Plásticas
0 Comentários

Mentoplastia

mentoplastia é a cirurgia realizada para aumento da projeção do queixo, visando uma melhor harmonia e proporção com o restante do rosto.

Pessoas que possuem o mento (queixo) pequeno têm um quadro chamado hipomentonismo.

Assim, essas pessoas podem ter sua estética facial beneficiada pela mentoplastia, com utilização de uma pequena prótese de silicone posicionada sobre o osso. Na visão de perfil, principalmente, o rosto fica muito mais harmônico.

Muitas vezes, rinoplastia é realizada juntamente com a mentoplastia no intuito de otimizar a percepção na visão de perfil.

mentoplastia também pode ser um recurso a mais no lifting de face, para um melhor efeito de rejuvenescimento no terço inferior da face.

Observações sobre a mentoplastia:

É importante diferenciarmos os pacientes que têm baixa projeção apenas no queixo daqueles que sofrem do retrognatismo, que é a mandíbula retraída.

Esses últimos poderão se beneficiar mais da cirurgia ortognática para avanço da mandíbula. Pacientes que apresentam o retrognatismo normalmente têm uma oclusão dentária alterada, exibindo a arcada inferior em posição bem mais posterior.

Aqueles que apresentam o hipomentonismo clássico apresentam uma oclusão dentária normal e esses sim irão se beneficiar do implante de silicone no queixo.

Confira a seguir as principais informações que você precisa saber sobre a cirurgia do mento.

Mentoplastia o que é?

Também conhecida por cirurgia do queixo, a mentoplastia é uma cirurgia plástica simples.

O acesso para colocação da prótese pode ser por dentro da boca ou através de uma incisão na pele abaixo do queixo.

Dentre os materiais utilizados nesse procedimento, os mais comuns são:

  • Uso de silicone no queixo: o mais realizado;
  • Uso de Porex (polietileno poroso): alternativa para aumentar o queixo;

prótese de mento pode ter diferentes formas e tamanhos, e será escolhida de acordo com a necessidade e desejo do paciente.

Indicação para a cirurgia mentoplastia

cirurgia de mentoplastia possui indicações bem específicas, uma vez que não soluciona problemas como alterações que ocorrem na arcada dentária.

Sendo assim, ela é mais indicada para quem possui um queixo pequeno e gostaria de projetá-lo mais.

Além da questão estética, a mentoplastia também soluciona deformidades que surgem com traumas, algumas doenças ou problemas no crescimento.

O pré-operatório

Uma vez no consultório do médico, você será avaliado e, embora muitas pessoas cheguem na consulta com um modelo pré-definido de mento, às vezes aquilo não será possível de realizar na prática.

Cada pessoa é única e possui elementos próprios em seu corpo. Portanto, sua cirurgia do queixo será de acordo com as características da sua mandíbula.

Depois de definido a questão do implante de queixo, é hora de realizar diferentes exames para saber se sua saúde está em dia. Após a liberação médica do risco cirúrgico, indicando que você está apto para a cirurgia, alguns pontos devem ser seguidos:

  • Comparecer ao local da cirurgia no horário combinado e com um acompanhante;
  • Caso surja alguma anormalidade em sua saúde, comunique a equipe médica;
  • Liste todos os remédios que você usa;
  • Não use esmalte de cor escura nem maquiagem no dia da cirurgia;
  • Faça jejum de, no mínimo, 8h – inclusive de água.

 

Como é realizada a mentoplastia?

Podendo ser realizada com anestesia local e sedação, o tempo de internação do paciente é pequeno. Muitas vezes, inclusive, ele recebe alta no mesmo dia.

Com duração de cerca de 1 a 2 horas, a mentoplastia pode ser feita por meio de incisão interna na mucosa da boca ou através de uma incisão na pele abaixo do queixo.

Se for associada a outras cirurgias, o tipo de anestesia pode variar.

Entenda em quais casos cada modalidade é praticada:

Sobre o pós-operatório

Assim como em todo tipo de cirurgia, o paciente deve seguir algumas recomendações pós-operatórias. Conheça quais são:

  • Tenha cuidado com a higiene bucal. Um antisséptico bucal pode ser utilizado;
  • Dê preferência a alimentos líquidos e pastosos, principalmente nos 5 primeiros dias;
  • Permaneça em repouso de 7 a 10 dias após a cirurgia;
  • Para amenizar o inchaço da região, coloque gelo na superfície ou realize algumas sessões de drenagem linfática;
  • Procure não deitar sobre a região.

Normalmente, a recuperação da mentoplastia não costuma ser muito dolorosa. Mas, caso alguma dor surja, tome os analgésicos receitados pelo cirurgião.

Fonte: Dr. André Ahmed

beijos, Fran
28/07 2022
Plásticas
0 Comentários

Lipoaspiração masculina

A lipoaspiração masculina é uma cirurgia plástica indicada para remover o excesso de gordura subcutânea localizada, por meio de cânulas acopladas a um lipoaspirador.  O resultado da lipo para homens é uma barriga definida, reta e sequinha. O procedimento também pode ser realizado em outras áreas, como flancos e costas.

Diferenças entre a lipoaspiração masculina e feminina

A lipo para homens é idêntica a lipo feminina. As duas são feitas da mesma forma e têm o mesmo objetivo. A diferença está na estética do antes e depois da lipoaspiração masculina e no preço.

Na cirurgia feminina o médico cava a lateral do abdômen para modelar o corpo da paciente e deixá-lo no estilo violão. Cheio de curvas.

Enquanto no homem, o objetivo é remover o excesso de gordura e deixar o abdômen definido, reto e atlético.

Outra diferença da cirurgia de lipoaspiração abdominal masculina está no valor. Isso porque a gordura do homem tem a consistência mais firme, então a dificuldade do cirurgião aspirar a gordura é maior.

Portanto, o tempo da cirurgia é mais longo, e isso reflete nos custos dos medicamentos e da sala cirúrgica.

O que é lipoescultura masculina?

A lipoescultura masculina é muito parecida com a lipoaspiração. Ela também é uma cirurgia plástica indicada para remover a gordura localizada do corpo. Porém, nesta, a gordura removida é tratada e enxertada em outra região, principalmente os glúteos. Com o objetivo de aumentá-la.

Qual o benefício que a lipo masculina traz?

A lipoaspiração masculina oferece o benefício de definir melhor a região abdominal. Pois, à medida que o homem envelhece, as áreas de gordura tendem a se acumular. Vemos isso, principalmente, na região do abdômen, na área do peito e também no pescoço.

Na maioria das vezes essa gordura não pode ser eliminada apenas com a prática de atividades físicas e uma dieta saudável.

E aqui entra a lipo masculina.

Para alcançar os melhores resultados, o cirurgião plástico aplica a técnica focada no biotipo do paciente.

Dessa forma, as características do corpo masculino são preservadas, evitando curvas femininas.

Homens têm predisposição genética acumular gordura na região abdominal e nos flancos.

Os flancos são as laterais da barriga, os famosos “pneuzinhos”.

A lipoaspiração tradicional trata 3 regiões do corpoabdômencostas e flancos. Mas, claro, se o seu problema é especificamente as laterais da barriga, pode optar apenas pela lipo de flancos masculina.

As laterais do seu abdômen ficarão retas e definidas, perfeitas para curtir um dia na praia sem preocupações.

Ah, além da barriga, costas e flancos, a lipoaspiração masculina pode ser feita:

  • Braços
  • Papada
  • Púbis
  • Coxas
  • Joelho

Cirurgia Plástica Masculina e os tipos de gordura

Gordura visceral x Gordura subcutânea

Nem toda gordura pode ser aspirada durante uma lipo.

Quando a gordura da barriga é subcutânea, por exemplo, ela não representa perigo para a saúde e pode ser facilmente retirada durante a cirurgia plástica.

O problema é que, na maioria dos casos, a gordura predominante é a visceral.

Você sabe qual é a diferença entre as duas?

  • Gordura Subcutânea: ela é a responsável por esconder os músculos abdominais, e fica localizada logo abaixo da camada da pele. Por esse motivo, a gordura subcutânea pode ser pega com os dedos ao beliscar a região da barriga.
  • Gordura Visceral: em contrapartida, a visceral não pode ser agarrada com os dedos, pois fica entre os órgãos do corpo. Mas quando há grande quantidade no abdômen o estômago fica alto, mais duro, conhecido como barriga de chope.

Há evidências de que os homens tendem a ter mais gordura visceral do que as mulheres. O que afeta negativamente a saúde, aumentando a inflamação nos órgãos e até gera outros problemas.

Além disso, a gordura visceral não pode ser removida por meio da lipoaspiração masculina. Sendo assim, antes de pensar no procedimento cirúrgico você deve ser avaliado por um cirurgião plástico especialista.

Assim, ele pode verificar a presença desse tipo de gordura.

Exames pré-operatórios lipoescultura masculina

Entre os exames pré-operatórios da lipoescultura masculina, estão:

  • Hemograma completo
  • Eletrocardiograma
  • Coagulograma completo
  • Ultrassom de parede abdominal

E, em alguns casos, os médicos também podem pedir:

  • Doppler das pernas
  • Radiografia de tórax
  • Urina de rotina e urocultura.

Como é feita a lipoaspiração masculina?

A lipoaspiração para homens segue a mesma técnica utilizada para as mulheres. São feitas pequenas incisões na região que será operada e a gordura é aspirada por cânulas finas conectadas a um aparelho. No final, o paciente veste uma cinta pós-cirúrgica para comprimir a região.

A anestesia aplicada na lipo é a peridural com sedação. Então, o paciente permanece dormindo durante o procedimento e não sente nenhuma dor.

A cirurgia dura de 2 a 3 horas, aproximadamente, e o período de internação é de 12 a 24 horas.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
25/07 2022
Plásticas
0 Comentários

O que é otoplastia?

O que é otoplastia?

Termo que se refere à plástica de orelha, a otoplastia também pode ser chamada de cirurgia para correção de orelha de abano.

Normalmente, esse procedimento é realizado para solucionar as orelhas proeminentes do paciente.

Mesmo apresentando um único nome, essa cirurgia pode abranger diferentes técnicas em uma só, a fim de que o paciente tenha um resultado satisfatório.

Para quem é indicada esta cirurgia?

Depois de saber otoplastia o que é, é muito importante que se tenha consciência sobre para quem essa cirurgia é indicada.

Geralmente, a cirurgia de orelha é procurada pelos pais de uma criança que possui orelha de abano e que, por conta disso, sofre com diversas piadas de mau gosto que acaba escutando na escola.

Diante disso, é possível afirmar que a cirurgia de otoplastia é indicada para crianças a partir dos 7 anos, período em que a orelha já está totalmente formada.

Para que a otoplastia seja realizada, o cirurgião plástico responsável primeiro vai precisar avaliar a estrutura da região, averiguando se o procedimento realmente pode ser feito.

Às vezes, por mais que a criança já tenha a idade indicada para a cirurgia, sua orelha ainda não se desenvolveu completamente – e, nesses casos, é preciso esperar mais um pouco.

Além da orelha em abano, os(as) pacientes também podem apresentar assimetrias – um lado mais proeminente do que o outro, e isso também é corrigido na cirurgia na medida do possível.

Fonte: Dr. André Ahmed

beijos, Fran
21/07 2022
Topo