Mamoplastia
0 Comentários

Qual a melhor marca de prótese de silicone?

Se você está interessada em dar uma nova cara para as suas mamas, então é preciso conhecer mais sobre esse assunto que muitas vezes passa despercebido.

Várias pacientes se esquecem de perguntar sobre a qualidade do material da prótese que será utilizada e, infelizmente, depois acabam sofrendo as consequências.

É claro que o cirurgião especialista e experiente vai escolher o melhor para a sua paciente, mas é importante que você também saiba avaliar a procedência do material para não correr o risco de ser enganada.

Se até quando vamos mudar a cor do cabelo nós buscamos pelo melhor profissional e pela tinta que vai agredir menos os fios. Então, por que com os implantes de silicone seria diferente?

Vale lembrar que as próteses de má qualidade podem estragar o resultado da sua cirurgia, lhe trazer muitas dores de cabeça, além de problemas precoces, como a contratura capsular.

Basicamente, são três os aspectos mais importantes:

  • Selo de certificação da Anvisa e teste do Inmetro
  • Textura e revestimento das próteses
  • Garantia contra rupturas e rejeição do organismo

Então, como identificar qual a melhor marca de prótese de silicone? Sem dúvidas, o primeiro passo é separar as marcas de prótese de silicone aprovadas, daquelas que não são aprovadas.

Daí entra a grande importância dos órgãos fiscalizadores: eles são os responsáveis por aplicar testes bem específicos para avaliar a qualidade, confiabilidade e resistência do material.

Os produtos voltados para a saúde precisam de uma fiscalização maior, por isso que a inspeção é tão importante, a partir dela será possível detectar problemas que futuramente podem prejudicar o resultado da cirurgia e trazer danos para a paciente.

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) definiu os critérios que as fabricantes e importadoras de próteses de silicone devem atender para receber o selo de qualidade exigido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os produtos são analisados em laboratórios credenciados pelo Inmetro, onde uma equipe de especialistas realiza diversos testes para verificar:

  • A resistência da prótese
  • A composição do material
  • Se há substâncias tóxicas nos implantes
  • Sem essa certificação as próteses não podem ser comercializadas no Brasil. Isso é tão sério que o lote sai da fábrica direto para a fiscalização da Anvisa. Sendo assim, o cirurgião apenas consegue comprar prótese de silicone após ela receber o selo comprovando sua qualidade.

    Vale lembrar que a Anvisa apenas se compromete a realizar o teste de qualidade em próteses comercializadas regularmente no Brasil. Portanto, produtos vendidos clandestinamente não serão avaliados e não terão o selo de qualidade do Inmetro.

    O selo de qualidade é um passo importante para garantir a segurança das pacientes.

    Você deve ficar atenta a esse detalhe, pois comprova que os implantes estão aptos para serem usados.

     

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
17/01 2018
Mamoplastia
0 Comentários

Laura Keller trocou as próteses de silicone recentemente

Foto reprodução Instagram

Laura fez um post no Instagram para explicar porque resolveu mudar. A atriz tinha 400 ml de silicone e colocou uma de 560ml. “Ainda não fiz um post sobre minha nova prótese e muitos estão perguntando sobre o tamanho, peso, volume, textura dos meus seios.
Fiz a troca da minha antiga prótese em novembro, tinha um implante de 400ml perfil gota há 10 anos.
Bom, o tempo passa, o tempo voa… e meus peitos também voaram para baixo e para os lados. Não tinha mais o colo marcado, os seios estavam caidinhos, parecia que não preenchia mais as roupas… Troquei!”, disse ela.

beijos, Fran
15/01 2018
Plásticas
0 Comentários

Cirurgias gratuitas para pacientes com fissura labiopalatina em Mossoró

beijos, Fran
14/01 2018
12345
Topo