Mamoplastia
1 Comentário

Simastia

simastia1

Sua origem natural é congênita e está associada a mamas hipertróficas, geralmente simétricas. Contudo, a simastia também poderá ocorrer após a colocação de implantes mamários que, geralmente, possuem um volume exagerado em relação ao tórax da paciente, com descolamento cirúrgico excessivo na linha do esterno.

O resultado da simastia decorrente da colocação de implantes mamários é a elevação da pele do esterno pelo implante e um aspecto de junção das duas mamas na frente do tórax e ocorre com maior frequência quando o tamanho das próteses colocadas é muito grande ou devido à fragilidade tecidual, flacidez, traumatismo, seroma ou hematoma.
Tratamentos: Entre os métodos utilizados para correção da simastia pode ser realizadas: incisões para ressecção de excesso de pele, troca das próteses para o plano retro-peitoral, capsulectomia, se possível, e redução da área de descolamento com pontos para proporcionar a aderência da pele.
 
Fonte:Lifesil
beijos, Fran
26/10 2013
Escreva seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

1 comentário
  1. sukvia - 02/01/2017

    Gostaria de falar com vc

Topo