Mamoplastia
0 Comentários

Perfil e volume da prótese de silicone

beijos, Fran
19/08 2018
Mamoplastia
0 Comentários

O efeito dupla bolha ou Double bubble…

Toda mama com o tempo poderá ceder e apresentar flacidez, já que com o envelhecimento a pele perde colágeno que lhe proporciona firmeza.
Independente de ter ou não próteses de silicone.
A Posição dos implantes, acima ou abaixo do músculo, também não impedirá a queda da mama, ela apenas irá cair de forma diferente em um cada um dos casos.
Quando temos a prótese acima do músculo, prótese e mama cairão juntos com o passar do tempo.
Quando temos a prótese abaixo do músculo, ela (prótese ) não cairá pois o músculo a segura no local, porém a mama sofrerá os efeitos da gravidade e cairá acima do músculo e da prótese formando a chamada “dupla bolha” que podemos ver na figura acima.

beijos, Fran
18/08 2018
Mamoplastia
0 Comentários

Mamoplastia (cirurgia de remodelagem da mama)

mastopexia-cortes

Mamoplastia  se refere a qualquer cirurgia plástica das mamas. As cicatrizes na mama sempre são uma grande preocupação na paciente que está disposta a submeter-se a mamoplastia (cirurgia de remodelagem da mama). Independente do uso ou não de prótese associado a mamoplastia, a opção da cicatriz depende muito mais do formato e alterações da mama do que da própria vontade da paciente.
Apesar dos medos em relação a cicatriz na mama, quando o cuidado pós-operatório é bem feito ela tem aparência muito discreta.
Conheça algumas das opções para discutir com o cirurgião plástico na sua consulta.

1) PERIAREOLAR: a cicatriz fica somente ao redor da aréola. É reservada para casos onde a queda da mama é discreta e o seu volume não necessita de grandes reduções.

2) VERTICAL: a popular “pirulito”, cicatriz localiza-se ao redor da aréola e verticalmente até o sulco da mama. Nesta técnica é possível reduzir o volume mamário em pequena quantidade e levantar a posição do mamilo.

3) CICATRIZ EM “L”: esta técnica poupa a cicatriz na porção medial do sulco da mama, consumindo todo o excedente de pele e glândula pela região lateral da mama. A cicatriz resultante tem o formato da letra L.

4) “T” INVERTIDO: está é sem dúvida a técnica mais utilizada para a remodelagem da mama. Muito versátil, portanto pode ser utilizada mesmo em mamas muito grande até as com quedas pequenas. A cicatriz, como o próprio nome refere, é a letra T invertida mais ao redor da aréola.

Fonte: VsPlástica

beijos, Fran
17/08 2018
12345
Topo