Plásticas
0 Comentários

Cirurgia Plástica no Inverno: Cuidados com a Pele

É comum o filtro solar ser deixado de lado por muitas pessoas quando o inverno se aproxima, já que as queimaduras solares são mais frequentes, de fato, durante o verão. Porém, quando especialistas dizem que devemos usar o protetor mesmo no inverno ou dentro de casa, acredite, é verdade!

Isso porque o risco do fotoenvelhecimento (o envelhecimento que ocorre devido à luz) permanece o mesmo do que no verão. Com o passar do tempo, nossa pele perde a capacidade de corrigir as alterações causadas pelo sol, causando efeitos nocivos e diferentes da pessoa que envelheceu por conta da passagem do tempo apenas.

Relação com a Cirurgia Plástica

Ok, mas o que tudo isso tem a ver com cirurgia plástica? É muito simples! Por mais que o inverno traga algumas vantagens sobre o verão, o cuidado com o sol deve ser o mesmo, especialmente em procedimentos faciais.

Geralmente durante os primeiros 30 dias, o paciente não deve se expor diretamente ao sol sob hipótese alguma, para evitar o escurecimento da pele no local. O ideal é se proteger com protetor solar, roupas e acessórios adequados até que todos os hematomas desapareçam, em torno de 90 dias.

Tenha em mente que, o mais importante na hora de decidir em que época do ano realizar determinado procedimento, é saber se haverá tempo hábil para a recuperação e para administrar os cuidados do pós-operatório.
Leia mais em: Cirurgia Plástica no Inverno e seus Benefícios

Como se proteger dos efeitos do sol

Agora que você já sabe que o filtro solar deve ser usado todos os dias, mesmo se for inverno ou estiver nublado, falta saber como se proteger dos seus efeitos nocivos.

O filtro deve ser escolhido de acordo com sua tonalidade de pele, ou seja, quanto mais clara, maior deve ser o Fator de Proteção Solar (FPS). Para o rosto e pescoço, por exemplo, recomenda-se o FPS de no mínimo 30, e sua eficácia irá depender da quantidade aplicada e do tempo de exposição.

Fonte: Dr. Guilherme Moreira

beijos, Fran
28/10 2022
Plásticas
0 Comentários

Qual a melhor época do ano para fazer a cirurgia plástica?

Veja os principais motivos para fazer a cirurgia plástica no inverno

Menor exposição ao sol – no outono e inverno há menos exposição direta ao sol, garantindo uma recuperação mais confortável em vários tipos de procedimentos, evitando manchas na pele.

Menos inchaço – o desconforto do pós-operatório pode ser reduzido no inverno, já que as altas temperaturas favorecem a dilatação dos vasos sanguíneos e a retenção de líquido levando ao inchaço.

Menos incômodo no uso da cinta – algumas cirurgias exigem o uso da cinta. A vantagem desta época do ano é que ela incomoda menos e pode ser melhor disfarçada por baixo das roupas que são usadas no inverno.

Verão – com a cirurgia neste período, os pacientes têm tempo de se recuperar e chegar ao verão com o corpo que considera ideal.

Fonte: Folha Vitória

beijos, Fran
21/10 2022
Plásticas
0 Comentários

O que é Bambuterapia?

A Bambuterapia é uma massagem feita com o auxílio de bambus de diversos tamanhos. Ela surgiu na França, como uma alternativa estética. Para a massagem, são usados bambus de diversos tamanhos que se adaptam com facilidade aos contornos corporais e podem ser aplicados em todo o corpo, inclusive no rosto.

A massagem promete trazer diversos benefícios.

Acredita-se que a técnica de bambuterapia antes e depois é capaz de:

  • Modelar e tonificar o corpo
  • Amenizar as incômodas celulites
  • Relaxar a paciente
  • Aliviar tensões musculares

Além disso, na bambuterapia, benefícios também estão ligados à redução de gorduras. Bom, pelo menos é o que dizem por aí.

No geral, esse é o foco dos anúncios das empresas que oferecem esse tipo de massagem. Porém, muitas mulheres após a bambuterapia corporal sentem-se totalmente frustradas ou até enganadas.

Mas calma, vamos explicar melhor mais adiante!

Qual o passo a passo da Bambuterapia?

O passo a passo da Bambuterapia é bem simples, semelhante a uma massagem comum ou drenagem linfática. A principal diferença é que nessa técnica, ao invés de mãos e aparelhos, são utilizados bambus. Abaixo explicamos todas as etapas.

Saiba qual o processo para fazer a massagem com bambu.

Para fazer a bambuterapia corporal, é utilizado um kit bambuterapia. Ele inclui bambus de diferentes tamanhos, que vão agir como se fossem uma extensão dos dedos. Cada tamanho possui um local específico para ser aplicado. Veja como funciona:

1° Passo

O esteticista passa um óleo corporal na pele para ajudar no deslizamento dos bambus, com isso, a adaptação aos contornos corporais torna-se mais eficiente.

2° Passo

Fazendo uso das pontas do bambu, o profissional realizará estímulos nos pontos energéticos e zonas reflexivas do corpo.

3° Passo

A aplicação da massagen tem início nos pés, em seguida no corpo todo (frente, costas e laterais) e depois finaliza no rosto.

Geralmente, na massagem com bambu, passo a passo da sessão dura de 40 a 50 minutos e pode ser realizado de 1 a 2 vezes por semana.

Como é o antes e depois da Bambuterapia?

Na bambuterapia, o antes e depois é notado principalmente no bem-estar. Isso porque, assim como outras massagens, bambuterapia proporciona relaxamento, calmaria e alívio da tensão. Porém, o resultado no corpo, apesar de ser visível, não costuma ser tão duradouro. 

A massagem é notada mais internamente.

A bambuterapia antes e depois vai promover a diminuição de líquido e inchaço no corpo. Porém não será um resultado expressivo como é para o bem-estar interno. 

Por esse motivo é difícil encontrar fotos de antes e depois da bamboo slim, como também é chamada a técnica de bambuterapia corporal. 

Quais os benefícios da Bambuterapia?

As promessas de benefícios da bambuterapia são muitas. A massagem promete eliminar gordura, diminuir celulite, combater a flacidez, eliminar toxinas, aliviar tensões musculares, melhorar a circulação sanguínea, diminuir inchaços, relaxar o corpo e melhorar os contornos. Porém, é preciso ter cuidado com essas promessas.

Você conhece aquele ditado popular?

“Quando a esmola é muita, o santo desconfia.” 

Ele se encaixa perfeitamente aqui. 

Como um procedimento “barato”, nada invasivo e rápido é capaz de trazer todos esses benefícios? Se ele é tão bom assim, porque as pessoas ainda tentam outros métodos? 

Bom, porque ele não traz TODOS esses benefícios.

Muitas dessas “vantagens” da massagem com bambu são apenas teorias. Ou seja, não há comprovação científica de que realmente funcionam. 

E mesmo que algumas funcionem, será temporariamente, por uma semana ou duas, e então o corpo volta ao normal. 

Isso porque, a bambuterapia corporal age na camada superficial do corpo. Ele não trata a raiz do problema. Portanto, sempre poderá voltar. 

Bambuterapia na barriga funciona?

A bambuterapia no abdômen é capaz de reduzir inchaço e líquidos, deixando a região mais sequinha e modelada. Porém, a massagem bambuterapia na barriga não pode eliminar a gordura abdominal e muito menos a flacidez. 

A bambuerapia não é indicada para eliminar gordura abdominal.

Sim, a massagem com bambu pode trazer a sensação de que a região diminuiu, porém é temporário. Só é possível eliminar a gordura abdominal com lipoaspiração, dietas e exercícios. 

Aqui você pode ver como é feita a lipo na barriga!

Quanto à flacidez no abdômen, nem dietas e exercícios resolvem. Afinal, estamos falando de pele. O único modo de resolver problemas de flacidez é tirando a camada de pele flácida, o que só é possível com abdominoplastia. 

Entenda como funciona a retirada de flacidez com a abdominoplastia!

Bambuterapia para celulite funciona?

A massagem bambuterapia melhora o aspecto da celulite, suavizando suas marcas na pele por um determinado tempo. Porém, não é possível eliminar completamente a celulite com a bambuterapia. 

Bambuterapia para gordura localizada é eficaz?

Não! A bambuterapia não tem capacidade de eliminar gordura localizada, ela apenas reduz medidas. As medidas podem ser reduzidas ao eliminar o inchaço, por exemplo. Porém, a gordura, seja da barriga, costas, braços, culote ou coxas, somente serão eliminadas com exercícios físicos ou com lipoaspiração.

Quais as contraindicações da massagem com bambu?

As contraindicações da bambuterapia são as mesmas indicadas para massagens diversas e drenagem linfática. Não é permitido fazer bambuterapia em mulheres grávidas, com trombose, diabete, hipertireoidismo ou hipertensão. Além disso, não é recomendado fazer o procedimento se tiver feito cirurgia recente, e se estiver com febre ou fratura. 

Sempre considere as contraindicações antes de fazer qualquer procedimento.

Mas, principalmente, a bambuterapia NÃO é indicada para você que busca resultados expressivos e duradouros na:

  • Redução de gordura localizada
  • Na eliminação da flacidez
  • Na diminuição da celulite

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
26/09 2022
Topo