Plásticas
0 Comentários

Como é feita a hidrolipo?

Para realizar a hidrolipo, utiliza-se uma solução tumescente que é aplicada na região e então a gordura é retirada.

Alguns cirurgiões plásticos realizam a hidrolipo em seu próprio consultório e, nesses casos, é importante ter certeza que o ambiente é adequado para cirurgia e deve estar dentro dos parâmentros obrigatórios de segurança da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A presença do anestesista em conjunto com o suporte necessário em caso de intercorrências é importante para trazer mais segurança ao procedimento.

Para melhorar a segurança, alguns médicos optam por realizar pequenas lipoaspirações com alguns intervalos de tempo (entre um e dois meses), mas isso não é consenso.

Dentro da cirurgia plástica, muitos pacientes preferem a lipoescultura que é feita em hospital e pode-se retirar até 7% de gordura equivalente do peso corpóreo e atuar em no máximo 40% da área corporal.

Cada caso deve ser avaliado de maneira particular e o tipo de anestesia é discutido em consulta. Deve-se sempre enfatizar que a segurança do paciente deve ser sempre prioridade, não devendo economizar para isso.

A hidrolipo pode ser feita em praticamente qualquer parte do corpo que possue excesso de gordura localizada, sendo as regiões mais comuns: abdômen, flancos (cintura), costas (região inferior e superior), culotes (região externa da coxa), região interna da coxa, papada, axilas, braços e região pubiana.

Fonte:  Minha Vida

beijos, Fran
28/10 2018
Escreva seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

Topo