FOTOS ANTES E DEPOIS
2 comentários

Blefaroplastia Superior

Olá Fran e meninas.
Sempre me incomodava o olhar pesado, cansado e a aparência inchada das pálpebras superiores. Tudo pelo fato de ter excesso de pele nelas. Devido a muita alergia ocular, fator genético e idade kkkkkk Muitas vezes chegava a dobrar quando lavava os olhos. E pior… a maquiagem nem aparecia. Kkkk
Segue minha cirurgia:

  • Cirurgia: Blefaroplastia Superior
  • Idade: 39 anos
  • Data: 03/10/2016
  • Médico: Dr Laertes Thomas Júnior @drlaertes
  • Cidade: São Paulo
  • Valor: Não sei exatamente porque fiz outras cirurgias junto.
    ◾Foi retirado o excesso de pele das pálpebras superiores.
    ◾Foi super tranquila a recuperação. Fiz compressas com gelo nos primeiros dias e quase não fiquei roxa. Tirei os pontos em 8 dias e voltei a trabalhar. Como minha cicatrização é boa não precisei usar pomada para a cicatrização. Meus olhos tem o formato bem diferentes um do outro e ele tentou deixar o mais parecido.
    ? A primeira foto da coluna do “Depois”, tinha 2 meses da cirurgia. As outras já são com 4 meses.
    ♥Amei o resultado. Rejuvenesceu meu olhar. Deixou mais aberto e leve. Hoje posso abusar da maquiagem porque ela aparece.
beijos, Fran
08/03 2017
Plásticas
0 Comentários

A blefaroplastia – Como funciona?

blefaroplastia-paint

Antes de saber como funciona a blefaroplastia, é importante entender a estrutura das pálpebras. Assim como o resto do rosto, as pálpebras são formadas por camadas de pele, músculo e gordura. Com o tempo, a idade e os fatores ambientais, como os danos causados pelo sol, destroem a rede de sustentação da pele, que fica na derme. Consequentemente, a pele perde sua estrutura e elasticidade, e fica flácida. As camadas musculares também enfraquecem, que, com a perda de elasticidade da pele e os efeitos da gravidade, fazem as pálpebras ficarem flácidas e pesadas. Os depósitos de gordura normalmente dão às pálpebras um aspecto pesado. Entretanto, a gordura também diminui com o tempo e muda em resposta aos músculos flácidos e fracos, o que provoca inchaços e bolsas ao redor dos olhos. Embora a blefaroplastia trate esses problemas, o procedimento não corrige pés de galinha, manchas escuras sob os olhos ou sobrancelhas caídas. Nesses casos, a cirurgia das pálpebras associada a outros procedimentos pode produzir resultados melhores.

 

beijos, Fran
18/10 2016
Topo