Plásticas
0 Comentários

Umbigo Após Abdominoplastia

O umbigo de abdominoplastia não sofrerá alterações na sua posição. Ou seja, ficará em seu lugar de origem. Para remover o excesso de pele, o médico estica completamente o tecido, sendo necessária uma incisão ao redor do umbigo.

Umbigo pós-abdominoplastia muda de posição?

Não! O umbigo permanece na mesma posição, envolvido por uma pequena cicatriz.

O local do umbigo é, na verdade, seu lugar de origem: o cordão umbilical.

Então, não há motivos para se assustar e nem se questionar: meu umbigo subiu?

O umbigo após abdominoplastia não subiu! É apenas um efeito visual.

A grande quantidade de flacidez faz com que a região umbilical acompanhe o caimento da pele, mas ele continua preso no mesmo local.

Portanto, o que muda de lugar depois da abdominoplastia é a pele do abdômen, só isso! Entendeu?

Se ao olhar fotos de umbigo após abdominoplastia você não identificar nenhuma cicatriz aparente. Então, o médico aplicou uma excelente técnica cirúrgica e, além disso, a paciente teve uma excelente cicatrização!

Isso porque o cirurgião precisa ter cautela no tamanho da incisão na região umbilical.

Já que não pode ficar muito grande e nem muito pequeno. Por isso o médico precisa calcular o diâmetro exato para a incisão.

Mas, vale lembrar que podem surgir mudanças indesejadas no decorrer da recuperação. Surgindo cicatrizes hipertróficas ou queloides, criando aquela aparência de umbigo fechado após abdominoplastia.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
29/11 2021
Plásticas
0 Comentários

Mini-abdominoplastia: qual a diferença?

fotos da miniabdominoplastia
Descubra a diferença entre a miniabdominoplastia e a abdominoplastia clássica.

Antes de qualquer coisa, você precisa entender as diferenças entre esses dois procedimentos estéticos.

Um dos principais motivos pelos quais as mulheres procuram a cirurgia plástica na barriga é o de melhorar a aparência do abdômen. Após a gravidez, oscilações de peso ou envelhecimento, a pele perde a elasticidade, sendo comum gerar flacidez.

E, tanto a miniabdominoplastia quanto a técnica clássica, servem para remover o excesso de pele. A fim de deixar o abdômen lisinho.

Mas, então, qual a diferença entre elas?

Vamos explicar melhor em cada um dos pontos a seguir:

A quantidade de flacidez retirada

abdominoplastia retira grandes quantidades de excesso de pele, reposiciona o umbigo e reforça a parede abdominal, fazendo a amarração dos músculos.

Já a miniabdominoplastia também retira flacidez, mas é indicada para uma área bem menor. Geralmente será feita em pacientes magras, com pouca pele flácida. Por esse motivo, a cicatriz não abrange o abdômen completo.

Quando falamos em resultado, o antes e depois da abdominoplastia chama bastante atenção. Pois, a paciente tinha bastante pele flácida em toda a extensão do abdômen.

aparência da barriga a impedia de usar alguns tipos de roupas. Já que tudo marcava aquele volume enorme. E, às vezes, a única saída era usar os camisetões.

No caso dos resultados da miniabdominoplastia, a paciente tinha pouca pele flácida, concentrada abaixo do umbigo.

Esse pequeno excesso de pele não marcava ao usar roupas mais justas. Porém, ela se sentia desconfortável para usar um cropped ou biquínis.

A plicatura do músculo reto abdominal

Se você quer ficar livre daquela aparência de barriga alta, saiba que pode ser feita a plicatura do músculo abdominal. Mas somente na técnica da abdominoplastia clássica.

Já na miniabdominoplastia a cicatriz é bem menor, por isso não permite fazer a amarração ou costura.

Outro ponto é que na miniabdominoplastia não há o descolamento da pele com o músculo na parte superior. Somente será feito abaixo do umbigo, para a retirada da pouca flacidez presente nessa região.

E, por não ser descolada a pele acima do umbigo, não será possível fazer a costura dos músculos abdominal. Já que não dá acesso anatômico ao médico durante a intervenção cirúrgica.

Portanto, podemos perceber que a miniabdominoplastia não é a técnica indicada para a correção da diástase. Neste caso, o médico indicará a abdominoplastia clássica.

É importante lembrar que nenhum desses procedimentos tem o objetivo de emagrecimento. Portanto, o recomendado é que a paciente opere o mais próximo possível do seu peso ideal.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
22/11 2021
Mamoplastia
0 Comentários

Implante de Silicone na Mama

implante de próteses de silicone mamário é um procedimento cirúrgico que aumenta as mamas, melhora o contorno e simetria para os seios. E, além disso, a prótese na mama pode ajudar a reverter casos leves de flacidez e deixar os seios mais juntinhos, centralizados.

Mas do que é feito o implante de silicone?

Os implantes de silicone são preenchidos com gel coesivo. Ou seja, em caso de ruptura da prótese, não gera riscos de vazamentos e o gel permanece no mesmo lugar, sem se espalhar.

Quando a ruptura acontece, a mama não diminui, pois não há deslocamento do gel. Ele ainda estará concentrado na região da prótese de silicone.

Para saber tudo sobre o seu implante de silicone, é importante consultar regularmente um médico e fazer anualmente o exame nas mamas.

Por exemplo, o ultrassom ou a ressonância magnética. Dessa forma, será possível avaliar com precisão a condição do seu implante de silicone nos seios.

Vale ressaltar, que o material utilizado na produção do implante não oferece nenhum risco à saúde da mulher. A texturização da prótese é desenvolvida para se parecer ao máximo com a textura do tecido natural da mama.

Quanto tempo dura um implante de silicone?

O implante de silicone não tem um prazo de validade determinado, pois a tecnologia utilizada nas próteses permite maior durabilidade. Então, como saber qual é o momento ideal para trocar os implantes?

Quanto tempo dura um implante de silicone
Descubra quanto tempo dura um implante de silicone e quando será necessário trocar.

Não há como garantir que os implantes de silicone vão durar por toda vida. Assim como em qualquer material, o silicone também pode sofrer um desgaste natural com o passar dos anos, sendo necessário fazer a sua troca.

Por isso, somente os exames de mamografia podem dizer com precisão a duração de um implante de silicone. E, se será necessário realizar a substituição de uma ou de ambas as próteses de mamas.

Além disso, existem outros fatores que podem afetar ou influenciar no resultado da sua cirurgia, que é a gravidez, a idade e a perda ou o ganho de peso.

Sendo assim, você deve fazer um acompanhamento com seu cirurgião plástico para discutir as possíveis mudanças em seus seios, caso seja necessário.

Quando colocar implante de silicone?

implante de silicone de mama pequena

Há milhares de mulheres que se sentem mal ao notar a aparência de seus seios. Isso gera sentimentos de insegurança, vergonha e até mesmo tristeza.

E o simples fato de se olhar no espelho pode se tornar uma verdadeira tortura!

Diante dessa realidade, o implante de silicone nos seios tem conquistado o coração da mulherada. Já que essa é uma possibilidade real de elevar a autoestima.

Mas existem alguns desafios até se decidir pelo implante de silicone.

Um deles é conseguir o apoio da família ou do parceiro. Infelizmente, nem sempre as pessoas entendem e se acham no direito de opinar:

“Você tem que se aceitar do jeito que você é!”

Para Vanessa de Albuquerque o que importa mesmo é sentir-se bem.

Ela acreditava de uma forma convicta, que tudo ia ficar bem após colocar o seu implante de silicone.

As chances de a tristeza ir embora seriam bem maiores. Afinal, não é apenas a aparência que muda, mas a maneira de enxergar a vida.

O que para algumas pessoas pode ser um simples implante de silicone nos seios, para outras mulheres isso traz:

  • Uma melhora significativa em sua autoestima
  • Alívio perceptível nos sintomas da depressão
  • Mais confiança e extrema satisfação com o seu corpo

Era isso que Vanessa buscava!

E, na verdade, após colocar o seu implante de silicone, ela encontrou tudo isso e muito mais.

Venceu a opinião pessimista da sua família, conversou com muitas amigas que já tinham silicone e pesquisou uma Clínica de implante de silicone em SP.

Quer descobrir como foi o passo a passo do implante de silicone que a Vanessa colocou? Vamos contar os principais momentos e te dar dicas importantes. Continue lendo o texto e acompanhe conosco!

Passo a passo da cirurgia de implante de silicone na mama

A decisão pela cirurgia plástica de implante de silicone deve ser feita de forma responsável. Para que seja possível alcançar um resultado de sucesso!

As mulheres interessadas em aumentar os seios devem observar uma série de fatores importantes para a realização do procedimento cirúrgico.

Por isso listamos a seguir o passo a passo utilizado pela Vanessa antes de colocar implante de silicone.

1º Passo: A Escolha do Cirurgião Plástico

cirurgia de implante de silicone na mama

O primeiro passo vai impactar em toda a sua cirurgia de implante de silicone na mama.

Por isso você deve dedicar um tempo precioso na análise e escolha do seu cirurgião plástico, tá bom?

Você não precisa necessariamente passar em consulta com mil médicos.

Mas faça pelo menos um levantamento da experiência e do currículo básico do cirurgião plástico. Levando em consideração as seguintes informações:

  • Formação acadêmica: nome da instituição que concluiu seus estudos e o período de residência em Cirurgia Plástica.
  • Título de especialista: a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) realiza uma prova para avaliar a capacidade técnica dos profissionais e, a partir disso, concede uma habilitação de especialista para o Cirurgião Plástico.
  • Experiência comprovada: os médicos recém-formados aceitam qualquer tipo de procedimento para conseguirem portfólio. Por isso, verifique se o profissional tem experiência, assim você garante um melhor resultado.

Existem diversos formatos de implante de silicone de mama, como a prótese em formato gota, cônica ou redonda. A opção ideal para o seu tipo de seio, vai depender dos seguintes fatores:

  • Estrutura corporal
  • Peso e altura
  • Distância entre tronco e quadril
  • Proporção do tórax
  • Estrutura óssea
  • Volume original da mama
  • Elasticidade da pele

Partindo desses princípios, será escolhido o volume adequado e o formato ideal do implante de silicone de mama. Por isso, mais uma vez ressaltamos a importância de escolher um ótimo cirurgião plástico. Assim ele poderá te orientar nestas escolhas, que terão um impacto enorme no seu resultado.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
15/11 2021
Topo