Plásticas
0 Comentários

O que é cirurgia de Otoplastia?

que é otoplastia

A Otoplastia é a cirurgia plástica feita com o objetivo de corrigir as alterações estéticas do formato das orelhas, deixando-as com uma aparência harmoniosa.
Ou seja, na Otoplastia, cirurgia tem como base fazer modificações capazes de promover o equilíbrio e a proporção em relação ao seu rosto.
Entre as modificações, é possível melhorar a forma, a posição ou a proporção da orelha. E, por menores que sejam essas alterações, os benefícios para a sua aparência e autoestima são incríveis!
Infelizmente, não existe nenhum outro tratamento para resolver esse tipo de problema que não seja a cirurgia de Otoplastia. Então, se você sofre com orelhas…

  • Excessivamente grandes (condição chamada de macrotia)
  • Salientes em um ou ambos os lados (popular orelha de abano)
  • Assimétricas
  • Já operadas, mas fruto de uma cirurgia que a deixou insatisfeita
  • Rasgadas no lóbulo (normalmente causado por alargadores)
  • Com alguma deformidade

Tudo isso têm solução com a cirurgia Otoplastia, um procedimento simples e realizado até em crianças.

Otoplastia lóbulo, Concha, Hélice e demais pontos importantes

otoplastia lobulo

Antes de falarmos mais sobre os tipos de Otoplastia, é importante conhecer a anatomia da sua própria orelha.
Para você ter uma ideia, ela é formada internamente por cartilagem, com um relevo bem singular. A borda lateral elevada é chamada de Hélice, seguida por uma pequena depressão nomeada de Escafa.
Ao continuarmos, teremos outra depressão, essa maior e conhecida como Anti-hélice. Já em contato com a nossa cabeça, encontramos uma grande depressão chamada Concha. A parte inferior, onde normalmente usamos brincos, é o Lóbulo.
Por exemplo, quem sofre com orelhas de abano, provavelmente teve uma má formação na Anti-hélice, associada ou não ao aumento da concha.

Tipos de Otoplastia

otoplastia idade mínima

Não há tantas variáveis quando o assunto é tipos de Otoplastia. Basicamente, o cirurgião plástico vai fazer uma análise do seu ouvido e dos objetivos que você tem com o procedimento.
Dependendo da situação, ele pode optar por extrair ou raspar parte da cartilagem. Isso é possível ser feito pela parte da frente ou atrás da orelha. Em outros casos, uma simples sutura já resolve.
Há situações também de quem está insatisfeito com o rasgo, normalmente, provocado por brincos ou alargadores. Otoplastia Lóbulo, feita para fechar este espaço, é ainda mais simples. E, após a cicatrização total, você pode fazer um novo furo se desejar.
Outra possibilidade é quando há ausência parcial ou total da orelha, devido a uma má formação congênita ou um trauma. Isso exige um trabalho minucioso do cirurgião, que usará enxertos de outras partes do corpo do paciente.

Cirurgia Otoplastia: você precisar saber…

otoplastia anestesia



Na Otoplastia, idade mínima para realizar a cirurgia é a partir dos 6 anos. Isso mesmo! É possível evitar anos de sofrimento e muitos traumas nas crianças operando quando elas são bem novinhas.
Até essa idade, o sistema auricular para de se desenvolver, atingindo um tamanho bem próximo ao de um adulto.
Claro que, por falta de conhecimento e informações, isso muitas vezes não acontece tão cedo. Por esse motivo, é bem comum que adolescentes e adultos também façam a cirurgia Otoplastia.
Nos casos de bebês que nascem com as orelhas proeminentes, é possível que essa situação seja corrigida naturalmente com o tempo.
Em média, o procedimento dura entre 1h e 1h 30. E, normalmente, após se recuperar da anestesia, você já recebe alta. Isso pode acontecer até no mesmo dia.
Otoplastia Anestesia é outra questão importante e pode variar dependendo da situação. No geral, em adolescentes e adultos é usada uma anestesia local com sedação. Em crianças que fazem Otoplastia, anestesia geral leve é a mais usada.
Claro que antes de tomar essa decisão, você deve passar em consulta com o anestesista. Ele tem a responsabilidade de avaliar suas condições operatórias e indicar o melhor medicamento anestésico.
Sonho em fazer minha Otoplastia, mas tenho dúvidas sobre a cicatriz. Se esse é o seu caso, fique tranquila. Normalmente, a cicatriz é imperceptível, pois fica localizada na dobra atrás da orelha.
Além disso, como se trata de uma região de pele muito fina, a própria marca tende a ficar bem sutil. No caso de ser feita na frente, a cicatriz também fica bem escondida, inserida nos vincos naturais da orelha.

otoplastia anestesia local

Após o encaminhamento ao centro cirúrgico e a preparação para a sua Otoplastia, anestesia é a primeira etapa do processo.
O médico anestesista faz a administração dos medicamentos anestésicos. Ele permanece ao seu lado, monitorando seu quadro clínico, durante todo o procedimento.
Em seguida, o cirurgião plástico assume e inicia fazendo a incisão, geralmente localizada na parte de trás da orelha.
Nos casos de corrigir as populares orelhas proeminentes, o cirurgião retira parte da cartilagem do pavilhão auricular.
Depois, faz suturas internas para proteger e sustentar a cartilagem recém-formada. Tudo isso fará com que os ouvidos fiquem mais próximos da cabeça.
Quando é necessária uma incisão na parte frontal, ela é feita dentro das dobras, por exemplo, entre a Escafa e a Anti-hélice.
O cirurgião finaliza seu trabalho fazendo as suturas nos pontos externos. Após isso, o curativo é elaborado ao redor da cabeça, como se fosse uma faixa. Deixando a área mais protegida.
Você será encaminhado para sala de recuperação, na qual deve permanecer sob supervisão médica por cerca de 2 horas.
Depois desse período há a liberação para o quarto, no qual deve fica até receber a alta hospitalar.  Isso, normalmente, acontece poucas horas após o procedimento.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
13/08 2019
Escreva seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

Topo