Mamoplastia
0 Comentários

A moda dos mamilos falsos “free nipple”

Sempre polêmicos, vez ou outra, os mamilos roubam a cena nas campanhas de moda e em flagras de paparazzi, com foco nos seios das famosas. Uma empresa americana resolveu aproveitar desse brilho todo e criou mamilos falsos.

O produto é destinado para quem quer aderir ao movimento #FreeNipple (Mamilo Livre), que prega não só liberdade, como um visual mais sexy. Porém, seu uso vai muito além do toque final num look mais provocante.

Os mamilos são vendidos a partir de US$ 9,99 (cerca de R$ 32) em cores e tamanhos diferentes e ganharam versões que podem ser usadas até mesmo para um banho de mar e piscina.

Fonte: UOL

beijos, Fran
15/11 2018
Mamoplastia
0 Comentários

Mamilo invertido: os diferentes graus

De acordo com o grau de inversão, pode ser classificada em três grupos:

  • Grau I: O mamilo é exteriorizado facilmente à manipulação e permanece por algum tempo
  • Grau II: É necessária a manipulação para a exteriorização do mamilo, que se retrai logo após
  • Grau III: O mamilo não se exterioriza com manobras manuais.

Felizmente a maioria das pacientes com inversão do mamilo – cerca de 96% – apresenta os graus I e II com melhor resposta aos tratamentos.

Apesar de a papila invertida estar associada a problemas estéticos e psicológicos, o problema mais dramático é a impossibilidade de amamentar, por isso a importância da correção já ao se planejar a gravidez. Mulheres com essa alteração dificilmente conseguirão amamentar, embora existam casos em que a sucção do nenê faça com que o mamilo faça a eversão sem a correção operatória

Fonte: MinhaVida

beijos, Fran
25/04 2017
Mamoplastia
0 Comentários

Mamilo invertido: Conheça as causas

O mamilo invertido é definido como uma retração do órgão para dentro da mama, e em geral a queixa é estética e associada ao temor de não poder amamentar. Tem como causa principal uma má formação congênita, isto é, uma fraqueza nos ligamentos que sustentam a papila e sem caráter hereditário (mães não transmitem aos filhos). Embora mais raras, também podem existir as causas adquiridas nos processos inflamatórios (frequente em diabéticos e tabagistas) e o temido câncer de mama.

No câncer de mama se apresenta quase sempre como nódulos, mas se a localização for abaixo da aréola e mamilo, pode apresentar-se como essa retração, endurecimento da região e saída de secreção de cor sanguinolenta.

Possuir os mamilos invertidos é uma condição bastante frequente chegando a atingir 3% da população mundial, quase sempre em mulheres e em ambas as mamas. Os homens acometidos são raros e em geral não se importam muito com a situação e nem procuram tratamento. Pelo fato de estar invertido, o mamilo pode acumular secreções (ás vezes com odor ruim) e favorecer a multiplicação de germes e infecções mamárias recorrentes.

Ao notar o mamilo invertido, a mulher deve procurar um especialista e prosseguir a investigação das causas e doenças associadas. Após exame clínico das mamas, o mastologista poderá solicitar exames de imagem como ultrassonografia, mamografia e ressonância magnética em busca de achados que tenham provocado a retração.

Fonte: MinhaVida

beijos, Fran
24/04 2017
Topo