Plásticas
0 Comentários

Umbigo Após Abdominoplastia

O umbigo de abdominoplastia não sofrerá alterações na sua posição. Ou seja, ficará em seu lugar de origem. Para remover o excesso de pele, o médico estica completamente o tecido, sendo necessária uma incisão ao redor do umbigo.

Umbigo pós-abdominoplastia muda de posição?

Não! O umbigo permanece na mesma posição, envolvido por uma pequena cicatriz.

O local do umbigo é, na verdade, seu lugar de origem: o cordão umbilical.

Então, não há motivos para se assustar e nem se questionar: meu umbigo subiu?

O umbigo após abdominoplastia não subiu! É apenas um efeito visual.

A grande quantidade de flacidez faz com que a região umbilical acompanhe o caimento da pele, mas ele continua preso no mesmo local.

Portanto, o que muda de lugar depois da abdominoplastia é a pele do abdômen, só isso! Entendeu?

Se ao olhar fotos de umbigo após abdominoplastia você não identificar nenhuma cicatriz aparente. Então, o médico aplicou uma excelente técnica cirúrgica e, além disso, a paciente teve uma excelente cicatrização!

Isso porque o cirurgião precisa ter cautela no tamanho da incisão na região umbilical.

Já que não pode ficar muito grande e nem muito pequeno. Por isso o médico precisa calcular o diâmetro exato para a incisão.

Mas, vale lembrar que podem surgir mudanças indesejadas no decorrer da recuperação. Surgindo cicatrizes hipertróficas ou queloides, criando aquela aparência de umbigo fechado após abdominoplastia.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
29/11 2021
Plásticas
0 Comentários

Mini-abdominoplastia: qual a diferença?

fotos da miniabdominoplastia
Descubra a diferença entre a miniabdominoplastia e a abdominoplastia clássica.

Antes de qualquer coisa, você precisa entender as diferenças entre esses dois procedimentos estéticos.

Um dos principais motivos pelos quais as mulheres procuram a cirurgia plástica na barriga é o de melhorar a aparência do abdômen. Após a gravidez, oscilações de peso ou envelhecimento, a pele perde a elasticidade, sendo comum gerar flacidez.

E, tanto a miniabdominoplastia quanto a técnica clássica, servem para remover o excesso de pele. A fim de deixar o abdômen lisinho.

Mas, então, qual a diferença entre elas?

Vamos explicar melhor em cada um dos pontos a seguir:

A quantidade de flacidez retirada

abdominoplastia retira grandes quantidades de excesso de pele, reposiciona o umbigo e reforça a parede abdominal, fazendo a amarração dos músculos.

Já a miniabdominoplastia também retira flacidez, mas é indicada para uma área bem menor. Geralmente será feita em pacientes magras, com pouca pele flácida. Por esse motivo, a cicatriz não abrange o abdômen completo.

Quando falamos em resultado, o antes e depois da abdominoplastia chama bastante atenção. Pois, a paciente tinha bastante pele flácida em toda a extensão do abdômen.

aparência da barriga a impedia de usar alguns tipos de roupas. Já que tudo marcava aquele volume enorme. E, às vezes, a única saída era usar os camisetões.

No caso dos resultados da miniabdominoplastia, a paciente tinha pouca pele flácida, concentrada abaixo do umbigo.

Esse pequeno excesso de pele não marcava ao usar roupas mais justas. Porém, ela se sentia desconfortável para usar um cropped ou biquínis.

A plicatura do músculo reto abdominal

Se você quer ficar livre daquela aparência de barriga alta, saiba que pode ser feita a plicatura do músculo abdominal. Mas somente na técnica da abdominoplastia clássica.

Já na miniabdominoplastia a cicatriz é bem menor, por isso não permite fazer a amarração ou costura.

Outro ponto é que na miniabdominoplastia não há o descolamento da pele com o músculo na parte superior. Somente será feito abaixo do umbigo, para a retirada da pouca flacidez presente nessa região.

E, por não ser descolada a pele acima do umbigo, não será possível fazer a costura dos músculos abdominal. Já que não dá acesso anatômico ao médico durante a intervenção cirúrgica.

Portanto, podemos perceber que a miniabdominoplastia não é a técnica indicada para a correção da diástase. Neste caso, o médico indicará a abdominoplastia clássica.

É importante lembrar que nenhum desses procedimentos tem o objetivo de emagrecimento. Portanto, o recomendado é que a paciente opere o mais próximo possível do seu peso ideal.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
22/11 2021
Plásticas
0 Comentários

Gravidez após Abdominoplastia

Quem faz abdominoplastia pode engravidar?

De forma geral, quem faz abdominoplastia pode engravidar, sim! Isso porque os músculos retos abdominais, que foram “amarrados”, tendem a ceder conforme o útero aumenta. Porém, é bem possível que o resultado da cirurgia plástica seja perdido. Além disso, alguns casos de gravidez após abdominoplastia podem oferecer riscos à mãe e ao bebê. Conforme iremos explicar melhor.

Na maioria dos casos não há problema nenhum em engravidar depois da Abdominoplastia.

Quem fez abdominoplastia pode engravidar, isso é um fato! Porém, o ideal é fazer a abdominoplastia após o parto. Principalmente, se você pretende engravidar num curto espaço de tempo, por exemplo, até o próximo ano.

O problema mais comum de ficar grávida com abdominoplastia é que o resultado conquistado pode ser todo perdido. Pois há grandes chances de a mulher voltar a ter flacidez de pele e até diástase, ou seja, a separação do músculo reto abdominal.

Riscos da Gravidez após Abdominoplastia

Normalmente, não há riscos na gravidez após Abdominoplastia, a não ser a de perder o resultado. Porém, há uma combinação de situações que pode oferecer risco à gestação. Essa exceção se dá quando a plicatura abdominal é feita de forma muito intensa e o bebê tem um crescimento acentuado.

abdominoplastia gravidez
Na Abdominoplastia esse músculo abdominal é amarrado e tende a romper conforme o bebê cresce dentro do útero.

Gestações com bebês grandes, geralmente, estão relacionadas às mulheres que têm ou desenvolvem diabete gestacional.  Nesses casos, o bebê pode pesar até 5 kg.

Logo, esse tamanho exagerado exige uma expansão maior do útero e, consequentemente, da barriga, fazendo com que a plicatura abdominal rompa.

Porém, quando a amarração desses músculos está muito forte, ao invés de romper, ela causa uma compressão no abdômen e no útero, gerando consequências ruins.

Possíveis consequências da gravidez após Abdominoplastia

  • Dificuldade respiratória para a mulher, já que a barriga não tem como crescer e o útero começa a pressionar o diafragma. Com isso há a limitação do volume torácico, ou seja, da possibilidade da respiração.
  • Desenvolvimento do bebê: apesar de raro, pode acontecer de o feto não ter espaço para crescer devido à pressão da plicatura abdominal, que não deixa o útero expandir.

No caso da gravidez depois da abdominoplastia, o seu ginecologista obstetra deve estar ciente para fazer o devido acompanhamento.

consulta gravida abdominoplastia
Se você engravidou depois da Abdominoplastia, é importante avisar o seu obstetra.

Se necessário, ele propõe alguma medida com o objetivo de corrigir o problema. Por exemplo, uma intervenção para soltar essa musculatura.

Ou seja, depois que faz abdominoplastia pode engravidar, mas é preciso ter essa atenção especial com desenvolvimento do bebê e os sintomas da mãe, considerando a intervenção cirúrgica que foi feita no passado.

Tem como fazer Abdominoplastia no parto?

Não tem como fazer Abdominoplastia no parto, pois o corpo ainda está muito inchado devido ao processo gestacional. É uma fase em que os tecidos estão inflamados e o resultado da cirurgia plástica seria ruim, com possíveis assimetrias e até problemas na cicatrização. Além do resultado, por uma questão de segurança não pode fazer Abdominoplastia na cesárea.

Não é possível fazer uma Abdominoplastia no parto, por questões de segurança e o resultado seria ruim.

Para você ter uma ideia, a cesárea envolve bem mais riscos que a Abdominoplastia. Nela estão envolvidas áreas nobres, como órgãos e vasos sanguíneos. Ou seja, o melhor e mais seguro é esperar para chapar a barriga depois. Afinal, é um procedimento estético e a gente sonha com um antes e depois maravilhoso!

Outro ponto importante é sobre a fase de puerpério, que no geral envolve muitos cuidados e um grande desgaste físico e emocional. Passar por esse momento em pleno pós-operatório da Abdominoplastia seria totalmente inviável. E, com certeza afetaria a recuperação e o resultado da cirurgia.

Grávida com abdominoplastia e agora? 

Fica calma, pois quem fez abdominoplastia pode engravidar! Porém, a grávida com abdominoplastia enfrenta a desvantagem de poder perder o resultado da cirurgia plástica. Mas isso é uma possibilidade, pois há casos em que a mulher ganha pouco peso e consegue manter a barriga lisa, mesmo depois do parto.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
11/10 2021
Topo