Mamoplastia
1 Comentário

Silicone com chip promete mais segurança

 

Imagine implantar um seio de silicone que já vem com um microchip capaz de rastrear detalhes sobre a prótese, inclusive o seu prazo de validade? Pois a novidade já está disponível no mercado brasileiro para ser comercializada e promete tornar ainda mais cara a cirurgia para aumento de mama, cujo preço médio hoje varia entre R$ 3 mil e R$ 7 mil. O chamado implante de silicone inteligente promete garante mais segurança às pacientes e também aos médicos.

“Por meio de um aparelho portátil que lê as informações do microchip, é possível ter acesso, de forma rápida e não invasiva, a dados importantes, como o nome do fabricante, o lote, a data de fabricação, o modelo e o tamanho da prótese”, explica o cirurgião plástico Cláudio Lemos, membro das Associações Brasileira e Americana de Cirurgia Plástica e pós-graduado pelo Instituto Ivo Pitanguy.

O médico ainda explica que esse é um grande avanço, pois muitas vezes os dados se perdem. “Após alguns anos, a paciente troca de médico e não sabe dizer a marca nem o tamanho da prótese dela. Ter essas informações facilita o trabalho do cirurgião no caso de uma troca do implante e dá mais proteção às mulheres”, afirma Lemos.

O modelo desenvolvido pela marca Motiva Implants funciona como um microchip de cobre revestido por vidro, que foi encapsulado dentro das próteses de mamas da como um recurso, biocompatível e seguro, para armazenar dados. A novidade recebeu o registro da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no final de março e as primeiras cirurgias estão previstas para este mês. Na Europa, implantes com chip já são usados há sete anos.

Tanta tecnologia tem um preço: “O valor da cirurgia com esse tipo de prótese pode subir em torno de 20%. Mas o custo compensa pela segurança e por saber a origem do produto”, acredita o médico Cláudio Lemos. Em um futuro próximo, será possível também avaliar outros parâmetros, como a temperatura e a pressão interna do implante, o que pode diagnosticar casos de contratura capsular ou ruptura da prótese – complicações mais frequentes na cirurgia de aumento de mamas sem precisar de exames de ressonância magnética.

Nanotecnologia para reduzir risco de infecção

Além do microchip, a nova prótese traz outra evolução histórica da cirurgia plástica: a nanotextura. Por meio da nanotecnologia, cientistas da Universidade de Manchester, no Reino Unido, desenvolveram esse tipo de superfície com o objetivo de diminuir os riscos de infecção e contratura capsular — formação de uma espécie de cicatriz ao redor da prótese, que pode causar deformação e a ruptura dela, além de desconforto e dor.

De acordo com o estudo da universidade, com a prótese nanotexturizada a incidência de casos de contratura capsular em um período de oito a dez anos caiu de 10% a 2%.Um outro ponto positivo foi a vantagem do novo gel de silicone com elasticidade excepcional para facilitar a inserção dos implantes e incisões menores.”Não tínhamos nenhum grande avanço nesse sentido há cerca de 30 anos” finaliza Lemos.

Fonte: Claudio Lemos

beijos, Fran
29/04 2018
Escreva seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

1 comentário
  1. Ariana Simão - 01/05/2018

    Olá a todos(as), meu nome é Ariana, sou de Natal/RN e gostaria de deixar aqui o meu depoimento sobre a situação extremamente grave e desagradável que eu passei há alguns dias, ao ser impedida de me submeter à uma Ressonância Magnética com sedação, por usar um IMPLANTE DE SILICONE COM CHIP da MOTIVA IMPLANTES.

    Há cerca de 1 ano atrás fiz uma Mamoplastia de Aumento (Prótese de Mamas) e coloquei um Implante com Chip da marca Motiva Implantes, que foi apresentada à mim pelo meu médico como algo inovador, altamente tecnológico por conter um chip (que posteriormente eu descobri que esse chip não serve para nada) e com um custo benefício muito maior do que as outras marcas do mercado. Impressionada com tantas “vantagens” e confiando no que ele me disse, eu aceitei que esse implante fosse utilizado em minha cirurgia.

    Correu tudo bem na cirurgia, meu médico (que eu não irei mencionar quem é) apesar de não ter sido muito cuidadoso ao me indicar esse implante, é um profissional muito bem capacitado, minha recuperação foi um pouco dolorida, assim como qualquer outra cirurgia, mas fiquei bem, me recuperei e tive os resultados que eu esperava no tamamho das minhas mamas.

    Há algumas semanas atrás eu sofri um acidente e precisei realizar uma Ressonância Magnética de Quadril, mas como tenho claustrofobia e só consigo fazer esse tipo de exame sedada, eu fui IMPEDIDA DE REALIZAR A RESSONÂNCIA MAGNÉTICA.

    O motivo desse impedimento foi que: QUEM UTILIZA O IMPLANTE DE SILICONE COM CHIP DA MOTIVA IMPLANTES, NÃO PODE SE SUBMETER A RESSONÂNCIA MAGNÉTICA COM SEDAÇÃO, pois o fato do implante ter um chip dentro, impõe riscos ao paciente e por esse motivo ele deve estar acordado para relatar qualquer desconforto, queimação nas mamas ou mal estar que possa sentir durante todo o exame. Neste caso, a única alternativa seria SUBSTITUIR O EXAME, mas como no meu caso só cabe fazer a Ressonância Magnética, eu teria que RETIRAR OS IMPLANTES PARA PODER FAZER O EXAME, UM ABSURDO!!!

    O que me deixou mais chocada, é que essa informação está no manual do produto (sessao “Instruções Para Pacientes Submetidos à MRI”), e assim como a maioria das pessoas, eu não li o manual do produto e só fiquei sabendo sobre isso após passar por essa situação extramamente desagradável e grave!!

    Além disso, após pesquisar mais sobre esse Implante de Silicone com Chip, descobri que ele não suporta aparelhos de Ressonância Magnética de alta potência (onde o Tesla é maior que 3) e que inclusive ele já foi proibido na Colômbia! E caso você não tenha claustrofobia e consiga fazer o exame de Ressonância Magnética SEM SEDAÇÃO, a sombra que esse chip faz no resultado do exame é bem grande, podendo alterar o seu exame ou esconder problemas como miomas ou cânceres (veja na imagem em anexo).

    Gostaria de pedir desculpas à algumas pelo desabafo aqui, mas eu me senti na obrigação de alertar todas as mulheres que já colocaram esse Implante com Chip da Motiva Implantes ou que pensam em colocar. TOMEM MUITO CUIDADO!! Eu sugiro até que vocês prefiram alguma outra marca, de preferência com certificados de qualidade, para evitarem problemas semelhantes aos que eu estou passando!

    Caso alguém tenha alguma dúvida na veracidade das informações que estou relatando aqui sobre o Implante com Chip, coloquei este depoimento no meu perfil do facebook e lá tem algumas imagens também, ambas com informações oficiais da própria Motiva Implantes, contidas no manual do produto.

    Obrigada à todas pela atenção.

    Meu facebook: https://www.facebook.com/ariana.simaodeoliveira.5

Topo