Plásticas
0 Comentários

Marília Mendonça fez abdominoplastia


(foto: Instagram/mariliamendoncacantora/Reprodução)



Após fazer “suspense” com os fãs, a cantora sertaneja goiana Marília Mendonça, de 23 anos, em live realizada no Stories do Instagram, revelou que passou por intervenções cirúrgicas para dar um “up” no corpo, ainda mais após perder 20 kg por meio da reeducação alimentar. “Estou muito feliz. Estava com a saúde falha, já não conseguia atender às expectativas de vocês durante os shows, porque eu saía cansada, meu joelho doía muito…”, revela a cantora na transmissão ao vivo.

Além de colocar implante de silicone de cerca de 375 ml em cada seio, Marília Mendonça também realizou um procedimento chamado abdominoplastia, que consiste numa “reconfiguração” do abdômen. De acordo com a artista sertaneja, que passou pelas cirurgias entre janeiro e fevereiro deste ano, foram retirados 1,8 kg de gordura de sua cintura.

Para celebrar a mudança, a intérprete de sucessos como Bem Pior que Eu e Parece Namoro compartilhou no Instagram uma foto de sua nova aparência. O “look repaginado” da cantora recebeu mais de 1,8 milhão de curtidas e 33,7 mil comentários – a grande maioria de elogios.

“A abdominoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal”, orienta a SBCP-SP em texto divulgado em seu site.

Fonte: Revista Encontro

beijos, Fran
20/04 2019
Plásticas
0 Comentários

Mentoplastia

(foto: Pexels)

Esse procedimento é usado para corrigir imperfeições no queixo. Além de ser uma opção funcional, que ajuda no bem-estar do paciente, o procedimento também pode ter cunho apenas estético – por exemplo, um homem que deseja ficar com o queixo mais “quadrado”.

Segundo o cirurgião plástico Luiz Philipe Molina Vana, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), é preciso cuidado com cirurgias que são irreversíveis, principalmente as que alteram a estrutura da face, como mentoplastia, rinoplastia (nariz) e a bichectomia (bochecha). “É fundamental orientar o paciente que o processo natural do envelhecimento causa mudanças importantes na estrutura facial. Estas alterações devem ser levadas em consideração na hora da decisão pela cirurgia ou não”, orienta o especialista.

A região do queixo é de extrema importância para a harmonia facial. Algumas pessoas apresentam deformidades ou alterações anatômicas que afetam a estética e as funções do organismo que dependem dessa estrutura, como fala, mastigação e respiração. “Nestes casos, a mentoplastia é muito bem indicada. Normalmente, é realizada por um cirurgião buco-maxilar em conjunto com um cirurgião plástico, pois é preciso mexer na estrutura óssea, realizando cortes ou enxertos, além do trabalho estético para uma boa aparência final”, comenta o médico.

Apesar disso, muitas pessoas recorrem aos consultórios para realizar o procedimento de forma estética. “A harmonização facial ganhou fama com a popularização do preenchimento com ácido hialurônico, que pode ser aplicado para melhorar a aparência da região do mento [queixo]. Também podem ser usadas outras técnicas, com inserção de prótese de silicone, enxerto de gordura do próprio paciente ou ainda o avanço ósseo do mento”, afirma o cirurgião plástico.

De acordo com Luiz Philipe Molina, o preenchimento com ácido hialurônico é o procedimento mais recomendado, porque o resultado não é definitivo e o produto é absorvido pelo corpo em cerca de 12 a 18 meses, com baixo índice de reaçõea adversas. Outra opção é usar a própria gordura do paciente. “Primeiro, é feita a retirada da gordura. Depois, a gordura é purificada e só então pode ser aplicada no paciente. O lado positivo é que a gordura também é absorvida pelo organismo, sendo uma boa alternativa”, diz o especialista.

O médico lembra ainda que o implante de prótese de silicone no queixo também é uma técnica bastante comum. “Caso o paciente não goste do resultado, será necessário realizar outro procedimento para retirar a prótese. Apesar disso, também é uma técnica reversível”, afirma Molina.

Fonte: Revista Encontro

beijos, Fran
18/04 2019
Plásticas
0 Comentários

O que é i lipo?



I lipo é um procedimento estético que promete acabar com a gordura localizada sem cirurgias. Muitos dizem que é a lipo sem corte!

Todo mundo está falando sobre i lipo como uma nova tendência. Afinal, que mulher não quer acabar de uma vez por todas com a gordura localizada? Mas claro, sem muito esforço, sem dor e sem perder tempo.

Destruir a gordura e não precisar passar por uma cirurgia. Isso atrai os olhares de qualquer um!

As empresas se aproveitam desse desejo para oferecerem diversos procedimentos milagrosos, que prometem acabar com os pneuzinhos em poucos minutos.

Mas será que essas técnicas conseguem substituir a eficiência da lipoaspiração?

A lipo sem corte, como é popularmente conhecida, não é um procedimento cirúrgico. Consequentemente muitas vezes ela é feita por um esteticista e não pelo cirurgião plástico.

Pensar em perder gordura com uma lipo sem corte é sonho de muitas mulheres. Mas será que a lipo sem corte funciona?

A lipo sem cirurgia é um tratamento estético que reduz medidas e ajuda a modelar o corpo. Mas essa técnica limitada só beneficia pessoas com pouquíssima gordura.

Ou seja, os resultados vão aparecer em mulheres que tem entre 1 cm e 4 cm de gordura localizada. Em outros casos somente a lipoaspiração tradicional proporcionará um melhor resultado para a paciente.

Na lipo sem corte a paciente é submetida ao procedimento sem anestesia, fora de um hospital e, muitas vezes, sem um cirurgião plástico.

O que é i lipo?

Trata-se de um procedimento estético que utiliza tecnologia a laser. Porém, não confunda i lipo com a outra técnica de lipoaspiração a laser. São coisas diferentes.

A técnica chamada de i lipo funciona por meio de um equipamento que emite laser diodo (tipo utilizado em métodos depilatórios). E não precisa de cortes ou cirurgia!

O laser age diretamente sobre a célula responsável pela produção de energia do corpo humano. O feixe de luz rompe a membrana celular, permitindo que a gordura seja liberada na corrente sanguínea.

A célula adiposa (célula de gordura) diminui drasticamente o seu tamanho, já que a gordura ocupa a maior parte da constituição celular.

Vale ressaltar que a luz do laser dá ao organismo uma chance de metabolizar a gordura que armazenou em excesso.

Conheça o passo a passo da i lipo laser:

  • Os PADS (aparelhos que emitem laser) são colocados na região
  • O aparelho aciona o laser logo após ser posicionado no corpo
  • O feixe de luz rompe os triglicerídeos (gordura) que está presente no interior do adipócito (célula de gordura)
  • A gordura sai através da membrana celular e chega aos linfáticos

A i lipo funciona e realmente proporciona uma perda de medidas para a paciente. Porém, essa redução da gordura demora para acontecer e é mínima, às vezes até imperceptível.

Na i lipo, resultados que trazem uma diferença relevante dependem, principalmente, do perfil da paciente. Mas vale dizer que não é imediato!

Será necessário fazer entre 4 a 8 sessões do procedimento para notar alguma redução. O valor de cada sessão pode chegar a R$ 400.

Além disso, a paciente deve evitar o consumo de alimentos gordurosos nas 24 horas subsequentes a cada sessão. E, claro, também deve manter uma rotina de exercícios físicos.

É importante respeitar esta orientação, pois alimentos gordurosos facilitam a reabsorção da gordura na célula. E a paciente pode até ganhar uns quilos extras após o procedimento cirúrgico.

Em média, o tratamento com o aparelho i lipo dura dois meses.

Então, se você quer ver um resultado rápido e eficiente, a cirurgia plástica de lipoaspiração é a mais indicada.

O ideal é passar por uma avaliação com especialista para definir o melhor tratamento para você.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
16/04 2019
Topo