Plásticas
0 Comentários

Lipoaspiração – Coxas flancos e culotes

A lipo não pode ser vista como um tratamento para obesidade ou celulite, pois não tem como objetivo o emagrecimento. Além disso, há um limite de gordura que pode ser retirado: 5 a 7% do peso ideal da paciente.

Ou seja, a quantidade de gordura em litros removida varia de pessoa para pessoa. Mas isso não significa que o resultado de uma será melhor do que da outra.

Lipo nas coxas

Ter dificuldade para comprar uma calça jeans que fique boa. Sentir aquele incômodo de uma perna roçando na outra ao usar uma saia ou até o short subindo ao caminhar.

Se você tem as pernas grossas uma ou mais dessas situações são bem familiares. E, a lipo nas coxas surge como uma solução para este problema.

Mas antes de você sair correndo buscando um local para fazer uma lipo nas pernas, é importante esclarecer alguns pontos.

Assim como o braço, as coxas são compostas por músculos. Quando há gordura vinculada à eles, não é possível ser retirada com a lipoaspiração nas coxas.

A lipo nas coxas antes e depois que faz diferença é na face interna superior, perto da virilha. Nesta parte, há gordura subcutânea que pode ser aspirada, porém não em grande quantidade.

Independente disso, o volume eliminado já é suficiente para ajudar mulheres que sofrem com atritos e assaduras nessa região.

Lipo nos flancos

Antes de falarmos da lipo nos flancos é importante esclarecer uma dúvida que muitas mulheres têm. O que é flancos no corpo humano?

Flancos são as laterais do corpo, localizados ao redor da lombar. E, as gorduras nos flancos são aquelas dobrinhas laterais que se formam na região abdominal.

Agora que sabemos onde ficam os flancos no corpo humano, é hora de conhecer o que o procedimento pode fazer por eles.

Responsável por promover a aparência de uma silhueta violão, a lipo nos flancos torna a cintura mais fina. Consequentemente, o bumbum ganha evidência.

É muito comum que a cirurgia seja feita em conjunto com a lipo na barriga, por exemplo.

Além disso, há quem tenha o objetivo de eliminar gordura de uma região e enxertar em outra, como no bumbum. Neste caso é possível optar pela lipoescultura flancos em conjunto com a do abdômen.

Lipo no culote

Tem gente que nem liga, mas para algumas mulheres aquela gordurinha acumulada na parte externa da coxa incomoda demais. Isto porque se a calça ou o vestido é um pouco mais justo, marca e chama atenção. Não tem jeito!

Surge então a lipo no culote como uma solução ideal. O procedimento é o mesmo e, normalmente, é combinado com outras localidades, como a lipo nas coxas, no abdômen e nos flancos.

No geral, a lipoaspiração culote tem um bom resultado. Mas devemos lembrar: o volume de gordura existente e que pode ser retirado não é muito alto.

Apesar da lipo de culote oferecer um bom resultado, é importante ter ciência de que a aparência de “excesso de culote” pode ser resultado de uma estrutura de quadril larga. Ou seja, uma característica na própria paciente que não pode ser transformada pela lipo no quadril.

A lipoaspiração no culote vai melhorar o aspecto, mas não é capaz de interferir na estrutura óssea do quadril.

 

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
22/11 2018
Plásticas
0 Comentários

Lipo nas costas e braços

A lipo não pode ser vista como um tratamento para obesidade ou celulite, pois não tem como objetivo o emagrecimento. Além disso, há um limite de gordura que pode ser retirado: 5 a 7% do peso ideal da paciente.

Ou seja, a quantidade de gordura em litros removida varia de pessoa para pessoa. Mas isso não significa que o resultado de uma será melhor do que da outra.

 

Lipo nas costas

Aquela gordurinha que vive marcando no sutiã pode estar com os dias contados. A lipo nas costas é capaz de resolver este problema.

Na verdade há duas possibilidades de lipoaspiração nas costas. A primeira na parte superior, ou seja, na área torácica, que resolve o incômodo citado acima.

Neste caso, é feita se houver gordura subcutânea suficiente na região. O médico vai avaliar a espessura da pele e caso esteja muito fina, a cirurgia não será indicada.

Isso porque há o risco de fazer uma lipo muito superficial, próxima da pele, que pode causar problemas, como queimaduras.

Mas para tirar gordura das costas há também o procedimento feito na região lombar. Este é o mais comum quando a paciente pede para fazer lipoaspiração das costas.

Nesse procedimento o resultado é excelente, pois o cirurgião “cava” para tirar a gordura na lombar. Isso faz com que os glúteos fiquem mais projetados e ganhem evidência na região.

Lipo no braço

A busca por um corpo mais proporcional ou para eliminar aquela gordurinha específica torna a lipo no braço bastante popular.

Porém, antes de você cogitar ter seus braços fininhos é importante conhecer algumas informações.

Os braços são compostos por músculos e gordura. Há a gordura vinculada ao músculo, que não tem o que fazer, já que esta não poderá ser eliminada com uma lipo nos braços.

Mas, eventualmente, tem a gordura subcutânea, essa sim dá para eliminar! Isso reflete quando eles são muito volumosos, o que justifica uma lipoaspiração no braço.

Há ainda aquela gordurinha entre o peito e a axila que também incomoda bastante. E, para acabar com ela há a lipoaspiração axilar.

É importante ressaltar que a lipo nos braços nem sempre tem um resultado tão evidente. Isso porque a quantidade de gordura retirada não é tão grande e o excesso pode refletir no surgimento de flacidez de pele no local.

 

Fonte: Dream Plastic

 

 

beijos, Fran
21/11 2018
Plásticas
0 Comentários

Livre-se da flacidez do tchauzinho com silicone no braço

 
Além dos velhos conhecidos implantes nos seios, bumbum e coxas, a mulherada tem aproveitado para turbinar os braços. Segundo dados da Silimed, fabricante de próteses de silicone, as vendas de próteses para bíceps e tríceps aumentou em 31% em comparação ao ano passado, sendo que 60% delas foram usadas em mulheres.
Implantes nessa região podem ser uma boa saída para quem perdeu muito peso ou, quem sabe, não aguenta mais a famosa flacidez no músculo do “tchauzinho” – o tríceps -, comum conforme o avanço da idade. Segundo o cirurgião plástico Esmail Safaddine, o procedimento também é indicado em caso de homens que não conseguiram resultado desejado com a musculação.”Para as mulheres, a maior preocupação tende a ser com o tríceps, onde predomina a parte flácida da pele que balança conforme movimentos de ‘tchau’ ou movimentos mais bruscos com os braços”, explica.O cirurgião explica que, durante o procedimento, um corte de aproximadamente quatro centímetros é feito nas axilas, por onde as próteses de gel coesivo (as mesmas usadas em implantes mamários) serão colocadas – duas no bíceps, o “muque”, e mais duas no tríceps, dando aspecto torneado e firme à região preenchida.”Como qualquer procedimento cirúrgico, há os riscos relativos à anestesia (que pode ser tanto geral ou local), e também hematomas na região, daí a importância de seguir à risca os procedimentos pós-operatórios indicados pelo cirurgião”, alerta.A cirurgia dura, em média, uma hora e meia e o resultado definitivo pode ser visto em aproximadamente três meses. Mas, para que tudo dê certo, Safaddine aconselha que se evite o carregamento de peso após 30 dias e não tomar sol por, pelo menos, dois meses.Por Ana Paula de Araujo (MBPress)

 
Fonte:VilaMulher
beijos, Fran
18/11 2018
Topo