Plásticas
0 Comentários

Abdominoplastia e gravidez

abdominoplastia gravidez

Abdominoplastia e gravidez é um assunto que gera muitas dúvidas. Tem gente que acha perigoso e tem receio de engravidar por acidente.

Mas será que gravidez depois da abdominoplastia é prejudicial para a mãe ou o bebê?

Fiquei tranquila! Este texto foi pensado exclusivamente para esclarecer essas e outras dúvidas relacionadas à abdominoplastia e gravidez.

Para entender melhor é importante lembrar que esta cirurgia é indicada para resolver problemas relacionados à flacidez abdominal, ou seja, excesso de pele na barriga.

Uma situação comum, que atinge quem sofre com grande ganho ou perda de peso. Além, claro, de mulheres que passaram por gestações.

Isto porque durante a gestação a pele estica e os músculos abdominais são separados para dar espaço ao bebê que está por vir. A seguir você vai saber sobre:

  • Abdominoplastia e gravidez: o que pode acontecer?
  • Gravidez após abdominoplastia, quando fazer?
  • Quem fez abdominoplastia pode engravidar?

Abdominoplastia e gravidez: o que pode acontecer?

Essa é a uma das principais dúvidas. Isto porque, apesar de muitas mulheres que fazem a cirurgia não terem mais a intenção de engravidar, é algo que pode acontecer de forma não planejada.

E quem tem uma gravidez depois da abdominoplastia não precisa entrar em desespero. Esta situação não oferece riscos ou problemas ao bebê e a mãe. Ou seja, quem fez abdominoplastia pode engravidar, sim!

Com o passar da gestação os músculos retro-abdominais, que foram suturados na cirurgia plástica, cedem. Isto ocorre conforme o útero se expande em resposta ao crescimento do feto.

A desvantagem para as mães quando isso acontece é puramente estético. Pois, conforme a gestação se desenvolve, pode haver o enfraquecimento da musculatura seguida da sua separação.

É a chamada diástase, classificada pelo deslocamento dos músculos abdominais após a gravidez.

Em resumo, a parte ruim numa gravidez após abdominoplastia é a possibilidade da paciente perder o resultado conquistado.

Gravidez após abdominoplastia. Quando fazer?

Abdominoplastia antes da gravidez não é um problema. Caso você deseja ter um filho depois da cirurgia, fique sabendo que não há nada para se preocupar em relação à sua saúde.

Aliás, gravidez depois da abdominoplastia não é algo tão incomum. Claro, o ideal é que você faça a cirurgia após a gestação para não ter o risco de perder o resultado.

Mais especificamente, seis meses depois do fim da amamentação, que é o tempo necessário para avaliar os efeitos das mudanças no corpo.

Após esta fase é possível que surja novamente flacidez de pele abdominal e até estrias na região. Neste caso, se você desejar, pode fazer uma nova abdominoplastia.

Mas é importante ressaltar, a cirurgia só pode ser realizada após o prazo de no mínimo 6 meses. Ou seja, abdominoplastia no parto nem pensar!

Não dá para fazer a cesárea e já aproveitar para deixar a barriga chapada na mesma operação.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
11/02 2020
Plásticas
0 Comentários

Ken Humano assumiu sua transexualidade

Foto: Arquivo pessoal

Desde que assumiu a sua transexualidade publicamente, Roddy – que ficou conhecida internacionalmente como Ken Humano – tem comemorado as suas mudanças para ficar cada vez mais feminina. Em bate-papo com a Quem, a apresentadora brasileira, que mora há anos na Europa, contou que está muito satisfeita com seus novos seios. “É uma maravilha ter seios. Perdi tempo nos últimos trinta e seis anos”, contou, bem-humorada.

Apesar de já aparentar físico mais feminino, já que colocou 825 ml de próteses de silicone nos seios, Roddy considera que ainda possui um longo caminho até se sentir completa. “Estou muito feliz. Mas me sentindo trinta por cento mulher, não estou cem por cento, ainda”, explicou.

Poucos dias após a sua cirurgia, Roddy compartilhou com Quem algumas fotos exclusivas do dia em que colocou as próteses. “A vida é melhor com seios”, bradou.

Ela explicou que quer ficar “bonitona” até meados de junho, já que em julho assumirá definitivamente a identidade de Roddy – até o momento, ela ainda responde com seu nome de batismo, Rodrigo Alves.

Fonte: QUEM/G1

beijos, Fran
06/02 2020
Plásticas
0 Comentários

Lipo light

Lipo Light

Lipo light, mini lipo, laser lipo light, Hidrolipo, vibrolipo… Atualmente, existem diversos nomes para a famosa lipoaspiração.

As empresas criam esses nomes com o intuito de venderem mais, como se a cirurgia plástica não fosse algo sério.

Isso confunde, principalmente, porque as pessoas acreditam que são procedimentos inovadores. Mas na verdade seguem a mesma técnica da lipo tradicional. O que muda são as condições como ela é realizada.

Continue lendo o texto para você descobrir:

  • Por que os médicos certificados em plástica NÃO recomendam a lipo light.
  • Quais são as diferenças da lipolight e da Lipo tradicional?
  • Lipo light: preço é mais barato?
  • Existem riscos em fazer uma lipo com anestesia local?

Lipo light: Preço pode até confundir, mas não se engane!

lipo light preço

As pessoas acham que a lipo light ou mini lipo são procedimentos indicados para quem tem pouca quantidade de gordura a ser retirada.

Acreditam, ainda, que esse procedimento compensa porque é mais barato que o tradicional. Mas será que é isso mesmo?

Na teoria sim, mas na prática não! Calma, vamos explicar melhor.

O baixo custo da lipo light acontece, pois…

    • O procedimento é feito dentro da própria clínica do médico
    • A quantidade de gordura retirada é MUITO menor
    • Não há a presença de um anestesista no momento da cirurgia

Esses são fatores que à primeira vista podem até parecer irrelevantes. Aí que mora o perigo, não se iluda! Estes itens são fundamentais para evitar riscos, oferecer segurança e garantir um resultado satisfatório.

Você já deve ter ouvido aquele famoso ditado se aplica muito bem: o barato sai caro. Para esse caso o ditado se aplica perfeitamente.

Mas muitas vezes a anestesia utilizada e as condições que o procedimento será realizado pode colocar a vida da paciente em risco.

Lipo Light X Lipo Tradicional

O que é lipo light?

A Lipo Light é conhecida como um procedimento ideal para remover gordura localizada. No geral, ela utiliza a mesma técnica da lipoaspiração tradicional.

Ou seja, são feitos pequenos cortes para que algumas cânulas possam aspirar a gordura da região. Mas antes disso o médico injeta uma mistura de soro fisiológico e adrenalina para facilitar o trabalho.

Até aqui está tudo igual entre os procedimentos, não é mesmo? Então, qual é a diferença?

A grande diferença é a anestesia aplicada. Na lipo light o médico usa anestesia local sem sedação.

5 perigos da lipolight apontados pelos médicos

lipolight

Ao longo dos seus mais de 10 anos de experiência em cirurgia plástica, a Dream Plastic sabe dizer realmente quais são os principais riscos que a paciente deve evitar.

Muitas mulheres esquecem que os procedimentos estéticos e reparadores também devem ser feitos com atenção e segurança.

É algo sério, por isso deve ser tratado como tal.

Infelizmente, alguns desses riscos estão presentes nos locais e no modo como é feita a lipo light. Veja os principais:

A lipo com anestesia local NÃO é a melhor opção

O problema é que esse tipo de anestesia não pega muito bem em locais de gordura subcutânea. Isto acarreta muita dor para a paciente. E, consequentemente, o médico não consegue remover muita gordura.

Para você ter uma ideia, ao utilizar a anestesia local na lipo light o cirurgião plástico consegue retirar em média 300 ml de gordura. Já na lipo tradicional pode-se remover até 10 vezes mais.

Além disso, nos casos de lipo light o anestesista quase nunca está presente na sala de cirurgia. Ou seja, a anestesia é aplicada pelo próprio cirurgião plástico. Esta é uma infração médica gravíssima!

Operar dentro da clínica NÃO é sinônimo de segurança

Um ambiente seguro deve conter equipamentos de primeira linha, além de oferecer uma estrutura necessária para a paciente.

Portanto, é fundamental que o ambiente hospitalar tenha fontes de oxigênios, desfibrilador, materiais para reanimação, monitores… E todos os outros recursos exigidos pela Anvisa.

Jamais aceite fazer a sua lipolight ou laser lipo light dentro de uma clínica. Pois, caso aconteça alguma complicação, o cirurgião plástico não terá equipes de outras especialidades médicas para te atender.

E o tempo de fazer a transferência para um hospital com UTI pode atrasar o atendimento. Lembre-se: cirurgia somente em hospital!

O resultado da Lipo Light NÃO será superior ao da tradicional

lipo com anestesia local

Na lipo light o médico não consegue retirar grandes quantidades de gordura. Por isso o resultado final vai sair, com certeza, inferior ao da lipoaspiração tradicional.

Além disso, para ter o mesmo resultado da tradicional o valor gasto na lipo light será muito maior. Pois, a paciente terá que fazer outras sessões para retirar mais gordura.

Outro ponto que poucas mulheres sabem é que na lipo light não é possível retirar gordura de várias regiões em um único procedimento.

Você NÃO vai sair do procedimento direto para o trabalho

Após qualquer intervenção cirúrgica, o organismo precisa de um tempo para se recuperar do trauma. A lipo light não é exceção!

Por isso, não recomendamos que a paciente volte ao trabalho logo depois do procedimento. Como muitas clínicas falam que pode acontecer.

A paciente precisa de um período de repouso para repor os fluídos e os eletrólitos perdidos durante a cirurgia. E, além disso, muitos cirurgiões somente dão alta depois de 24 horas da operação.

Este cuidado é importante para evitar riscos e acompanhar a evolução pós-operatória da paciente. Isso não acontece em clínicas que realizam a lipolight.

A Lipo Light NÃO é reconhecida pela SBCP

A lipo light não é reconhecida e nem recomendada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Portanto, este tipo de procedimento é praticado, basicamente, por médicos que não são cirurgiões plásticos.

E ao fazer o procedimento cirúrgico com um profissional que não é habilitado, você terá sérias dores de cabeça.

Isto porque, segundo o Conselho Regional de Medicina, cerca de 97% dos erros médicos são cometidos por NÃO especialistas em cirurgia plástica.

Lipo light é a melhor para acabar com as gorduras localizadas?

laser lipo light

Se você busca por segurança e bons resultados, então a lipo light não é a melhor opção. Pois, existem questões que fazem muita diferença!

Como ter um cirurgião plástico especializado e um anestesista, ambos com experiência em cirurgia plástica. Além disso, profissionais que seguem a legislação médica não se arriscam fazendo uma lipo com anestesia local.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
04/02 2020
Topo