FOTOS ANTES E DEPOIS
3 comentários

Blefaroplastia Superior

Olá Fran e meninas.
Sempre me incomodava o olhar pesado, cansado e a aparência inchada das pálpebras superiores. Tudo pelo fato de ter excesso de pele nelas. Devido a muita alergia ocular, fator genético e idade kkkkkk Muitas vezes chegava a dobrar quando lavava os olhos. E pior… a maquiagem nem aparecia. Kkkk
Segue minha cirurgia:

  • Cirurgia: Blefaroplastia Superior
  • Idade: 39 anos
  • Data: 03/10/2016
  • Médico: Dr Laertes Thomas Júnior @drlaertes
  • Cidade: São Paulo
  • Valor: Não sei exatamente porque fiz outras cirurgias junto.
    ◾Foi retirado o excesso de pele das pálpebras superiores.
    ◾Foi super tranquila a recuperação. Fiz compressas com gelo nos primeiros dias e quase não fiquei roxa. Tirei os pontos em 8 dias e voltei a trabalhar. Como minha cicatrização é boa não precisei usar pomada para a cicatrização. Meus olhos tem o formato bem diferentes um do outro e ele tentou deixar o mais parecido.
    ? A primeira foto da coluna do “Depois”, tinha 2 meses da cirurgia. As outras já são com 4 meses.
    ♥Amei o resultado. Rejuvenesceu meu olhar. Deixou mais aberto e leve. Hoje posso abusar da maquiagem porque ela aparece.
beijos, Fran
08/03 2017
Plásticas
1 Comentário

Ocidentalização dos olhos – Cirurgia plástica do olhar ocidental


Considerado um dos elementos mais importantes e marcantes em uma pessoa, o olhar pode ser motivo de insatisfação para alguns. Similar à blefaroplastia, mas com propósito diferente, a ocidentalização dos olhos proporciona uma dobra nas pálpebras para quem não as possui, normalmente pessoas de origem oriental.

Por conforto psicológico e físico, é comum a procura por esse tipo de procedimento, pois a cirurgia concede ao olhar a impressão de olhos maiores, de mais luminosidade, características comuns do olhar ocidental. A ocidentalização dos olhos é feita através de uma incisão horizontal na pele da pálpebra, que cria o sulco necessário para causar a profundidade do olhar. Em pacientes jovens é comum a dispensa de cicatriz. O cirurgião plástico tem como opção erguer a pálpebra e criar seu sulco com alguns pontos abaixo da pele, fixando-a diretamente no músculo.

Anestesia
A anestesia empregada na ocidentalização dos olhos é, normalmente, a local com uso de sedação. Com o uso desta anestesia, considerada mais leve em comparação com a geral ou a peridural, o paciente é liberado do hospital em poucas horas.

Riscos
Um procedimento como a ocidentalização dos olhos ou qualquer outra cirurgia possui o mesmo risco que o de atravessar uma via com permissão do sinal de pedestres. É possível que surjam pequenos edemas e hematomas na região tratada, mas esta condição é eliminada com o decorrer do tempo.

Fonte: masterhealth

beijos, Fran
18/02 2017
Topo