

Portanto, é muito importante que você analise as condições do local onde será feito o procedimento. E, principalmente, se o local segue as normas exigidas pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde – COVISA.

Não coloque sua vida e a sua saúde em risco!

Operar na Dream Plastic ou num consultório particular

cirurgia silicone seios
Escolha o local que ofereça estrutura, assistência e segurança completa para sua cirurgia de silicone nos seios.

Será que é válido pagar um preço abaixo do mercado para ter peito com silicone e, no fim, sair desolada da cirurgia? 

Não, né!

Ao operar em consultórios particulares a paciente tem acesso a apenas um médico.  Então se ele tiver alguma emergência, por exemplo, ela ficará desamparada. 

O mesmo acontece se ela tiver o resultado insatisfatório. A única pessoa a quem a paciente poderá recorrer é ao cirurgião. E se ele não aceitar fazer outro procedimento, ela não terá mais o que fazer. 

A Dream Plastic não é como essas clínicas. 

Além de operar apenas em hospitais, com equipamentos de primeira qualidade e cirurgiões experientes em cirurgia plástica, nós também fazemos mais pelos pacientes:

Contamos com uma Central de Ouvidoria própria e exclusiva. O serviço tem uma equipe de médicos e enfermeiras que oferecem todo o suporte para as nossas pacientes. 

E mais, você está na segunda consulta de pós-operatório e seu médico teve uma emergência? Calma, você pode ser atendida por outro. Nós temos diversos cirurgiões disponíveis na clínica. 

E se você sentir que seu resultado não ficou bom, falaremos com nossa equipe para que avaliem o seu resultado. 

São essas pequenas, mas essenciais diferenças que fizeram a Cristiane optar por fazer sua cirurgia com a gente. 

12. Silicone nos seios: Recuperação

Na cirurgia de silicone nos seios, recuperação é algo sério. É preciso fazer pequenas coisas e manter movimentos mais leves. Portanto, se seu trabalho requer movimentos bruscos, é melhor ficar alguns dias afastada. 

Na maioria das vezes, um pós-operatório rápido depende muito da paciente e dos seus comportamentos. 

Desse modo, se você busca por silicone nos seios, com uma recuperação tranquila, precisa seguir rigorosamente as orientações do seu cirurgião após o procedimento. São elas:

silicone nos seios recuperacao
Siga todas as recomendações de pós-operatório da cirurgia de prótese de silicone.

O pós-operatório é doloroso?

Esse era um dos medos da Cris e, convenhamos, de muitas de nós, concorda?

Geralmente a recuperação é mais incômoda quando a paciente coloca a prótese por baixo do músculo

Mas, pode ficar tranquila, pois a dor geralmente dura uma semana. Com o passar dos dias ela vai abrandando. 

A Cris comprovou! 

No seu pós-operatório sofreu nos primeiros dias. Como tinha feito a cirurgia por baixo do músculo, quando se mexia sentia os músculos sendo puxados. 

Mas em 5 dias já estava bem mais tranquila. 

Claro, ainda sentia um desconforto, mas nada muito assustador. Era só ficar quietinha que passava. 

13. Quais os riscos de colocar silicone nos seios 

quais riscos colocar silicone seios
Toda cirurgia possui riscos, porém podemos prevenir alguns.

Os riscos de colocar silicone nos seios são poucos, porém é preciso ficar atenta. Pois, em grande parte, dependerão dos seus cuidados no pré e pós-operatório e das suas escolhas, em questão de médico e clínica. Entre os principais riscos de colocar silicone nos seios, estão: 

Contratura capsular, rompimento da prótese, queloide, flacidez, estrias, hematomas, dores nos seios inicialmente, abertura dos pontos, dor nas costas.

Você pode conferir todos os riscos da prótese de silicone e como preveni-los aqui!

Assim como em todas as cirurgias, no procedimento de peito com silicone existem alguns riscos. Mas eles podem ser prevenidos com os cuidados certos. 

Para isso, é preciso que você escolha um médico experiente. 

Portanto, aceite apenas médicos homologados na SBCP e no CRM, que tenham diversas cirurgias no seu currículo. 

Além disso, escolha um local de confiança, que tenha estrutura adequada para te atender desde o primeiro contato até a alta médica. 

Por último, e ainda mais importante, siga corretamente todas as instruções para o pré e o pós-operatório que mencionamos acima. 

Atenção! Seios grandes com silicone podem afetar a sua postura ou trazer dor nas costas

Se você escolher um tamanho de implante proporcional ao seu corpo, a sua postura ou coluna não serão prejudicadas. 

No entanto, se você escolher implantes grandes demais para o seu corpo, você vai sentir os efeitos negativos posteriormente.

Muitas mulheres passam por esta situação: colocam uma quantidade maior do que o corpo pode suportar e depois surge o arrependimento. 

Por isso é importante ouvir a opinião de um bom profissional.

14. Seios siliconados prejudicam a amamentação?

seios silicone prejudica amamentacao
Há apenas um tipo de cirurgia de silicone nos seios que interfere na amamentação. E geralmente, é a menos indicada pelos médicos.

Na maioria dos casos o peito com silicone não prejudica a amamentação. 

Cris também tinha esse dilema. A prótese impede a amamentação? Será que posso fazer antes de engravidar, ou só depois?

Mulheres que optam pela incisão abaixo da mama (a mais comum) ou pela axila não correm esse risco. 

Porém, no caso da incisão pela aréola, há um pequeno risco de prejudicar a amamentação. 

Pois o corte da incisão pode danificar os ductos mamários, impedindo a transição de leite para os seios. 

Mas, dificilmente o médico usa a técnica areolar em pacientes que ainda vão amamentar. 

Geralmente, é escolhida essa incisão caso tenha uma indicação muito específica. 

Por exemplo, se ela for fazer uma Mastopexia também. 

Caso contrário, essa será a última técnica a se considerar, exatamente para não interferir na amamentação. 

Já as outras duas incisões não apresentam riscos para a amamentação. 

15. Prótese de silicone causa câncer de mama?

protese de silicone e cancer de mama
Não há relação entre a prótese de silicone nos seios e o câncer de mama

Um estudo científico avaliou a relação do câncer de mama e da prótese de silicone ao longo da história e concluiu que não há evidências comprovando que seios de silicone desenvolvem câncer de mama. 

Aqui você pode conferir com mais detalhes essa questão do silicone e câncer de mama.

16. Futuramente, será preciso trocar a prótese de silicone?

trocar protese silicone
Só é necessário trocar seios de silicone em casos específicos

Só será necessário trocar a prótese de silicone se esta apresentar algum problema, como ruptura e rejeição, por exemplo. 

Antigamente as próteses eram feitas de outro material, que exigia que o implante fosse trocado após 10 anos de uso.

Porém, atualmente não é mais assim. As próteses têm um material muito mais resistente e sem prazo de validade. 

Em vez disso, possuem garantias que podem ser de 10 anos ou até mais, a depender de cada fabricante. 

Essa garantia assegura outro par de prótese de silicone nos seios para a paciente, caso ocorra algum problema, como ruptura e contratura. 

Porém, se não houver nenhuma ocorrência quanto ao silicone nos seios, ele não precisará ser trocado. 

17. Nem todos os cirurgiões são certificados para colocar silicone

cirurgioes plasticos
Escolha com atenção o profissional que for colocar sua prótese de silicone nos seios

O cirurgião plástico é um profissional que estará diretamente em contato com você durante a cirurgia de silicone. 

Será ele o responsável por indicar as melhores técnicas e procurar alcançar o melhor resultado.

No entanto, nem todo médico é especializado para realizar tal procedimento. 

Infelizmente existem os profissionais de mau-caráter que querem ganhar à custa da inocência das pacientes. 

Por isso é importante que você opte por ser operada apenas por cirurgiões certificados.

Quando você for escolher um médico para colocar implante de silicone nos seios, saiba que há três características básicas que ele precisa ter:

  1. Verifique se o cirurgião é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  2. Confira se ele é certificado pelo CREMESP e possui o registro do CRM (Conselho Regional de Medicina).
  3. Investigue o que as suas pacientes falam a respeito dele, se há indicações.

Em seguida, certifique-se de que o cirurgião tem a experiência adequada para realizar a cirurgia de silicone. 

Aqui na Dream Plastic nós disponibilizamos todas as informações que você precisa sobre nossos cirurgiões. 

Isso porque todos são escolhidos a dedo: precisam ter ampla experiência em cirurgia plástica, são formados pelas melhores universidades do Brasil e atendem os 3 requisitos básicos mencionamos acima. 

Procure recomendações reais de outras pacientes!

Além disso, você também pode conversar com outras pacientes que têm peito com silicone para saber quais as suas recomendações.

No Grupo da Dream você encontra resultados de diferentes cirurgiões e pode conversar com milhares de pacientes.

Faça parte desse grupo:

Silicone nos seios

E mais, você também pode ver recomendações de médicos até mesmo nas nossas avaliações no Google. Veja só o que a Vanessa, nossa paciente comentou:

“Minha experiência foi perfeitaa! Me apaixonei pela clínica de cara, ambiente, recepcionistas, minha consultora linda, o Dr que me passou muita segurança antes e depois da cirurgia, as enfermeiras, equipe, hospital, tudo maravilhoso. Estou muito feliz com a minha escolha e com certeza indico a clinica sempre. Gratidão à todos por me ajudar a realizar meu sonho.”
Vanessa Costa

Assim que encontrou um médico que parecia atender suas necessidade, Cris logo pesquisou todo o trabalho dele. 

Conversou com muitas pacientes, pegou recomendações no grupo do Face, pesquisou o cadastro dele nos órgãos de saúde…

E então decidiu pela Dream Plastic. 

Fez bastante coisa, mas valeu a pena. Afinal, seu resultado ficou incrível!

E sabia que isso também era devido a sua dedicação em pesquisar o melhor local e o melhor médico. 

“Afinal, se é pra fazer algo para nós meninas, vamos fazer bem feito né?”

– Cristiane Friolle

18. Como funciona a consulta antes da cirurgia de silicone no seio

consulta silicone seios
Se você seguir todas as recomendações do cirurgião, vai conquistar seios lindos com silicone

Na consulta com o cirurgião plástico, você conta a sua expectativa de resultado: se quer seios naturais ou silicone marcado

Além disso, o médico vai solicitar uma bateria de exames para ter certeza que você pode se submeter a uma cirurgia de silicone no seio. 

Exames como:

  • Ultrassonografia das mamas ou uma mamografia
  • Sangue: hemograma, coagulograma, glicemia
  • Urina: urina de rotina e urocultura
  • Eletrocardiograma

Os resultados desses exames servem também como um parâmetro para os seus futuros exames mamários após a cirurgia.

Por isso é sempre bom guardá-los por vários anos.

Separamos algumas perguntas para você fazer ao seu médico na primeira consulta.

Você pode ver mais perguntas para fazer ao cirurgião plástico aqui.

Cris anotou TODAS as dúvidas. 

E foi ótimo, porque conseguiu esclarecer o que seria melhor, o que não daria certo e ainda aproveitou para já marcar a consulta com o anestesista. 

Faça isso também. Vai ver que é bem melhor sair da consulta sem dúvidas nenhuma!

19. Peitos com silicone podem ter uma sensação natural ao toque?

A tecnologia utilizada nos implantes mais modernos permite que a consistência do silicone nos seios seja natural ao toque.

Além disso, a sua textura e densidade são parecidas com a do tecido mamário, o que traz uma aparência mais natural aos seios, mesmo quando são tocados. 

Ainda mais se for colocado por baixo do músculo, como foi o caso da Cris.

No começo ela se sentiu estranha, principalmente quando tocava. Parecia meio irreal. Mas com o tempo se acostumou.

E quando os seios de silicone desincharam, viu que continuava com a mesma sensação de antes. 

BÔNUS: Valor da prótese de silicone

valor silicone nos seios
Contamos com formas de pagamento acessíveis para sua cirurgia de silicone no seio

De acordo com uma regra dos órgãos de saúde, tanto os cirurgiões como as clínicas não podem divulgar valores da cirurgia antes da paciente passar em consulta.

Mas nós conseguimos encontrar uma média do valor cobrado pela prótese de silicone em São Paulo para você ter uma base. Esse valor é uma estimativa de várias clínicas da cidade. 

Porém, o valor real mesmo você só poderá conferir durante a consulta.  

Você sabe como escolher o preço certo?

Sabemos que o preço da cirurgia para colocar silicone nos seios é algo que pesa bastante na decisão de quem vai fazer, mas é importante que este não seja o único fator analisado.

É necessário mesclar um bom preço com qualidade e segurança. 

Afinal, como vimos antes, de nada adianta pagar muito barato por um resultado que só traz dor de cabeça, não é?

Fonte> Dream Plastic

beijos, Fran
21/06 2021
Celebridades Plásticas
0 Comentários

Jessica Alves posa de maiô

Jessica Alves de maiô vermelho - Reprodução Instagram

Imagem: Reprodução Instagram

Jessica Alves, anteriormente conhecida como Ken Humano, compartilhou um clique para lá de sensual com seus seguidores no Instagram. Apenas de maiô vermelho, que acentuou suas curvas, a modelo brasileira refletiu na legenda. “O sucesso não é final; o fracasso não é fatal. O que conta é a coragem de continuar”, escreveu ela….

Jessica ficou internacionalmente conhecida realizar uma série de cirurgias plásticas para chegar próxima da aparência de Ken, o parceiro da clássica boneca Barbie. Entretanto, em janeiro de 2019, a modelo surpreendeu o público ao assumir sua transexualidade. Pouco tempo depois ela realizou a cirurgia de redesignação de sexo e demonstrou animação em “estrear” sua genitália. “Quando comecei minha transição após minha viagem para a Tailândia em 2019, muitas pessoas pensaram que era uma manobra de imprensa simplesmente porque muitas pessoas não me levavam a sério. As pessoas presumiam que eu era viciada em cirurgia plástica quando, na verdade, estava tentando me encontrar e descobrir quem eu realmente era!”, disse ela ao Daily Mail, à época. “O problema é que ainda não tenho ninguém no meu radar [para estrear meu novo corpo]. Eu quero que o dia seja mágico e especial, então se eu tiver que esperar mais tempo, farei isso até que o homem certo para mim apareça”, concluiu ela.

Fonte: Uol

beijos, Fran
17/06 2021
Plásticas
0 Comentários

O que é abdominoplastia em âncora?

abdominoplastia em ancora

A abdominoplastia em âncora é uma cirurgia voltada para pessoas que perderam muito peso, como é o caso de uma cirurgia bariátrica. Ela remove toda a pele flácida da barriga, do abdômen e dos flancos, deixando a região mais firme e retinha. É isso que a difere da abdominoplastia clássica

Já a abdominoplastia clássica é indicada apenas para quem tem pouco excesso de pele concentrado no abdômen. É o caso de mulheres que passaram por gestações. 

Isso porque, nessa técnica, a pele é empurrada apenas para baixo apenas. Ou seja, não remove o excesso de pele dos flancos. 

Quer entender melhor como é a abdominoplastia clássica? Então clique aqui e conheça a Abdominoplastia, a cirurgia que vai eliminar a flacidez da barriga de quem tem pouca pele flácida.

A abdominoplastia em âncora é ideal para pessoas que passaram por processos de perda de peso consideráveis. Por exemplo, a redução do estômago ocasionada por grandes dietas ou cirurgias como bariátrica e gastroplastia. 

Durante a bariátrica, a pele não consegue acompanhar a mudança do corpo.

Por isso, há bastante sobra de tecido, especialmente em regiões como: barriga, braços e coxas.

O que pode causar constrangimentos, incômodos e até assadura entre as dobrinhas. 

Já a abdominoplastia em âncora consegue resolver esse problema. Pois ao contrário da clássica, ela retira o excesso de pele superior, inferior e das laterais.

Desse modo, recorrer à cirurgia plástica pós-bariátrica, ou abdominoplastia pós-gastroplastia, como também é conhecida, é uma questão de necessidade e de bem-estar.

Como é feita a abdominoplastia pós-bariátrica

A cirurgia de abdominoplastia em âncora é feita por meio de duas incisões. Uma na horizontal e outra na vertical. Só assim é possível retirar a pele da barriga e dos flancos. Você pode ver o passo a passo aqui:

Basicamente, a abdominoplastia em âncora (ou dermolipectomia em âncora) segue os mesmos princípios da clássica. 

A diferença é que ela acrescenta um corte, no caso o vertical, para que possa retirar mais pele. 

Afinal, geralmente é feita a cirurgia de abdominoplastia em âncora em pacientes obesos.

Além disso, uma das vantagens secundárias da abdominoplastia em âncora é a retirada das estrias presentes na região inferior do abdômen. Mas esse não é o foco da cirurgia.

O procedimento cirúrgico de abdominoplastia dura em média de 3 a 5 horas. 

E a anestesia utilizada pode ser a peridural com sedação ou a geral.

Como é a cicatriz da abdominoplastia em âncora? 

abdominoplastia classica
Na esquerda temos a cicatriz da abdominoplastia clássica. Na direita está a cicatriz da abdominoplastia em âncora.

A cicatriz da abdominoplastia em âncora corresponde à quantidade de pele retirada. Como são retiradas camadas do abdômen e dos flancos, o corpo fica com duas cicatrizes: (Você pode ver na imagem 2)

1: na parte mais baixa do abdômen, que corresponde ao corte horizontal

2: no meio da barriga, consequência do corte vertical. 

Como dissemos antes, ao contrário desse modelo, a abdominoplastia clássica tem apenas o corte horizontal. Pois nessa cirurgia, é feita apenas retirada de pele do abdômen, de cima para baixo. 

Portanto, não há presença do corte vertical, visto que ele retira a pele dos flancos e é uma técnica exclusiva da abdominoplastia em âncora. (Imagem 1)

A cicatriz a mais na abdominoplastia em âncora tem a finalidade de remover uma quantidade maior de pele em toda a extensão do abdômen.

Por isso, devido ao formato que fica a cicatriz, muitas pessoas costumam chamar a cirurgia para barriga de avental de abdominoplastia em “T” invertido, que também pode ser vista como uma âncora. 

Ainda que essa cicatriz seja maior, o cirurgião plástico experiente sabe como deixá-la em lugares estratégicos para que o corte horizontal fique abaixo da cintura e da roupa. 

Quando é indicada a abdominoplastia em âncora?

cirurgia para barriga avental
Tem excesso de pele na barriga? A abdominoplastia em âncora é a solução!

Por ser um procedimento reparador, geralmente, a abdominoplastia em âncora é indicada para quem fez uma cirurgia bariátrica. Portanto, para quem tem grande excesso de pele. Mas ela também pode ser recomendada para pessoas que:

  • Passaram por dietas rigorosas
  • Fizeram gastroplastia
  • Receberam indicações médicas

A causa da barriga avental está relacionada com a alteração constante de peso, a perda de elasticidade e até mesmo a gravidez. 

E, principalmente com as cirurgias bariátricas. Pois a alteração é intensa, visto que a paciente pode perder cerca de 50% do peso. 

Isso gera um enorme excesso de pele e, consequentemente, cria a famosa barriga avental.

Assim, optando pela cirurgia plástica após bariátrica é possível eliminar esse desconforto. 

Até porque o excesso de pele pode ser um problema, trazendo uma série de doenças, infecções e assaduras.

Esse era exatamente o problema da Fabiana! 

Além da autoestima, sua saúde também não estava bem. Não era apenas futilidade!

Abdominoplastia após bariátrica não é apenas estética, é saúde!

abdominoplastia apos bariatrica
Quem disse que abdominoplastia depois da bariátrica é futilidade está errado!

De acordo com o site ESTADÃO, o Brasil é um dos principais líderes em intervenções cirúrgicas. 

Somente em 2018 foram realizadas 1,7 milhão de operações.

Isso quer dizer que as pessoas buscam cada vez mais cuidar da saúde e do corpo.

E as razões pelas quais uma pessoa procura por um procedimento para emagrecer são as mais diversas, como:

  • Necessidade de cuidar do seu bem-estar
  • Recomendações médicas
  • Falta de autoestima
  • Angústia ao se olhar no espelho
  • Dificuldade de encontrar uma roupa que sirva
  • Cansaço constante

Um estudo científico publicado pela Revista Brasileira de Cirurgia Plástica comprovou a eficácia da abdominoplastia em âncora na melhora de diversos fatores na vida de uma pessoa. Como:

  • Convívio Social
  • Higienização
  • Desempenho sexual
  • Locomoção

Ou seja, mais bem-estar e qualidade de vida. Isso só ajuda a provar que a abdominoplastia após bariátrica é mais do que apenas futilidade e estética.

O pior drama dos pacientes pós bariátrica é ter que lidar com a flacidez em seu corpo. 

Se as chances de remover essa pele com dietas e exercícios físicos são tão pequenas, é preciso apostar em algo mais assertivo para transformar essa barriga de avental em uma barriga chapada. 

É justamente por isso que as pessoas recorrem à cirurgia plástica pós-bariátrica, principalmente, a abdominoplastia em âncora.

Inclusive, a cirurgia reparadora na barriga é indicada pelo próprio médico. Isso para a paciente alcançar o abdômen que tanto deseja.

Lembrando que a abdominoplastia em âncora deve ser realizada quando a paciente atingir o peso desejado, mantendo-o por, pelo menos, 6 meses.

Quais os riscos da abdominoplastia pós gastroplastia? 

abdominoplastia pos gastroplastia
Os riscos da abdominoplastia em T invertido são os mesmos riscos de uma cirurgia comum.

Os riscos da abdominoplastia em âncora são MÍNIMOS. Eles podem ser minimizados com uma boa escolha de cirurgião, equipe médica, hospital e, claro, com os cuidados pré e pós-operatórios da paciente. Entre os principais riscos, estão:

  • Abertura dos pontos
  • Edema
  • Equimoses
  • Sangramento nas cicatrizes
  • Seroma
  • Cicatriz hipertrófica
  • Queloide

É válido lembrar que essas são intercorrências comuns em QUALQUER TIPO de cirurgia. Porém, são tratáveis. 

Mas, claro, nós podemos minimizar a possibilidade de algo acontecer com os cuidados certos.

Fabi ficou com medo ao ver os riscos, mas não desistiu da cirurgia. 

Fez melhor!

Buscou referências de como evitar problemas neste momento tão importante.

Como evitar riscos na abdominoplastia

O primeiro cuidado é escolher um bom local para fazer a cirurgia reparadora na barriga. 

ATENÇÃO: para sua segurança, só aceite clínicas que fazem cirurgia em hospitais. 

NUNCA uma abdominoplastia em T invertido em uma clínica. 

Fabi viu isso na internet e em sites de médicos famosos.

A abdominoplastia em âncora deve ser feita num hospital com estrutura adequada para socorrer a paciente, caso seja necessário.

Na Dream, preservamos o bem-estar de TODAS as nossas pacientes. Por isso, só realizamos cirurgias em hospitais renomados. 

Só aceite médicos especializados em cirurgia plástica!

abdominoplastia medicos especializados cirurgia plastica
Médicos experientes garantem muito mais segurança e sucesso para a sua cirurgia.

Além do hospital, é preciso se atentar para a escolha do médico. 

Você deve escolher um cirurgião experiente em abdominoplastia em âncora.

Essa é uma decisão importante, pois está ligada diretamente com o seu resultado e a sua segurança. 

Pois, somente o médico especializado poderá dizer se essa intervenção cirúrgica é a mais adequada para você.

Primeiro, todos precisam:

  • Ser membros da SBCP, o que garante sua especialização
  • Ter estudado nas melhores universidades de medicina do país
  • Ter anos de experiência
  • Mostrar casos comprovados de sucesso.

É um processo rígido? Sim! Mas o necessário para garantir a segurança das nossas pacientes e a realização de seus sonhos. 

Mas como saber se estou escolhendo um bom médico se nunca fiz cirurgia plástica? Calma!

Fizemos um guia exclusivo mostrando como escolher o Cirurgião PlásticoVeja!

Para você ter uma ideia, a maioria dos casos que apresentam problemas são causados por médicos inexperientes. 

Esse geralmente é o caso dos médicos que cobram um valor muito abaixo do mercado. 

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
14/06 2021
Topo