Mamoplastia
0 Comentários

Quando a Mastopexia é Indicada para mim?

A Mastopexia pode ser indicada quando há queda acentuada das mamas, excesso de pele, em casos como:⠀

👉🏻 Envelhecimento: o processo natural do tempo reduz a elasticidade de algumas regiões corporais, como nas mamas. A perda da elasticidade resulta na perda de sustentabilidade e queda das mamas, podendo causar grande desconforto estético. ⠀

👉🏻 Após a amamentação: a gestação aumenta o tamanho das mamas, perdurando até o período de amamentação. Após, as mamas podem perder volume e, consequentemente, apresentar bastante flacidez.⠀

Lembre-se: cada cicatriz é para um caso específico. Você só saberá o tipo de incisão pertinente para o seu caso após uma avaliação com um médico de confiança.

Busque por um profissional membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e tire todas as suas dúvidas durante a consulta de avaliação.

Fonte: Dr Rafael Manzini

beijos, Fran
25/11 2022
Mamoplastia
0 Comentários

Silicone: Quando colocar?

Os motivos para colocar silicone vão além do desejo estético de aumentar o tamanho das mamas a cirurgia também pode ser procurada para correção de assimetria entre os seios ou para reconstrução mamária, por exemplo. Deixar o seu objetivo claro para o médico vai ajudar no planejamento da cirurgia, fazendo com que o resultado seja mais próximo do imaginado.

Uma das maiores dúvidas quanto ao melhor momento para colocar silicone é em relação à gestação. É melhor fazer a cirurgia antes ou depois de engravidar?

“O mais aconselhável é colocar depois. Durante a gestação o tamanho das mamas tende a aumentar, devido às mudanças hormonais e ao aumento de peso normal da gravidez, que também faz aumentar a gordura e o tecido mamário – o que pode levar à queda das mamas, podendo alterar o resultado da cirurgia prévia”, esclarece o dr. Eduardo Sucupira.

Também vale lembrar que optar pela mamoplastia antes da gravidez não é prejudicial à amamentação. Não é imperativo que a pessoa espere pela gestação para passar pela cirurgia, apenas tenha em mente que os resultados podem ser alterados durante a gravidez.

Fonte: Dicas de Mulher

beijos, Fran
14/10 2022
Mamoplastia
0 Comentários

Como escolher o tamanho ideal de silicone?

A escolha do tamanho ideal de silicone leva em conta vários fatores. É preciso levar sempre em consideração que o resultado precisa estar em harmonia com as outras medidas do corpo da paciente.

Uma prótese grande em um tronco muito pequeno, por exemplo, vai gerar um aspecto exagerado. Além disso, é preciso levar em conta que esse excesso de volume, para um corpo não acostumado, pode acabar desencadeando resultados negativos, como, por exemplo, dores nas costas e até mesmo estrias na região.

Por isso, na hora de escolher a prótese é importante avaliar não apenas o volume do silicone. Mas também a proporção entre o corpo e o implante. Logo, o acompanhamento do cirurgião clássico é essencial nessa escolha.

Isso porque, ele poderá avaliar todos os fatores necessários para só então indicar o tamanho ideal de silicone para o seu caso.

O que será avaliado durante a consulta?

Durante a consulta com o cirurgião plástico irá, primeiramente, fazer várias perguntas sobre os motivos que levaram a paciente a querer colocar a prótese de silicone. Isso irá ajudar o profissional a entender melhor as motivações, e até mesmo trabalhar com outras operações em conjunto para atender as demandas da paciente.

  • Aspectos físicos

Nesse processo, também serão avaliados aspectos físicos da paciente, como, por exemplo, medidas do seu tórax. Elas irão ajudar o cirurgião a compreender melhor qual a proporção mais adequada para aquele caso.

Outro ponto avaliado é o volume e formato dos seus seios naturais. Isso irá ajudar a determinar tanto o tamanho ideal de silicone, como, também, o tipo da prótese, levando em conta que existem várias alternativas atualmente.

Durante a consulta, a paciente poderá usar moldes de silicone com tamanhos diferentes. Colocando abaixo do sutiã para ter uma ideia de como será o resultado. Além disso, durante a própria cirurgia, o médico usa próteses descartáveis para testar os tamanhos escolhidos e analisar a simetria e harmonia.

  • Quantidade de pele

A quantidade de pele que a paciente tem na região também é um ponto avaliado. Já que é um fator fundamental para bons resultados. Isso porque, se o cirurgião colocar uma prótese que a pele do local não consiga comportar naturalmente, a paciente corre o risco de sofrer com estrias.

Fonte: Dr. Thomas Benson

beijos, Fran
09/10 2022
Topo