FOTOS ANTES E DEPOIS
0 Comentários

Tratamento para estrias com Carboxiterapia

Coloquei meu silicone em Dez/2014, um mês depois surgiram as estrias, em abril/2015 fiz um tratamento com carboxiterapia, fiz  20 sessões, paguei na época R$65,00 a sessão.
Se quiser ver as fotos do meu antes e depois do silicone, clicar  AQUI

tratamento carbox

beijos, Fran
23/04 2016
Mamoplastia
0 Comentários

As temidas estrias

 
 
 
De longe a colocação de implantes de silicone nas mamas é a cirurgia mais realizada pela mulherada no Brasil, juntinho com a  lipoaspiração.
As temidas estrias são mais comuns do que se imagina, não somente para quem coloca implantes, mas para quem ganha músculos rapidamente, ou sofrem com o efeito sanfona, engordando e emagrecendo rapidamente.
O risco, é o mesmo que existe para as gestantes. Cabe ao cirurgião informar as conseqüências. A pele de algumas mulheres tem uma resistência mais baixa, que não suporta o aumento da mama. O médico precisa identificar se a paciente tem esse problema e orientá-la.
Existem diversos tratamentos que ajudam aliviar as estrias, embora o resultado ainda seja inconsistente.As mulheres são as mais afetadas com estrias do que os homens. Isso se deve ao fato de que a mulher tem dois hormônios – a progesterona e o estrógeno – que são os principais responsáveis pela ruptura das fibras elásticas da pele.As estrias são atrofias lineares que surgem devido ao rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele. Geralmente este rompimento é oriundo de um estresse mecânico, como o estiramento exagerado da pele, ou do estresse fisiológico, estimulado por hormônios. 
Após a colocação das Próteses de Silicone geralmente as mamas ficam com a pele fragilizada podendo desenvolver estrias, devido o estiramento que o volume da Prótese causa, principalmente enquanto o inchaço está maior.No caso dos implantes de silicone é fácil de imaginar como acontece, imagine que sua mama é uma bexiga, pouco cheia, sem pele sobrando. Ai você de uma vez só enche ela ao máximo, você pode perceber que a bexiga fica mais fina e extremamente esticada.
Isso também acontece com a pele, só que acaba causando o rompimento das fibras elásticas do tecido gerando as estrias. Isso pode ocorrer com qualquer mulher, independente da quantidade de silicone que ela colocar.
Muitas colocam um tamanho pequeno e as estrias já aparecem, outras colocam uma quantidade maior e não acontece o rompimento. Mas logicamente se você colocar uma quantidade maior vai acabar forçando mais o tecido, aumentando a chance de possuir estrias.
Quando as estrias rompem na pele elas são de coloração avermelhada ou rosada, isso porque quando a fibra se rompe ela se preenche com sangue, mas com o passar do tempo elas costumam ficar brancas e umas até profundas.Para evitar o aparecimento de estrias após o implante de silicone a maioria dos cirurgiões recomendam hidratação com o uso de óleos como o Óleo de Rosa-Mosqueta, devido em sua formulação haver propriedades que aumentam a lubrificação da pele,melhorando a hidratação natural, devido a presença de Vitamina E. A aplicação do Óleo de Rosa-Mosqueta deve ser feita à noite e recomenda-se não se expor ao sol quando aplica-lo sobre a pele e cremes que contenham vitamina E ou usar sempre hidratantes e óleos com propriedades hidratantes (aquelas à base de uréia, óleo de semente de uva e de amêndoas são os que mais tem poder hidratante) após o banho, pois é quando a pele absorve de forma mais fácil o produto é o primeiro caminho para evitar as estrias. Essa hidratação é importante antes e depois da cirurgia. 
 
Fonte: Se liga mulher
beijos, Fran
30/01 2016
Topo