Plásticas
0 Comentários

O que é septoplastia?

Antes de qualquer coisa, precisamos entender como funciona o sistema respiratório. Mas calma, não será uma aula de biologia. É apenas uma breve explicação!

Quando o ar entra, através de duas aberturas, ele passa pelas cavidades nasais até chegar ao pulmão. O septo nasal, que é formado por cartilagem e osso, separa estas duas cavidades.

septoplastia

Ou seja, o septo é uma parede que está entre as duas narinas (os buraquinhos do nariz). O lado direito e esquerdo dispõe de um orifício denominado coana, que faz uma ligação até a faringe.

O desvio de septo é justamente quando essa parede está torta ou deformada, dificultando a passagem do ar. Essa obstrução acontece, principalmente, quando o septo se aproxima do corneto nasal.

o que é septoplastia

Você já deve ter ouvido falar dos cornetos, já que eles são popularmente conhecidos como carnes esponjosas. Os cornetos nasais são estruturas formadas por mucosa, tecido esponjoso e osso. Sua função é aquecer e umidificar o ar em sua passagem pela cavidade nasal.

Quando há obstrução das duas narinas significa que o corneto de um lado está muito próximo ao septo. E, do outro lado, teve um crescimento excessivo, que preencheu o espaço “a mais” que estava ali.

A cirurgia de carne esponjosa no nariz serve justamente para desobstruir e diminuir o tamanho desses cornetos.

desvio nariz

Vale ressaltar que, normalmente, o septo não é reto, há um pequeno desvio no nariz. O problema é quando  ele se entorta mais do que o normal.

Você já notou uma diferença na respiração do lado esquerdo ou direito? Esse é um grande indício de que há um desvio no septo. Mas como corrigir?

1. Quando a cirurgia de desvio de septo é indicada?

cirurgia de desvio de septo

Como você viu, o desvio de septo pode prejudicar a respiração. E é esse o principal sinal para o médico indicar a cirurgia nasal.

Mas antes disso, o médico solicita alguns exames detalhados, como tomografia e Raios-X dos ossos da face. Isso facilita o diagnóstico, pois, às vezes, há um desvio de septo, mas sem acometimento estético (não é perceptível a olho nu, exceto para médicos treinados).

Quando o desvio está bem acentuado ele obstrui completamente as vias nasais. Claro que isso prejudica na respiração e até no bem-estar do paciente.

Atividades simples como correr, fazer exercícios ou dormir serão afetadas pela sensação de cansaço e falta de ar.

É importante ressaltar que a cirurgia de septo nasal é indicada em casos específicos. Por exemplo, quando há: interferência na respiração, carne esponjosa ou obstrução nasal ocasionada por uma rinite, que dá a sensação de nariz entupido.

Nessas situações, o médico prescreve um tratamento adequado antes de recomendar a cirurgia.

2. Qual a diferença entre rinoplastia e rinosseptoplastia?

oq e septo

Se você sofre com o formato do seu nariz achatado, a rinoplastia é a cirurgia plástica ideal para remodelar a estrutura nasal. Portanto, a rinoplastia tem finalidade puramente estética.

Nesse caso, são inúmeras as possibilidades que a cirurgia oferece para remodelar o nariz, como:

  • Aumentar ou reduzir o seu tamanho
  • Corrigir a forma do dorso nasal
  • Diminuir o tamanho das narinas
  • Alterar o formato da ponta
  • Corrigir defeitos de nascença

Mas lembre-se: qualquer mudança estética deve ser avaliada individualmente pelo cirurgião plástico. Pois, ele considera as expectativas do paciente e a possibilidade do resultado desejado.

Afinal, o que é rinosseptoplastia?

A rinosseptoplastia, além de alterar a parte estética (por meio da rinoplastia), também faz a correção de problemas respiratórios. Que muitas vezes são causados por um desvio de septo.

Por isso, se você sofre com problema respiratório e também está insatisfeito com o formato do seu nariz, então opte por uma cirurgia de septo nasal combinada com a rinoplastia.

3. O nariz torto pode ser resolvido com a septoplastia

cirurgia de septo

O nariz torto afeta a estética facial, mas não é só isso! Ele também prejudica a funcionalidade nasal. As principais causas do nariz torto são:

  • Traumas sofridos na região, sendo comuns em atletas.
  • Desenvolvimento do desvio de septo.

A rinosseptoplastia é vista como uma solução para esses casos. Já que ela corrige a falha estrutural, além de ser associada com a plástica no nariz.

É importante saber que na rinosseptoplastia, o médico, provavelmente, recorre à técnica de fratura nasal. Isso é necessário para alinhar o septo.

4. Como funciona a Rinosseptoplastia

A cirurgia de rinosseptoplastia é muito semelhante à rinoplastia. O cirurgião pode escolher entre duas técnicas para realizar a operação, que são:

Rinoplastia aberta: essa opção permite que o cirurgião tenha mais visão da região que será operada. Já que a incisão é feita na columela, tecido localizado entre as duas narinas, e a pele é levantada.

cirurgia nasal

Desse modo, o profissional consegue fazer mudanças mais complexas e precisas, como alterar a ponta do nariz e tirar a Giba Dorsal.

Rinoplastia fechada: nesse tipo de cirurgia a incisão é feita apenas dentro do nariz. Por este motivo, proporciona uma visão limitada ao cirurgião, já que a pele não será levantada.

septoplastia o que é

Sendo assim, é indicada apenas para os casos em que há alterações estéticas mais simples de serem feitas.

A cirurgia do septo nasal

Independente da técnica escolhida, a rinosseptoplastia tem início com a cirurgia do septo para a correção do desvio.

Nesse caso, primeiro, o médico separa a mucosa nasal do septo. Com as alterações ósseas e cartilaginosas expostas, ele consegue remodelar as áreas desviadas. Em seguida, a mucosa nasal é reposicionada e suturada.

A partir disso, o cirurgião começa a fazer as alterações estéticas para melhorar a aparência e o formato do nariz.

Qual médico realiza a cirurgia de rinosseptoplastia?

septoplastia cartilaginosa

Por ser uma cirurgia muito específica, a rinosseptoplastia deve ser realizada por médicos habilitados e experientes.

Isto é fundamental para garantir bons resultados. Pois, imagine você escolhendo um cabelereiro para mudar o seu visual… Com certeza, você não vai querer passar com qualquer profissional, não é mesmo?

Até porque você espera sair do salão de beleza mais bonita. E não é qualquer profissional que vai conseguir aplicar a técnica certa, chegar à cor dos seus sonhos ou fazer aquele corte que você viu na revista.

Por isso, é importante pesquisar e escolher o melhor profissional. Assim também acontece quando falamos de cirurgia plástica.

O cirurgião plástico deve ser habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Além disso, pesquise o que os pacientes falam sobre o médico que você escolheu. Afinal, ninguém vai indicar um serviço ruim, né?

Portanto, a rinosseptoplastia deve ser realizada por um cirurgião plástico. E, em alguns casos, será necessária a presença de um médico otorrino durante a cirurgia.

5. Como fica a cicatriz da rinosseptoplastia?

septoplastia e rinoplastia

Não se preocupe, a cicatriz da rinosseptoplastia fica bem discreta. Pois, o cirurgião plástico faz as incisões em locais estratégicos.

Mas o local da cicatriz também difere de acordo com a técnica utilizada. Por exemplo, na rino fechada, as incisões são pequenas e realizadas nos sulcos do nariz (parte interna). O que reflete numa cicatriz imperceptível, totalmente escondida.

Já na rino aberta a cicatriz também será mínima, porém está localizada na columela. As incisões são pequenas e ficam bem escondidas, o que favorece para que elas se tornem imperceptíveis.

6. A rinosseptoplastia pós-operatório é muito diferente da rinoplastia?

rinosseptoplastia pós-operatório

No geral, não muda muito a recuperação da rinosseptoplastia em relação à rinoplastia.

Após o procedimento cirúrgico é normal sentir uma dor moderada, mas que pode ser facilmente aliviada com analgésicos indicados pelo médico.

Outro ponto é a sensação de nariz entupido. Isso acontece devido ao inchaço normal que permanece dias após a cirurgia.

Em alguns casos, além do inchaço interno e externo, há também a presença de hematomas. Mas que desaparecerão em torno de 2 semanas.

Grande parte dos cirurgiões plásticos optam por um curativo (ou tala) que será utilizado nos 7 primeiros dias após a rinosseptoplastia. Por este motivo, nesse período, você só conseguirá respirar pela boca.

Além disso, caso o nariz tenha sofrido alguma fratura, o médico coloca um pequeno gesso na parte externa. Que serve como um molde para garantir estabilidade e evitar traumas na região operada.

Agora falando das restrições, você deve ter muita atenção para respeitá-las conforme a orientação médica. Por exemplo:

  • Cuidado para não bater na região operada, pois ela ainda estará frágil.
  • Evite ao máximo a exposição solar durante 30 dias. O sol pode deixar manchas permanentes na região dos hematomas.
  • Não tente tirar o curativo antes do período indicado pelo médico.
  • Suspenda o uso de óculos, por pelo menos, 4 semanas. Isso porque a região óssea do nariz ainda estará sensível e em recuperação.

E o resultado da rinosseptoplastia?

O inchaço já estará bem menor depois do terceiro mês. Porém, somente após 6 meses ou até depois de 1 ano haverá a regressão completa.

Portanto, o resultado da rinosseptoplastia poderá ser visto somente a partir de 1 ano. O nariz já estará bem delineado e com sua forma definida.

Lembre-se: os resultados de uma rinosseptoplastia dependem muito do empenho do paciente. Ou seja, siga todas as recomendações médicas durante o pós-cirúrgico de rinosseptoplastia.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
11/12 2020
Plásticas
0 Comentários

Desvio de septo

O septo nasal é uma “parede” que divide as 2 fossas nasais, possui uma parte óssea e outra cartilaginosa, recobertas por uma mucosa. É uma estrutura com a qual já nascemos e que vai aumentando a medida que crescemos. Em geral, é durante a puberdade que os desvios começam a ocorrer, causando obstrução em uma ou ambas fossas nasais, interrompendo o fluxo de ar e dando a sensação de nariz entupido constantemente.

O desvio de septo pode ser visto em até 85% da população em diferentes graus. A condição pode levar a outros distúrbios como respiração oral, ronco, sono ruim e apneia, mais chance de sinusite, dificuldade no olfato e, inclusive, dores de cabeça.

Indicação de cirurgia – Apesar do desvio, não são todos os casos que são levados pra mesa de cirurgia. O grau de desconforto depende do local do desvio, em geral, o desconforto é maior quanto mais perto da ponta do nariz. A principal indicação de cirurgia é para pessoas que possuem dificuldades de respiração, mas desvios estéticos e pacientes com dores de cabeça também podem ser analisados.

beijos, Fran
27/01 2017
Plásticas
0 Comentários

Rinoplastia e Septoplastia – É realmente necessário fazer as duas?

septoplastia-paint

Rinoplastia é uma cirurgia estética, diferente da cirurgia de desvio de septo, cujo objetivo é corrigir um problema funcional. Muitas vezes, quem apresenta este problema tem dificuldades na respiração, entretanto, nem todas as pessoas que têm desvio de septo apresentam dificuldades respiratórias. As duas cirurgias, quando bem indicadas, podem ser realizadas ao mesmo tempo ou em tempos distintos. No caso da rinoplastia, o cirurgião plástico é indicado para o tratamento; e do desvio de septo, o otorrino. Mas há cirurgiões plásticos capacitados para corrigir tanto o aspecto estético como o funcional. Porém, em boa parte dos casos, os cirurgiões plásticos trabalham em conjunto com os otorrinolaringologistas.

Fonte: Vitória News

beijos, Fran
03/12 2016
Topo