Celebridades Mamoplastia
0 Comentários

Fiorella Mattheis faz explante de silicone

Fiorella Mattheis (Foto: Reprodução)
Fiorella Mattheis (Foto: Reprodução)

Fiorella Mattheis falou pela primeira vez em suas redes sociais sobre ter realizado a cirurgia de explante de silicone.

Viajando pela Espanha, a artista abriu uma caixinha de perguntas em seu Story e recebeu um questionamento sobre o processo: “Você retirou seu silicone? Estou querendo tirar o meu e está parecendo que você tirou”, perguntou uma seguidora.

“Sim! Tive contratura capsular e uma série de inflamações… por isso optei por não colocar de novo e não me arrependo. Mas cada caso é um caso. Depois podemos falar mais sobre isso. Siga as orientações do seu médico. Explantei no final de fevereiro e por isso estou com fita de silicone na cicatriz para proteger do Sol e melhorar. (primeira foto do quiz)”, respondeu Fiorella que citou a fita aparente na foto abaixo onde ela veste um biquíni vermelho. 

Fiorella Mattheis (Foto: Reprodução)
Fiorella Mattheis (Foto: Reprodução)

Ela ainda completou que pretende falar mais sobre o assunto que merece atenção e cautela: “Recebendo muitas mensagens sobre esse assunto. Podemos e devemos falar sobre isso com responsabilidade! Vou me preparar e abrimos esse papo em breve”. 

Fonte: Vogue/Globo

beijos, Fran
09/06 2021
Plásticas
0 Comentários

O que é Mini abdominoplastia?

cirurgia plastica miniabdominoplastia
Tudo sobre a cirurgia de miniabdominoplastia.

A miniabdominoplastia, também conhecida como miniabdômen, microabdominoplastia ou até mesmo minidermolipectomia, é uma cirurgia plástica que vai remover todo o excesso de pele na parte frontal do abdômen. 

Sabe aquela “pochete” de pele que fica na região inferior da barriga, entre o umbigo e a região íntima? 

A cirurgia vai remover e corrigir, deixando a barriga sequinha e sem protuberâncias.

Digna de uma modelo. 

Certo! Mas qual a diferença entre a miniabdominoplastia e a abdominoplastia clássica? Posso escolher qualquer uma? Perguntava-se Fabiana. 

A resposta é não! Cada cirurgia é para um tipo específico de flacidez e de corpo. 

Qual a Diferença entre miniabdominoplastia e abdominoplastia clássica 

abdominoplastia classica
No lado esquerdo temos a barriga de uma candidata à abdominoplastia clássica. Na direita, temos o corpo de uma candidata à miniabdominoplastia.

A miniabdominoplastia é indicada para casos em que há uma pequena retirada de pele. A famosinha “pochete”. Já a abdominoplastia clássica é indicada para casos em que a retirada de pele é maior. Quando a flacidez já está indo para as laterais e os flancos da barriga. 

A abdominoplastia clássica é uma cirurgia que não vai retirar apenas a pele, mas também vai amarrar os músculos reto abdominais. 

Já a miniabdominoplastia ou “miniabnoplastia”, como também é conhecida, adota um procedimento semelhante à abdominoplastia tradicional. 

Sua principal diferença está no perfil de paciente, sendo indicada para a famosa “magra com barriga”.

Ou seja, mulheres que apresentam um pequeno grau de flacidez muscular e pouca sobra de pele na região abdominal.

Isso porque, o foco da miniabdominoplastia é tirar apenas a flacidez abaixo do umbigo. 

Geralmente, esse excesso de pele ocorre por:

  • Envelhecimento natural
  • Hereditariedade
  • Gestação
  • Oscilações de peso

E esse era o caso da Juliana. Mãe da Paty, uma menina linda de 4 anos. 

Apesar de ter emagrecido com a amamentação, a barriga continuou ali. 

Como é feita a miniabdominoplastia

cirurgia eliminar pochete
A cirurgia de miniabdominoplastia é simples e rápida de ser feita.

A cirurgia para tirar pochete acima da cesária dura em média 2 horas. 

E para um anestesista experiente e especializado em cirurgia plástica, o tipo de anestesia utilizada é a peridural com sedação.

No entanto, locais que operam com anestesistas plantonistas, ou seja, que não são especialistas em cirurgia plástica, costumam usar a geral. 

Isto porque é mais fácil de aplicar, porém é bem mais invasivo e torna o pós-operatório menos tranquilo.

Por este motivo, contamos com anestesistas especialistas em nossa equipe. 

Não vá para a cirurgia despreparada. Entenda a importância da anestesia para a cirurgia plástica!

Fizemos um passo a passo mostrando como é feita a miniabdominoplastia. Veja:

Se necessário, para evitar a formação de líquido durante o processo de cicatrização, o cirurgião coloca drenos no local. 

No final de tudo são feitos os curativos e bandagens.

Atenção!

No caso da miniabdominoplastia, raramente é feita a sutura dos músculos abdominais. 

Se houver indicação pelo cirurgião, será realizada por meio de videoendoscopia. Já que o local da incisão não permite o alcance manual. 

Este tipo de necessidade é bem incomum na versão mini.

Por motivos como esse que essa se torna uma cirurgia bem menos invasiva. O que agradou Juliana. 

Como nunca tinha feito cirurgias antes, exceto o parto, ainda tinha medo de agulhas e procedimentos. 

E saber que a versão mini da cirurgia era mais tranquila, deixou ela bem mais confortável. 

A miniabdominoplastia amarra os músculos?

Não! A miniabdominoplastia não amarra os músculos como acontece durante a abdominoplastia clássica. O objetivo da miniabdominoplastia é ser pouco invasiva, ter um pós-operatório mais confortável e utilizar a linha da cesária para fazer o corte. 

Para amarrar os músculos, ela teria que ultrapassar a marca do umbigo e ser um pouco mais invasiva.  

Por isso, ela é indicada apenas para pessoas que têm uma pequena flacidez abaixo do umbigo. E, principalmente, que não tenham diástase. 

Agora, se a paciente tiver pouca flacidez, mas ainda assim os músculos com diástase, será indicada à abdominoplastia clássica. 

Pois poderá trazer um resultado melhor para este caso especificamente.

Afinal, apenas essa técnica será capaz de amarrar os músculos dessa região, deixando sua aparência mais firme e fina. 

A miniabdominoplastia é uma excelente alternativa para quem:

  • Não tem necessidade de uma cirurgia de grande porte, como a abdominoplastia. 
  • Tem medo de cirurgias complexas. 

Micro abdominoplastia é ainda menor que a miniabdominoplastia?

Não! Micro abdominoplastia, microabdominoplastia e miniabdominoplastia são a mesma coisa. 

Apenas com denominações diferentes. 

Algumas pessoas costumam achar que micro abdominoplastia é outro tipo de cirurgia, menor ainda.  

Porém, não existe uma outra técnica menor que a miniabdominoplastia. 

A mini é a técnica mais reduzida que existe para a cirurgia do abdômen. O que existe, de fato, são diferentes denominações para um mesmo procedimento. 

Quando fazer miniabdominoplastia

quando fazer miniabdominoplastia
Se você não se sente bem com a sua barriga, a miniabdominoplastia pode ser a solução!

Ju não aguentava mais olhar todo dia sua barriga saliente. Era só colocar uma roupinha mais apertada que tudo ficava marcado. 

Tentou alguns anos de academia e, pasmem, até dietas. 

Demorou muito pra conseguir reduzir a porcentagem de doces e refri que tomava, mas conseguiu!

E mesmo assim, nada da pochete desaparecer. 

Tinha 29 anos, uma filha de 4 anos e sentia como se tivesse mais idade. 

Como se não fosse mais atrair nenhum olhar, principalmente do marido. 

Para ela, a miniabdominoplastia surgiu como a solução perfeita.

Isso porque a miniabdominoplastia é indicada para quem:

  • Quer acabar com a barriga grande;
  • Ainda vai engravidar, pois não interfere na gestação e o resultado pode não se perder;
  • Deseja uma aparência mais jovem;
  • Busca restaurar sua autoestima;
  • Sonha em se sentir mais poderosa;
  • Deseja sair com as roupas que quiser – sem medo!
  • Quer voltar a visitar a praia. 

A Ju se enquadrava em todas as opções!

Não via a hora de fazer a cirurgia e ver a transformação que tanto esperou.  

Quem pode fazer uma miniabdominoplastia?

Podem fazer uma miniabdominoplastia, mulheres que tenham pouca flacidez na barriga (que não se expanda para os lados e nem para cima do umbigo) e que não se sintam satisfeitas com a aparência do seu corpo.

Porém, antes de fazer a cirurgia é preciso verificar as condições de saúde da paciente. 

Não podem fazer a miniabdominoplastia pacientes que estejam com obesidade ou doenças. 

Além disso, é necessário que ela passe em consulta com o anestesiologista. 

É muito importante a consulta com o anestesiologista. 

Além de avaliar sua situação, ele poderá determinar a anestesia com base nas suas informações. 

E mais, ele pode tirar suas principais dúvidas. 

Tem medo da agulha? O anestesiologista vai mostrar para você porque NÃO precisa ter medo. 

Você vai para a cirurgia 100x mais tranquila.

Aqui na Dream, oferecemos a consulta com anestesiologista gratuita. 

Ao contrário de outras clínicas, que não oferecem esse serviço, ou apenas disponibilizam no dia da consulta. 

Oferecemos antes para que nada de ruim aconteça durante o procedimento.

Na Miniabdominoplastia como fica a cicatriz?

cicatriz miniabdominoplastia
Veja como fica a cicatriz da abdominoplastia

A grande vantagem da miniabdominoplastia é proporcionar uma cicatriz menor e uma recuperação mais tranquila para a paciente.

Falando em cicatriz, ela é muito parecida, em extensão e localização, com a da cesariana. 

Aliás, se a paciente já tiver este tipo de cicatrização, o corte da microabdominoplastia pode ser exatamente o mesmo.

No caso da Ju, a cicatriz ficaria exatamente na marca da cesárea. 

Pode fazer miniabdominoplastia na cesária?

miniabdominoplastia na cesaria
Descubra se gravida pode fazer miniabdominoplastia durante o parto.

Não! Assim como qualquer outra cirurgia, a miniabdominoplastia não pode ser feita durante a cesária/parto. 

Isso por dois fatores:

1°) O corpo não está com seus parâmetros anatômicos normais. 

Principalmente a barriga. E isso poderia causar confusão na técnica cirúrgica, porque o organismo está inflamado. E o seu resultado, por exemplo, pode ficar assimétrico. 

2°) O corpo está se recuperando de um outro procedimento. 

Portanto, se a paciente fizer a cirurgia de abdominoplastia na hora do parto, há uma grande possibilidade de o resultado não ficar como esperado. 

Pode fazer miniabdominoplastia com lipo?

miniabdominoplastia com lipo
Tirar a flacidez ou a gordura? Escolha os dois!

Sim! Você pode fazer miniabdominoplastia com lipo se tiver pele em excesso e gordura para retirar do abdômen. 

A lipoaspiração é uma cirurgia responsável por retirar o excesso de gordura localizada e remodelar o abdômen, as costas e os flancos.

Portanto, quando combinada com a microabdominoplastia, além de eliminar a flacidez na barriga, vai melhorar o seu contorno abdominal. 

Quais são os riscos da microabdominoplastia?

riscos microabdominoplastia
Assim como toda cirurgia, a microabdominoplastia tem seus riscos.

Os riscos da abdominoplastia são MÍNIMOS, bem pequenos. 

Ainda assim, é importante ter em mente que, mesmo sendo uma cirurgia segura, pouco invasiva, o risco nunca é zero. Portanto, eles não devem ser negligenciados. 

Geralmente eles estão associados à:

Saiba escolher o lugar certo!

Muitas mulheres ficam com medo de fazer cirurgia, por ver casos de pacientes que tiveram resultados insatisfatórios, ou que desenvolveram algum problema após a cirurgia. 

Sabe por que isso ocorre na maioria das vezes? Porque a paciente não escolheu bem o local onde ia fazer a cirurgia. 

Na hora de fazer sua cirurgia, você precisa analisar alguns fatores como:

  • Escolher um excelente cirurgião plástico
  • Selecionar uma clínica com boas recomendações
  • Seguir as orientações do cirurgião no pré e pós-operatório
  • Fazer a cirurgia em Hospital 

Aqui na Dream Plastic só trabalhamos com médicos credenciados e especializados pelas melhores universidades públicas de medicina do Brasil.

Além de terem uma excelente bagagem, nossos especialistas contam com milhares de cirurgias realizadas. O que comprova a experiência na área de cirurgia plástica. 

E mais: Realizamos TODAS as cirurgias em hospitais. Ao contrário de clínicas baratas, que realizam o procedimento na própria clínica, colocando a sua vida e seu bem estar em risco. 

Nós prezamos pela sua saúde. 

Por isso, trabalhamos em conjunto com hospitais para que você seja operada em um local que pode te oferecer todo o equipamento, assistência e infraestrutura necessária. 

Além da clínica e dos médicos, você também deve se atentar com o pós-operatório da microabdominoplastia

Os seus cuidados durante a recuperação são essenciais para que você passe pela cirurgia de forma tranquila e segura. 

Portanto, na hora de escolher um local para fazer a cirurgia, considere sempre a sua qualidade.

Assim, você evita qualquer risco na hora da cirurgia. 

Porém, é claro que nenhuma cirurgia está isenta de riscos. Mas saiba que caso ocorra algum problema, você pode recorrer ao retoque.

Quanto custa a Miniabdominoplastia? Valor em SP para 2021

miniabdominoplastia valor
Descubra qual o valor da miniabdominoplastia.

Afinal quanto custa uma miniabdominoplastia? O valor aproximado desta cirurgia plástica na barriga varia entre R$ 10.351,75 e R$ 20.752,43.

É importante ressaltar que este é o preço médio, pesquisado em vários locais que realizam a cirurgia, por isso não pode ser considerado como algo tabelado.

Então acesse abaixo!

Antes e depois da miniabdominoplastia

Além do grupo, você pode ver o antes e depois da miniabdominoplastia aqui mesmo, no nosso site. 

Fizemos um post exclusivo mostrando o antes e depois da miniabdominoplastia, para que você possa entender o passo a passo da recuperação da cirurgia e da cicatriz. 

Cuidados para o pré-operatório da microabdominoplastia

pre-operatorio microabdominoplastia
Saiba o que pode fazer e o que deve evitar antes da sua cirurgia de miniabdominoplastia

Antes de fazer a cirurgia plástica na barriga, é preciso passar em consulta com um cirurgião plástico especializado. 

Ele é o responsável por analisar e fazer o diagnóstico preciso, indicando se esta será a cirurgia ideal para atender suas expectativas de resultados.

Em seguida, você faz os exames e marca a consulta com o anestesista.

Durante a conversa, esclareça suas dúvidas e informe se você fuma, faz o uso de algum medicamento ou tratamento de saúde. 

Além de outros detalhes que julgar necessário.

Outro ponto importante, é que se você pretende perder alguns quilinhos, faça isso antes da sua cirurgia.

Assim não há risco de gerar excesso de pele depois. 

Com esse cuidado, e seguindo corretamente as recomendações de pós-operatório, você é capaz de alcançar resultados ainda melhores. 

Ju seguiu à risca todas as recomendações para o pré-operatório. Não queria que NADA desse errado na sua cirurgia. 

Afinal, era o procedimento dos seus sonhos. 

Por sorte, deu tudo certo na cirurgia. Faltava agora o pós-operatório. 

Como é o pós de miniabdominoplastia?

pos-operatorio miniabdominoplastia
Siga todas as recomendações médicas na recuperação de miniabdominoplastia.

Aqui na Dream Plastic, você recebe os cuidados pós-operatórios por escrito. 

Foi a primeira coisa que o médico da Juliana entregou após a cirurgia. 

Mas fique tranquila, o pós-operatório é mais rápido do que o da versão clássica da cirurgia.

Para garantir que você tenha uma boa recuperação, você NÃO DEVE:

  • Pegar peso;
  • Fazer atividades físicas;
  • Andar ereta nos primeiros dias, para evitar a abertura dos pontos;
  • Deixar de usar a malha de compressão (seguindo a orientação do médico);
  • Ficar somente deitada (faça pequenas caminhadas).

Caso seja indicada pelo cirurgião, inicie a realização de drenagens linfáticas premium. 

Isso é muito importante para o sucesso da sua cirurgia, porque ajuda a eliminar o excesso de líquido acumulado no corpo.

Outros benefícios desta massagem, é o fato de desinchar mais rápidodiminuir a dor e, consequentemente, tornar a recuperação mais rápida.

A Juliana fez e viu uma melhora significativa no seu resultado. Em pouco tempo estava ficando definida.

Recuperação da Miniabdominoplastia

Em duas semanas, Juliana voltou à clínica para retirar os pontos. 

Na miniabdominoplastia os pontos da pele são feitos internamente. Então a pessoa não vê os pontos. 

O que fica para fora são as duas extremidades do ponto, que o médico vai retirar após duas semanas de recuperação.

Essas são as recomendações básicas para os cuidados de pré e pós-operatório.  Válidas tanto para a abdominoplastia clássica como para a mini. 

Ju seguiu todas as recomendações do médico. E retornou sempre que preciso, até a sua alta médica. 

Foi apenas após a indicação do médico,que voltou a fazer algumas atividades, como pegar peso, por exemplo. 

Chega de barriga flácida!

adeus barriga flacida
Conquiste a barriga fininha dos seus sonhos!

Sim, é possível eliminar aquela pequena porção de pele flácida da barriga e ter o abdômen que você sempre sonhou!

Ju conseguiu. Depois de muito pesquisar até finalmente encontrar a Dream. 

1 mês depois da cirurgia ela se sentia completamente diferente. 

Era uma nova mulher, dizia para nós. 

Finalmente tinha conquistado o corpo que sempre sonhara. 

E pela primeira vez desde que tivera a Paty,, 4 anos atrás, estava saindo com as amigas para a praia sem medo.

Até seu relacionamento tinha dado um UP. 

Afinal, não tinha mais vergonha de mostrar o corpo para o marido. 

E as roupas então, podia colocar O QUE QUISESSE! Tudo ficava ótimo!

A microabdominoplastia resolve o problema de pequena flacidez, mas tem indicações muito específicas. 

Por este motivo, escolha sempre um cirurgião plástico especializado e experiente.

No caso da cirurgia ser indicada de forma errada, como para pacientes com flacidez em todo o abdômen, o resultado não será satisfatório.

Agora que você já conhece os cuidados básicos sobre miniabdominoplastia antes e depois. E, até soube o valor médio da microabdominoplastia.

A possibilidade de você ficar satisfeita será maior.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
07/06 2021
Plásticas
0 Comentários

Quer saber como deixar a barriga chapada de vez?

afinar barriga mulher

Não é novidade que o metabolismo lento pode ser o culpado por você não conseguir eliminar aqueles indesejáveis quilinhos a mais.

E, quando o assunto é como ficar com a barriga chapada, toda ajuda é bem-vinda! 

Mas calma, com certeza o metabolismo não é o único culpado. Tudo é uma questão de equilíbrio.

A seguir você pode ver algumas dicas para acelerar o seu metabolismo e dar o start no projeto barriga chapada!

https://assets.pinterest.com/ext/embed.html?id=562246334736299879

No geral, o recomendado é beber no mínimo 2 litros de água por dia, mas isso é uma média. 

A quantidade varia de acordo com cada pessoa, levando em conta: aspectos alimentares, atividade física e até a temperatura do dia.

Além da água, o chá verde é outra bebida que não pode faltar no seu dia a dia. 

Os componentes presentes na bebida, como a cafeína, fazem com que ela atue como um termogênico. 

Assim, ela evita o acúmulo de gordura e acelera o metabolismo. 

Mas atenção! Não é indicado beber mais que 4 xícaras ao dia. Então beba com moderação. 😉

É importante lembrar

Existe um conjunto de fatores que vai tornar o seu metabolismo mais rápido. Não adianta mudar apenas um hábito e esperar um grande resultado.  

Medicamentos para acelerar o metabolismo funcionam?

Os medicamentos para queimar gordura podem até ajudar por um tempo. Porém, assim que a pessoa parar de tomar o remédio, a gordura volta.

Porque o corpo não foi preparado para chegar naquele resultado. Então ele não consegue mantê-lo por muito tempo, comprova estudo científico realizado por brasileiros. 

Pode usar hormônios de tiroide para emagrecer?

A tireoide é uma das responsáveis pelo nosso metabolismo. Quando pacientes com hipertireoidismo começam a tomar remédio, há uma perda de peso. 

Por esse motivo, muitas pessoas quando querem queimar gordura recorrem a esses hormônios. Pois acreditam que poderão acelerar o metabolismo também. 

Porém, isso pode trazer graves consequências. Como desenvolvimento de doenças da tiroide, arritmias, osteoporose e outros problemas. 

Devido aos medicamentos e hormônios trazerem riscos à saúde, não recomendamos o seu uso para a queima de gordura. 

Prefira sempre opções naturais e que possam ser controladas. 

3. Quais são os melhores exercícios para deixar a barriga chapada?

exercicios para barriga chapada
Exercícios são excelentes aliados para dar reduzir a gordura.

Os melhores exercícios para chapar a barriga são exercícios aeróbicos. Por serem contínuos, intensos e operarem diversos músculos simultaneamente, eles promovem maior queima de gordura. 

Esses exercícios vão reduzir a gordura subcutânea. Aquelas que ficam localizadas embaixo da pele. 

Conforme a camada de gordura for ficando mais fina com as atividades físicas, a pele vai ficar mais próxima do músculo. 

É então que começa a surgir a barriga chapada. 

Entre os exercícios aeróbicos que ajudam a deixar a barriga lisa, temos:

Caminhar para perder barriga

perder barriga caminhada
Caminhada é uma boa aliada para a perda de gordura abdominal.

Em média, 1 hora de caminhada pode queimar até 400 calorias.

Mas claro, se estiver aliada a um estilo de vida saudável. 

Você pode começar fazendo 150 minutos de caminhada por semana, e aos poucos ir aumentando esse número. 

Natação para chapar a barriga

natacao eliminar barriga
Natação promove perda de gordura

Outra opção que a Carol encontrou era a natação. Pensou que assim poderia fugir do sol enquanto mantinha o corpo trabalhando para perder peso

Um treino de natação por 30 minutos é uma boa solução para queimar a gordura. 

Corrida para chapar a barriga

corrida chapa barriga
Corrida é um clássico, ideal para quem deseja perder uns quilinhos a mais.

A corrida é o melhor exercício para perder aquela gordurinha extra. Além de ajudar na saúde física e mental. 

Você pode começar aos poucos, com 15 minutinhos de corrida e ir aumentando a intensidade e duração do treino

Exercícios anaeróbicos também ajudam a chapar a barriga?

O foco dos exercícios anaeróbicos é o ganho de massa magra. Ou seja, tonificar e definir os músculos. 

Eles até ajudam na queima de gordura corporal, mas não são tão eficientes como os exercícios aeróbicos. 

Isso porque são feitos em alta intensidade e em pouco tempo. 

Porém, você pode fazer exercícios anaeróbicos se tornarem aeróbicos ao aumentar o tempo e a intensidade deles.

Assim você terá ainda mais opções de atividades que podem te ajudar a conquistar a barriga perfeita.  Veja como funciona:

Abdominais para perder a barriga

exercicio abdominal eliminar barriga
Chegamos no método mais conhecido para perder a barriga: os abdominais!

Muitas pessoas usam os abdominais como exercícios para chapar a barriga.

Porém, os abdominais só vão servir para esse propósito se forem feitos como um exercício aeróbio

Quando feito 100, 200, 500 e até mesmo 1000 abdominais por dia, o exercício assume um efeito semelhante ao da corrida, natação e caminhada.

Promovendo uma maior queima de gordura.

Para fazer os abdominais:

  • Deite de costas em um colchonete. 
  • Em seguida, dobre os joelhos.  
  • Impulsione os ombros para cima, como na imagem. 
  • Pare na posição
  • Deite e faça tudo novamente. 

Carol começou com uma série de 25 minutos e foi aumentando o tempo com o passar dos dias. Você pode fazer o mesmo!

Importante: assim como a corrida, os abdominais vão reduzir a gordura como um todo. 

Prancha com flexão de joelho: exercício para perder barriga

prancha perder barriga
Prancha é outro exercício muito utilizado por pessoas que querem secar a barriga.

Além de tonificar a região abdominal, a prancha fortalece regiões como ombros e pernas, visto que exige esforço em todo o corpo. 

Para que se torne um exercício aeróbico, é preciso fazer por um tempo prolongado e com maior intensidade. 

Você pode fazer prancha em 3 passos:

1° Deixe o corpo estendido em um colchonete, com as mãos apoiando seu peso.

2° Arqueie o joelho direito até a cintura. 

3° Em seguida, leve ele para trás. Repita o mesmo processo com a outra perna. 

Faça 15 flexões com cada joelho todos os dias. E a cada dia, aumente mais o tempo. Quanto mais frequente o exercício, mais gordura ele vai queimar.

IMPORTANTE: antes de começar qualquer treino, fale com um especialista para que ele possa indicar os exercícios mais indicados para o seu corpo. 

Será que os exercícios realmente ajudam a chapar a barriga?

Para que os exercícios possam queimar gordura e chapar a barriga, eles precisam ser feitos em volume, intensidade e quantidade de tempo alta.

Carol chegou a fazer aulas na academia. Mas, com a rotina de professora só conseguia dispor um pequeno espaço à noite. E esse nem sempre era garantido. 

Para ter o resultado que desejava, ela teria que fazer bem mais exercícios do que vinha fazendo. 

O ideal, dissera seu treinador, era correr, pedalar e fazer exercícios em torno de 5 a 6 vezes por semana. 

“Fazendo isso com intensidade e em longo prazo, o resultado vai aparecer”, ele dizia. 

Porém, infelizmente, como acontece com a maioria das pessoas, o volume de exercícios e a frequência necessária não se encaixava na rotina da Carol. 

Ela teria que sacrificar muito para perder peso com exercícios. E não sabia se estava disposta a isso, todo esse tempo, esforço, dedicação…

Já nem conseguia ver o filho direito. E não tinha tempo nem para si mesma. Não teria como!

Por fim, depois de 1 ano na academia chegou a conclusão de que não usaria mais os exercícios para emagrecer. 

Mas decidiu continuar com a academia.

Pois esses 3 ou 4 treinos básicos que conseguia fazer já ajudavam em muito a sua saúde, seu condicionamento e qualidade de vida. Sentia-se bem melhor assim!

Então, não sairia perdendo. Pelo contrário. 

Exercícios são ótimos para a saúde, mas se você espera um resultado específico, em pouco tempo e sem esforço, como a Carol, essa não é a melhor opção para você.

Você pode praticar para trazer qualidade de vida, mas se fazer com objetivo de diminuir a barriga, vai se decepcionar

Porém Carol não desistiu. Optou por tentar algo que ela poderia controlar melhor, a alimentação.

4. alimentos que ajudam a chapar a barriga

 diversos grupos de alimentos que você pode incluir na sua alimentação para perder a barriga. 

São opções que vão desde o café da manhã, até as refeições principais, como almoço, jantar e sobremesa. Veja só:

Alimentos probióticos

alimentos para chapar barriga
Invista em alimentos probióticos durante o café da manhã ou da tardel.

Priorize alimentos como iogurtes e leites fermentados. Ambos ajudam no funcionamento intestinal.

Alimentos ricos em rico em ácidos graxos monoinsaturados

acidos graxos chapar barriga
Prefira fazer alimentos com azeite, ao invés de óleo de cozinha.

Você pode ingerir alimentos como o azeite, as amêndoas e as avelãs, em poucas quantidades. Para diferenciar, eles podem ser incluídos em saladas e pequenos lanches.

Frutas Vermelhas

frutas chapa barriga
Uma opção saborosa para chapar a barriga.

As frutas vermelhas têm função antioxidante e também ajudam na queima da gordura abdominal.

Alho

alho chapa barriga
Prepare todos os seus alimentos com alho.

Alho também é considerado um antioxidante e contém substâncias que auxiliam a digestão. Além disso, está na lista dos alimentos mais saudáveis do mundo.

Melancia

melancia chapa barriga
Uma opção docinha para ajudar a chapar a barriga.

Melancia é composta, basicamente, de água e fibras. Por isso, tem dupla função: ajuda a fazer seu intestino funcionar e a eliminar os excessos de líquidos.

Mamão-papaia

mamao chapa barriga
Que tal um mamão no final da tarde para ajudar a emagrecer?

O mamão papaia, velho aliado do bom funcionamento do intestino, a fruta tem enzimas que auxiliam na digestão de proteínas.

Folhas verdes

folhas verdes barriga
Folhas verdes são ótimas opções para desinchar.

Você pode escolher opções como: couveespinafreagriãorúcula. Elas têm muitas fibras, água e minerais, que aliviam a retenção de líquidos.

Salmão

salmao chapa barriga
Nada melhor do que emagrecer comendo o que a gente gosta.

O salmão possui gorduras boas, ao contrário das carnes vermelhas. Além de possuir ômega 3. 

Frutas Cítricas

frutas citricas para barriga
Além de refrescar, frutas cítricas ajudam a emagrecer a barriga.

Frutas como o limão e o abacaxi têm caloria negativa. Ou seja, para o organismo metabolizar essas frutas no organismo, ele queima uma quantidade maior de calorias do que a oferecida pela fruta. 

Cafeínas e Guaranás

cafeinas guarana barriga chapada
Adeus barriga inchada!

Além de acelerar o metabolismo, ambas as substâncias ajudam a desinchar. Quando usados de forma comedida, podem ajudar na queima de gordura, além de trazer mais energia. 

Carol nunca foi de ter alimentação saudável. Porém, sabendo que esse era um passo necessário para alcançar seu sonho, agarrou com todas as suas forças. 

Até mesmo excluiu alguns alimentos da sua rotina. 

Alimentos inimigos da barriga chapada

alimentos inimigos barriga chapada
Saiba o que eliminar da sua alimentação para ter uma barriga fininha.

Alimentos processados, com agrotóxicos, corantes e muito açúcar são péssimos aliados de quem busca uma barriga chapada. Pois, têm muitas calorias. 

Então, além de ficarem acumulados no organismo, dificultam o metabolismo rápido e ainda trazem alguns problemas para a sua saúde. São eles:

  • Bebidas alcoólicas
  • Bebidas gaseificadas – os famosos refrigerantes
  • Açúcar – chocolates, bolos
  • Farinha branca – pães e bolos
  • Sorvetes
  • Fast Food – lanches
  • Suco de caixinha – parece ser bom, mas é quase tão nocivo quanto os refrigerantes.
  • Feijão e brócolis – podem causar inchaços e gases

Chá chapa barriga funciona?

cha chapa barriga
Algumas opções de chá são excelentes para eliminar o inchaço da barriga!

Sozinhos, os chás chapa barriga não fazem muito mais que desinchar a barriga. Mas combinados com uma alimentação balanceada, podem ajudar no emagrecimento. 

Os chás são excelentes aliados do metabolismo, pois possuem cafeína em sua composição, o que contribui para a retenção de líquidos, na saciedade e no gasto calórico.

Entre as opções disponíveis, Camila experimentou:

  • Chá de hortelã: é excelente para beber depois do almoço, pois melhora a digestão e regula o intestino. 
  • Gengibre: ideal para tomar antes dos treinos, pois auxilia na queima de gordura e acelera o metabolismo;
  • Hibisco: além de eliminar líquidos do organismo, ajuda a queimar gorduras na barriga. 
  • Chá verde: um estudo publicado no ScienceDaily comprova que os antioxidantes presentes no chá verde podem sim auxiliar na perda de gordura e digestão de alimentos. 

É sempre importante lembrar que não existe milagre para chapar a barriga. Há uma série de fatores que influenciam neste objetivo. 

No mínimo, é preciso investir numa combinação de um bom planejamento de exercícios físicos, com uma alimentação equilibrada.

Manter este equilíbrio a semana toda não era uma tarefa fácil para Carol e, apesar de cometer alguns escorregões, conseguiu obter resultados. O problema é que eles só apareciam na balança… 

Ela emagrecia, mas aquela gordurinha chata da barriga teimava em continuar no mesmo lugar.

Foi quando decidiu algo mais restritivo: dietas.

5. Dieta para chapar a barriga funciona?

dieta para chapar barriga
Todos optam pela dieta, mas será que ela resolve todos os casos?

Sim! Dietas podem ajudar a chapar a barriga, mas apenas se:

1° A pessoa tiver gordura localizada; 

2° Seguir uma dieta ideal para ela; 

3° Aliar a alimentação saudável com exercícios físicos;

4° Seguir a proposta da dieta RIGOROSAMENTE.

Apesar de cada tipo de organismo reagir de maneira diferente para cada dieta, de forma geral, todas elas vão trazer resultado. 

Mas somente se forem feitas com muito rigor!

Em média, é preciso seguir essas dietas por um looongo prazo. 

E mais, para fazer uma dieta com objetivo de perder a barriga, a pessoa tem que ser completamente disciplinada e seguir todas as etapas corretamente.

É preciso mais atenção na frequência da alimentação e na escolha de alimentos saudáveis e de baixa caloria. 

Por esses motivos, eliminar a barriga com as restrições da dieta é muuuuito mais difícil. 

Claro, se o objetivo é fazer dieta para melhorar a qualidade de vida e a saúde, não é preciso ser tão rigorosa. 

Fazer uma boa alimentação em horários certos já é suficiente para ver uma melhora na saúde.

Mas Carol queria ver o resultado na barriga, e não desistiria sem tentar.

DIETAS PARA CHAPAR A BARRIGA

Pesquisando, Carol descobriu MILHARES de opções de dietas. Dentre as principais: 

  • Dieta dos 21 dias
  • Cetogênica
  • Low carb
  • Dieta da USP
  • Atkins

Todas prometiam reduzir a cintura, o peso, a gordura e melhorar a saúde. 

A dieta dos 21 dias chamou atenção da Carol. 

Além de misturar duas dietas em uma: low carb e jejum intermitente. Ela prometia eliminar cintura em menos de 1 mês! 

O que ela de fato precisava.  

Começou reduzindo os carboidratos e gorduras ruins. 

Já no 7° dia da dieta, comia apenas alimentos integrais, naturais e com gorduras boas. 

Sentiu que o corpo melhorou. 

Mas após 21 dias não conseguiu ver o resultado que a dieta prometia. Estava mais saudável, sim, mas com a barriga flácida ainda presente. 

Comentou com uma amiga, a Mariana, e ainda levou um puxão de orelha. Com razão:

“Como você pode começar uma dieta sem passar com um nutricionista? A mesma dieta não serve para todas as pessoas, você tem que fazer uma só para você”, dissera ela brava.

Mari tinha razão, deveria ter sido mais cuidadosa. 

Mas de todo modo, não havia sido por isso que o resultado não apareceu. 

Dietas só podem reduzir gordura corporal. Não eliminam pele flácida

Carol descobriu que exercícios, dietas e alimentação saudável só vão funcionar para chapar barriga de quem tem gordura acumulada.

Pois são alternativas que só podem reduzir a gordura.

Mas NÃO funcionam para quem tem flacidez. 

Quem tem excesso de pele não vai conseguir alcançar o objetivo da barriga chapada por esse meio.

E, infelizmente, esse era o caso da Carol. Devido à gravidez, ela tinha ficado com flacidez na barriga. 

Poderia até reduzir o peso e a gordura, mas a pele continuaria no mesmo lugar.

Por isso foi atrás de mais uma opção: os tratamentos estéticos para chapar a barriga.

6. Como deixar a barriga chapada com tratamentos estéticos?

barriga chapada tratamentos esteticos
Tratamentos para eliminar a gordura abdominal.

Existem diversos tratamentos que prometem chapar a barriga, como:

  • Lipocavitação
  • Carboxiterapia
  • Mesoterapia
  • Endermologia
  • Radiofrequência
  • Criolipólise 
  • Intradermoterapia

A galeria de imagens de barriga chapada antes e depois com resultados incríveis sempre chamam a atenção.

E Carol ficou encantada com os resultados na internet. Não pensou muito ao ver uma promoção com sessões de criolipólise.

A criolipólise é uma técnica capaz de congelar áreas da região abdominal para eliminar gordura. 

Isso é feito por meio de um aparelho que atinge até -7ºC, e elimina de 20% a 25% de gordura localizada, em cada sessão.

Mas não demorou muito para perceber que não conseguiria ter uma barriga chapada fazendo este tratamento.

Aliás, percebeu pouca diferença nas sessões. 

Neste meio tempo, ela também iniciou sessões de massagem modeladora. Que podem ser bem úteis.

Isto porque nosso corpo acumula cápsulas de células de gordura. 

Com a massagem certa, é possível romper estas cápsulas para que sejam absorvidas pelo nosso organismo.

Carol até observou uma redução de centímetros na barriga. Mas nada justificava os resultados que via de como chapar a barriga.

Infelizmente, Carol percebeu por conta própria que todos esses tratamentos são muito caros em relação aos resultados que trazem

Resultados superficiais, demorados e temporários.

Ela queria algo rápido e que trouxesse um resultado real.

Foi então que se lembrou da sua antiga colega de trabalho, a Tatiana.

Ela também tivera que lutar contra a flacidez após a gestação. E conseguira uma barriga chapada. 

Ela havia comentado algo sobre uma tal de cirurgia plástica de abdominoplastia. 

Na época, como não tinha esse problema, Carol não deu  importância. 

Era hora de falar com a Tati, e descobrir a FÓRMULA para a barriga dos sonhos. 

7. Cirurgia plástica para barriga chapada

cirurgia plastica barriga chapada
Cirurgia plástica para barriga flácida, a opção mais rápida e eficaz.

Durante a conversa, Tati contou detalhe por detalhe, não só da sua vida, mas também do procedimento. 

Carol queria saber tudo sobre a cirurgia que prometia deixar sua barriga chapada em 30 dias. 

Foi uma tarde longa, mas Carol percebeu que chapar a barriga com uma cirurgia plástica é bem mais eficiente e simples do que ela pensava.

A abdominoplastia, como é chamada a cirurgia plástica para chapar a barriga, é feita por meio de uma incisão próxima a região pubiana. 

A partir daí a pele é deslocada e esticada. Os músculos abdominais são amarrados e a flacidez tão indesejada é eliminada.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
31/05 2021
Topo