Mamoplastia
0 Comentários

O que é Contratura capsular?


Contratura capsular ocorre quando os implantes mamários, ou qualquer outro objeto exterior, são colocados no corpo e o corpo forma um revestimento em torno dele. Este revestimento, ou cápsula, é formado por seu próprio tecido vivo. Muitas pessoas referem-se a esta camada como “cápsula”, “cápsula de tecido”, ou “cápsula cicatriz”, embora não seja exatamente a mesma coisa que o tecido da cicatriz. Esta é a resposta natural do corpo para um objeto estranho.
A complicação mais comum de cirurgia de aumento de mama, pode acontecer a qualquer momento, mas parece ser mais comum nos primeiros meses após a cirurgia. Durante o processo de cura, se forma uma cápsula, que é composta de tecido fibroso. O corpo é geneticamente programado para encolher o tecido da cicatriz um pouco. Sob condições normais, essa bolsa permanece aberta, permitindo assim que o implante se acomode e tenha a aparência e sensação natural.
No entanto, em algumas pessoas, a cápsula vai apertar o implante. Isto faz com que o implante de mama se torne rígido, distorcendo a aparência dos seios. É importante lembrar que não é o implante que tenha endurecido, mas o encolhimento da cápsula do implante comprime, fazendo-o parecer rígido. Uma vez que o implante é removido, nota-se que ele é tão macio como era no dia em que foi inserido.

Fonte: Google

beijos, Fran
17/11 2018
Mamoplastia
0 Comentários

O corpo pode rejeitar a prótese de silicone ?

A rejeição da prótese de silicone ou contratura capsular é uma reação normal do organismo, que pode acontecer nas mulheres que colocaram silicone nos seios.

Quando o organismo detecta a presença de um corpo estranho, sua função é expulsar ou absorver este ser desconhecido.

No caso da prótese de silicone, o corpo desenvolve uma membrana fininha que funciona como um sistema de defesa. Essa película envolve o implante e o isola, a fim de proteger o organismo.

A membrana não causa danos à saúde, entretanto, o seio fica mais firme ao toque.

Bom, mas quando acontece a contratura capsular de prótese de silicone?

O encapsulamento de prótese de silicone acontece quando a membrana criada fica mais espessa. A cápsula começa a apertar a prótese e, com o passar do tempo, ele é cada vez mais comprimido.

Até que o material do silicone não aguenta a pressão e se rompe. Esse é um problema raro que qualquer pessoa pode ter.

A rejeição da prótese de silicone pelo organismo é marcada por essa contratura capsular do implante.

Portanto, você apenas deve se preocupar quando sentir incômodos constantes ou notar que uma mama está com o formato diferente da outra.

Esses sintomas de rejeição de prótese de silicone aparecem justamente porque a cápsula fibrosa está fazendo uma contração no implante. O que causa diferentes graus de endurecimento.

Mas mesmo nesses casos, não precisa haver desespero, pois o problema pode ser facilmente resolvido pelo cirurgião plástico.

O encapsulamento de prótese de silicone pode ser classificado em diferentes graus:

  • Grau 1: a mama está normal, as mulheres não sentem incômodos e não há alterações estéticas.
  • Grau 2: ao apalpar a mama, a paciente sente levemente o implante. Mas não há alterações visíveis.
  • Grau 3: o implante pode ser sentido ao palpar a mama. Há assimetria em relação ao outro seio.
  • Grau 4: a mama fica endurecida, há assimetria grave e dor constante.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
17/10 2018
Mamoplastia
0 Comentários

Como saber se a prótese de silicone rompeu?

Se você pesquisa sobre os riscos da prótese de silicone e lê sobre a possibilidade do rompimento, é importante saber que isso é muito raro de acontecer.

Quando ocorre, o mais comum é devido a um trauma ou pressão exagerada. Por exemplo, se a paciente sofrer algum tipo de agressão, tiver um acidente automobilístico ou ao pular de paraquedas.

Ou seja, são situações fora da nossa rotina e que, se houver algum incidente, é possível identificar na hora.

A possibilidade de um rompimento fora de situações assim é ainda mais incomum. Pois, normalmente acontece por causa de uma contratura capsular grave ou do desgaste natural da prótese. A chance é menor que 1%.

Na busca de como saber se a prótese de silicone rompeu, é importante ressaltar que a maioria das pacientes não sente nada.

Apenas em alguns casos é possível sentir dor na mama com prótese de silicone. Mas, basicamente, este é o único sintoma que podemos destacar.

Nos casos em que não há sintomas, o rompimento é identificado por meio de exames para prótese de silicone, que na verdade são os ginecológicos de rotina. Por exemplo, no ultrassom de mamas ou na mamografia.

Os exames para prótese de silicone ideais vão depender da composição de cada mama.

No caso de mamas mais fibrosas, como de jovens até 35 anos, usa-se mais o ultrassom. Porém, se for identificado algo, é feita também uma mamografia.

Em mamas com mais tecido gorduroso, como de mulheres acima de 35 ou 40 anos, o mais indicado é fazer a mamografia direto.

Atualmente, as próteses são elaboradas por um gel altamente coeso. Isso quer dizer que em caso de ruptura, ele não vai se espalhar pelo organismo.

Por este motivo, no geral, esta situação é considerada sem nenhuma gravidade clínica. O tratamento é feito com a retirada e a troca da prótese do lado que rompeu.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
10/10 2018
Topo