Mamoplastia
0 Comentários

O que é sutiã interno?

O sutiã interno é uma alternativa à tradicional mamoplastia, em que há a inserção de próteses de silicone, e também é benéfico para o busto ao natural, que não passou por procedimentos estéticos. Com uma técnica moderna, a cirurgia é realizada fazendo uma alça de sustentação com o próprio músculo da paciente, proporcionando elevação e estruturação.

Como os pontos são internos e o material utilizado é parcialmente absorvido pelo organismo, o aspecto natural e harmônico dos seios é preservado. Os resultados são o colo e o decote esteticamente mais belos e valorizados.

Mais sustentação às mamas

Entre as principais vantagens do sutiã interno estão uma sustentação extra dos seios; parte superior da mama mais marcada; e a possibilidade de uso de implantes menores, com seios marcados. O sutiã interno reforça o ponto mais fraco da mama, em toda extensão do sulco mamário inferior, ajudando também a elevar o busto.

A técnica do sutiã interno melhora a estrutura através da própria musculatura, deixando o procedimento seguro, sem risco de rejeição, e com resultado muito natural!

Sutiã interno pode ser combinado à mamoplastia e mastopexia?

O sutiã interno pode ainda ser indicado em associação às mamoplastias – de aumento e redutora – e à mastopexia, pois confere um melhor resultado estético e durabilidade aos procedimentos. No caso da colocação de silicone, o sutiã interno impede que as próteses se desloquem ou cedam. Logo, o implante não perde sua definição com o passar do tempo.

Quem pode colocar o sutiã interno?

Mulheres com flacidez ocasionada por gravidez, perda de peso ou processo de envelhecimento natural podem se beneficiar com a cirurgia de sutiã interno. O procedimento apresenta resultados ainda melhores quando a queda é moderada ou quando a pele dos seios não possui estrias, tecido das mamas muito pesado ou excesso de pele.

Qual o valor da cirurgia de sutiã interno?

O investimento em uma cirurgia de sutiã interno depende das especificidades de cada caso. Por isso, é essencial realizar uma avaliação médica com profissional capacitado. Nesta primeira visita ao consultório, os desejos da paciente, bem como características físicas, serão analisados a fim de trazer os melhores resultados possíveis.

Fonte: Dr Maurício Carvalho

beijos, Fran
23/09 2021
Mamoplastia
0 Comentários

Tipos de Próteses de Mama

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS TIPOS DE PRÓTESE DE SILICONE PARA AS MAMAS, QUANTO AO FORMATO E PROJEÇÃO?

A decisão de colocar prótese de silicone nos seios já foi tomada… Mas qual tipo de prótese de silicone você vai colocar? Qual o tamanho ideal? Se estas dúvidas estão pairando sobre seus pensamentos… Prepare-se para entender “tim tim por tim tim” e ir adiante mais entendida e, consequentemente, segura para realizar o seu sonho! ; ) Primeiro é preciso respeitar o biotipo de cada pessoa, para conseguir um resultado harmonioso e natural. O que ficou ótimo na sua amiga, pode não cair bem em você. Portanto a orientação do seu cirurgião plástico especialista é fundamental para o sucesso total dos seus novos seios. Marque uma consulta com o Dr. André Ahmed para que ele possa te avaliar e indicar a melhor prótese de mama para você.

De qualquer forma, aqui vai conteúdo explicando os diferentes tipos de prótese de silicone, que diferenciam-se entre si pela forma e relação de altura (o quanto o implante é projetado para frente) e largura (diâmetro da base). Esta variação de perfis existe para proporcionar um resultado o mais adequado possível ao corpo, considerando: tamanho do tórax, tendência à flacidez, objetivo e expectativa da paciente. Próteses redondas são as mais utilizadas, porque valorizam o colo das mulheres. Algumas pacientes ficam em dúvida sobre escolher a prótese de menor ou maior projeção, o que é super normal… Vamos entender as características de cada tipo de prótese de mama?

Observação: a prótese de mama também tem outros nomes, que são sinônimos… implante mamário, impante de mama, prótese mamária.

PRÓTESE DE SILICONE REDONDA

A prótese de silicone redonda é um dos tipos mais requisitados pelas mulheres. Na visão frontal, essa prótese possui uma base redonda, e na visão lateral, faz o formato de uma cúpula. Ideal para quem quer explorar os “decotes”, este modelo é bem interessante para quem busca marcar mais o colo, porque preenche bastante a parte superior da mama. É o queridinho das mulheres mais ousadas! Deixa o colo bem desenhado e, consequentemente, contribuem para formar seios de parar o trânsito! Utilizado de forma correta, através de cirurgia bem executada, e sem exageros de tamanho, não deixa o resultado nada artificial. Durante a consulta com o Dr. André Ahmed, você terá a chance de ver alguns resultados com esse e outros tipos de prótese de silicone.

IMPLANTES DE MAMA FORMATO GOTA OU ANATÔMICA

Mais conhecido como prótese gota, o perfil anatômico tem a maior parte do volume de silicone concentrado na parte de baixo. Desta forma, contribui para o aumento da mama sem perder o contorno natural. Indicada para quem busca naturalidade, porque a mama não fica projetada, o colo não fica marcado e a parte de baixo dos seios ganha mais volume. Ou seja, essa prótese imita o formato natural dos seios. A prótese gota ou anatômica é a menos escolhida pelas mulheres, porque possui pouca projeção superior e central, em outras palavras, menos colo. Este tipo é muito indicado por pacientes que se submeteram a uma mastectomia (retirada cirúrgica das mamas) devido a um câncer de mama e buscam uma reconstrução da mesma. Ele não valoriza o colo e é pouco procurado para finalidades que visam apenas a estética, a não ser que se busque um resultado quase imperceptível. Sua base pode ser também ovalada no sentido vertical ou horizontal.

PRÓTESES CÔNICAS

Considerado um formato de projeção média, onde a parte central é particularmente bem destacada, como se fosse mais pontuda. Pela visão de perfil pode ser comparada com uma pirâmide. A base é redonda. Ideal para pacientes com flacidez mamária bem discreta, projeta bastante a aréola para frente, mas não valoriza tanto o polo superior da mama (colo). Sua utilização deve ser muito bem planejada em todas as suas dimensões. Deve-se tomar cuidado para não deixar com que sua ponta fique localizada fora da região da aréola, caso contrário, essa ponta pode ficar facilmente visível e marcada, o que leva a uma deformidade.

QUANTO ÀS PROJEÇÕES…

PERFIL BAIXO E MODERADO

São modelos de prótese de silicone que possuem maior diâmetro e menor projeção, ou seja, base mais larga e altura central mais baixa. Quando o objetivo é apenas o aumento das mamas, esses tipos de implantes são pouco utilizados pelos cirurgiões plásticos, já que sua forma não projeta a mama para frente e o colo fica apagado, ou pouco marcado, a não ser que esse seja um desejo da paciente. Próteses de perfil baixo ou moderado são melhores indicadas em cirurgia de mastopexias e reduções de mama, para conferir um formato melhor na montagem após a retirada de tecido – pele, tecido subcutâneo, gordura e glândula mamária – sem que haja uma tensão exagerada da pele suturada (“costurada”), e sem prejuízo nas manobras para ascensão da aréola.

PRÓTESE DE SILICONE PERFIL ALTO OU SUPER ALTO

Com base menor e maior projeção na sua cúpula, desta forma os seios ficam projetados para frente como um todo. Em especial, a super alta, ou extra alta, serve bem para aquelas mulheres que tem o tórax e base das mamas estreitos, já que a base do busto tem menor diâmetro e a projeção para frente fica bem evidente. Apesar de todas essas especificações, é importante salientar que cada marca tem seu padrão de nomenclatura e tabela de medidas, sendo que a prótese de mama de perfil super alto de uma fabricante pode corresponder à projeção alta, ou média de outra. Deve-se avaliar padrões como o grau de preenchimento de gel de silicone, e a coesividade do mesmo. Isso pode variar de marca para marca, ou até entre as diversas linhas de uma mesma marca. Portanto, você mulher, que quer colocar sua prótese mamária, saiba que ninguém melhor do que o seu médico para decidir sobre o tamanho e formato ideal para você, para que o procedimento seja seguro e com menos risco possível, e também para que o resultado se aproxime ao máximo daquilo que você deseja esteticamente. Pesquise sobre o profissional que irá lhe operar, e se o mesmo tiver experiência no assunto, ele irá decidir o melhor para você. Outra dica: não se apegue ao número de ml. Se a sua amiga pôs 300ml, não necessariamente o mesmo volume ficará bom para você, mesmo que as duas tenham biotipos semelhantes. O trabalho de uma mamoplastia de aumento é artesanal e deve respeitar as particularidades anatômicas e cada organismo. A escolha do tamanho pode ser feita inclusive com base no uso de medidores, ou também chamados moldes ou experimentos, que nada mais são do que imitações das próteses com seus volumes correspondentes, utilizados durante a cirurgia. O ideal é que o cirurgião tenha à sua disposição uma variedade de volumes no momento da cirurgia. Normalmente, o Dr. André Ahmed leva para a cirurgia uma variedade de volumes previamente selecionados para que ele possa decidir pelo melhor tamanho durante a cirurgia. Esse tipo de conduta confere uma segurança maior para o procedimento de inclusão de prótese mamária, pois durante a cirurgia haverá uma noção melhor do espaço que foi possível descolar, bem como as características do tecido mamário.

Fonte: Dr. André Ahmed

beijos, Fran
12/09 2021
Mamoplastia
1 Comentário

Explante de silicone

explante silicone

O silicone mamário é mesmo uma cirurgia segura?

Apesar de nos últimos anos algumas mulheres terem começado a associar sintomas como artrite, retenção de líquido e fadiga à prótese de mama, não existe comprovação científica de que o silicone faça mal à saúde física ou mental.

Entenda melhor!

A cirurgia de aumento de mamas começou a ser realizada na década de 50 e, desde então, foram feitas milhões de mamoplastias ao redor do mundo.

Ao longo desse tempo, inúmeros estudos foram realizados para verificar a segurança da cirurgia.

E até o início de 2021, nenhum artigo concluiu que a prótese prejudica a saúde ou que o explante de silicone deve ser feito para prevenir doenças.

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica atesta a segurança da prótese mamária, mas incentiva e confirma o aumento de estudos na área buscando a relação entre possíveis doenças e a mamoplastia de aumento.

Possíveis motivos para a retirada da prótese de silicone!

cirurgia retirar protese mama
Entenda por que algumas mulheres optam pelo explante de silicone.

Antes de conhecer os motivos que fazem a mulher optar pelo explante de silicone, você precisa saber que no antes e depois da retirada da prótese, você verá o excesso de pele por conta do volume que foi removido.

Então, geralmente é indicada a cirurgia de Mastopexia sem Prótese em conjunto com o explante de silicone.

A cirurgia de mastopexia tem o objetivo de remover o excesso de pele que sobra e elevar as mamas.

As duas cirurgias feitas em conjunto, costumam agradar mais as mulheres por promover um resultado esteticamente mais bonito.

Assunto resolvido, conheça os motivos para a cirurgia de explante de silicone!

Síndrome asia

ASIA é uma sigla em inglês que significa Síndrome Autoimune Induzida por Coadjuvante.

É uma doença muito rara, causada pelo contato do organismo com um “corpo estranho”.

Esse corpo estranho pode ser tanto uma vacina quanto um anabolizante.

Quando em contato com o organismo, ele passa a atacar as células saudáveis. Gerando sintomas como febreboca secaartrite e distúrbio do sono.

Apesar de o implante se enquadrar como um corpo estranho para o organismo, é preciso uma prova ou exame que indique a prótese de mama como a causa da Síndrome Asia.

Ou seja, retirar a prótese na cirurgia de explante de silicone por causa da síndrome asia, ou “doença do silicone”, como uma tentativa de prevenção, cientificamente, não faz o menor sentido.

Leia o nosso Guia Completo da Síndrome Asia!

Câncer

A prótese mamária não tem relação com o câncer de mama.

Mas, possui ligação com um tipo de câncer extremamente raro, o Linfoma Anáplasico de Grandes Células (ACL), que se forma ao redor da prótese.

Entre os sintomas que denunciam a doença, estão a inflamação e vermelhidãopalpação de massa e úlcera nas mamas.

Mas para você ter uma ideia de quanto esse tipo de câncer é raro, estima-se que pode haver em torno de 400 relatos no mundo, para cerca de 30 milhões de mulheres que turbinaram os seios.

Nesses raros casos, quando diagnosticado cedo, a retirada da prótese de mama, e da cápsula, é o tratamento efetivo.

Ruptura de prótese

A ruptura da prótese de mama é rara, mas pode acontecer pelo desgaste do implante, pela falta de experiência do cirurgião ou por algum trauma na região das mamas.

Porque durante a cirurgia, podem ocorrer pequenas fissuras que podem se tornar algo maior. E, durante a recuperação, traumas ou a pressão exagerada na região das mamas, geram o rompimento do implante.

Esses casos são raros e aqui na Dream Plastic a incidência é menor que 0,1%.

O tratamento é feito com a cirurgia de explante de silicone e a troca por outra prótese.

Contratura capsular

A contratura capsular na mamoplastia de aumento, acontece quando o organismo detecta a prótese como um corpo estranho e tenta expulsá-la.

Quando isso acontece, o organismo cria uma película em torno do implante para isolá-lo do restante do corpo. Já que não pode expulsar a prótese.

Entre os sintomas estão a mama dolorida e rígida.

O índice registrado, na Dream Plastic, é de 0,5% a 1% nas marcas de próteses com tecnologia microtexturizada.

Diferentemente das próteses com textura lisa, que possuem 50% de taxa de rejeição.

Por isso é tão importante escolher uma boa marca de próteses, avaliando sempre a tecnologia utilizada.

O tratamento é feito com a retirada da prótese de mama, juntamente com a película criada.

Em seguida, é colocado outro implante no lugar.

Estética, mudanças de fases na vida e autoconhecimento

Longe de estar relacionado com qualquer doença, a maioria das mulheres que optam pelo explante de silicone, é porque o tamanho e a aparência dos seios não combinam mais com a fase da vida que estão vivendo.

Seja porque, pela idade, não se sentem mais confortáveis com seios marcados.

Porque achavam bonito seios grandes, no estilo “bola”, e hoje não pensam mais assim.

Ou porque colocaram próteses grandes e desejam um volume mamário mais discreto e natural.

Independentemente do motivo, a mulher tem todo o direito de optar pela retirada do implante, fazer o explante de silicone e escolher o que mais combina com a personalidade e ideias dela.

Grupos de apoio para retirada das próteses de silicone.

retirada silicone mama
Você participa de algum grupo de apoio para retirar próteses de silicone?

Grupos de apoio para a retirada das próteses de mama existem de balde.

Não há nada de errado em encontrar suporte em outras mulheres que já viveram essa experiência.

O problema é que esse tipo de grupo não tem embasamento científico, ou seja, não é composto por médicos e não tem como base a literatura científica.

Então, qualquer um entra e fala o que bem entender.

E, infelizmente, muitas pessoas somatizam problemas como ansiedade, depressão, cansaço e queda de cabelo e os relacionam com o implante mamário, sem fundamento médico.

Ou seja, cair em fake news e ficar desesperada para fazer o explante de silicone, torna-se fácil.

E um efeito manada de pessoas achando que têm uma doença que não tem, também!

Se você participa desses grupos, fique atenta ao que está sendo dito e sempre busque comprovar essas informações com fontes confiáveis e experientes.

Quanto custa para retirar a prótese de silicone em 2021?

A média de preço da cirurgia de explante de silicone em São Paulo varia entre R$8.035,00 e R$18.070,00. (Fevereiro/2021)

Já para a retirada do implante mamário e a mastopexia, na Dream Plastic é cobrado apenas o valor da cirurgia de masto.

Só para você entender, o Conselho Federal de Medicina proíbe que clínicas divulguem pela internet o valor exato de cirurgias plásticas como o explante de silicone.

Até porque o preço oscila de mulher para mulher.

Por isso, calculamos uma média do valor cobrado nas clínicas de São Paulo, para você conhecer e conseguir se planejar melhor.

Como é feita a cirurgia de explante de silicone?

Na cirurgia de retirada da prótese de mama, utiliza-se a mesma incisão feita na colocação do implante. O corte é refeito na aréolaabaixo das mamas ou axilas e a prótese é removida. A cirurgia dura cerca de 30 minutos e, quando feita com a Mastopexia, 3 horas.

cirurgia retirada protese silicone
A cirurgia para retirar próteses de silicone é um procedimento simples.

A anestesia utilizada é a peridural com sedação e a cirurgia de explante de silicone com ou sem a mastopexia é tranquila e segura quando feita com cirurgiões plásticos especialistas e anestesistas experientes em cirurgias plásticas.

O pós-operatório vai depender muito de como será realizada a cirurgia, ou seja, se será realizada apenas a retirada do implante ou se haverá a remoção de pele.

Mas, no geral, entre 15 e 30 dias a paciente pode retornar às atividades de rotina.

Como é o antes e depois do explante de silicone?

Após a remoção da prótese, a mama fica menor, caída e com excesso de pele flácida. O formato de seios redondos, durinhos e com o decote preenchido se transforma.

retirada silicone antes depois
Após o explante de silicone, os seios mudam de formato, tamanho e textura.

Afinal, o volume mamário foi removido na cirurgia de explante, e o antes e depois têm as suas consequências.

Portanto, se você vai fazer o explante, mas não quer esse resultado, deve optar pela retirada do silicone com a cirurgia de mastopexia.

Como já explicamos ao longo do texto.

Com os dois procedimentos realizados em conjunto, as fotos do seu antes e depois da retirada da prótese de silicone, serão de mamas menores, mas sem flacidez e lá em cima.

Vale a pena fazer a cirurgia de explante de silicone?

explante silicone cirurgia
Fazer ou não a retirada de próteses é uma escolha muito pessoal.

Resumindo o que você aprendeu hoje:

  • A mamoplastia de aumento é vista como uma cirurgia segura, pois é realizada há mais de 50 anos e milhares de mulheres passaram pelo procedimento.
  • As complicações que podem surgir após a cirurgia são raras e podem ser evitadas ou tratadas.
  • Não há comprovação científica, definitiva e consensual, de que a Síndrome Asia seja causada pela prótese de mama.
  • Outros tipos de doenças como o linfoma, são extremamente raras e, no mundo todo, pouquíssimas mulheres passaram por isso.

Ou seja, a escolha de fazer ou não a cirurgia de explante de silicone é muito pessoal.

E somente após passar um bom tempo refletindo e avaliando as vantagens e desvantagens da retirada do silicone mamário, a mulher pode fazer uma escolha consciente, com menores chances de se arrepender.

Portanto, nós te aconselhamos a pesquisar muito, entender o que faz sentido para você neste momento e, principalmente, buscar orientação médica, em fontes confiáveis.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
16/08 2021
Topo