Plásticas
0 Comentários

Precisa emagrecer para fazer abdominoplastia?

quero muito emagrecer ajudem

Depende. Isto porque o foco da cirurgia é eliminar flacidez abdominal, que normalmente surge após a gestação ou a perda de peso acentuada.

Para responder esta pergunta com exatidão, é fundamental você passar em consulta com um cirurgião plástico especializado e bem experiente.

Pois só um médico assim é capaz de analisar o que é preciso fazer para atender suas expectativas, sem prejudicar sua saúde e a harmonia do seu corpo.

É importante ressaltar que a cirurgia plástica busca pelo equilíbrio corporal e isso deve ser considerado. No caso de uma paciente fazer a abdominoplastia muito acima do peso, sua forma física tende a ficar desproporcional.

Isso pode desagradar algumas mulheres. Aqui na Dream Plastic, por exemplo, graças à experiência dos cirurgiões plásticos, eles conseguem prever e orientar melhor suas pacientes. Além, claro, de utilizar uma técnica mais apurada para conquistar resultados incríveis.

O médico pode até sugerir um procedimento diferente, por exemplo, uma lipoabdominoplastia, que combina duas cirurgias: abdominoplastia e lipoaspiração.

Uma dica valiosa é: se você tem interesse em perder peso, faça isso antes da cirurgia. Isto porque, ao eliminar peso após a plástica abdominal, você pode gerar tecido flácido novamente.

Mas qual a melhor cirurgia para emagrecer?

cirurgia emagrecer

Na busca por um corpo em forma e saudável, é comum pesquisarmos por tratamentos que nos ajudem a eliminar peso.

E, com tantas opções disponíveis e as facilidades que temos hoje, logo surge a dúvida: qual melhor cirurgia para emagrecer?

Tem gente que acha que ao fazer uma abdominoplastia ou uma lipoaspiração vai conseguir reduzir peso. Mas não se engane, cirurgia para emagrecer é algo bem específico.

Aliás, apesar de parecer que há várias opções de cirurgias para emagrecer, na verdade só há uma, a bariátrica ou gastroplastia, como também é chamada.

Nesta situação, o que vai diferenciar são os tipos de cirurgia bariátrica. Por exemplo, com a colocação de banda gástrica ou uso de Bypass gástrico.

Vale lembrar que a cirurgia para emagrecer é feita apenas em casos de obesidade, nos quais o paciente tem seu IMC superior a 35 ou 40. Ou seja, não é para quem precisa emagrecer pouco.

O que devo fazer para emagrecer?

engordei depois lipo

Se a sua dúvida é o que devo fazer para emagrecer, saiba que não há solução milagrosa. Qualquer caminho que você optar, vai exigir esforço e dedicação.

A forma mais simples é ter hábitos alimentares mais saudáveis e investir em atividades físicas regulares.

Lembre-se, não faça abdominoplastia ou lipo para emagrecer, essas cirurgias não têm esta finalidade.  O objetivo delas é modelar o corpo.

Apesar de ser comum que a paciente emagreça no pós-operatório, em alguns casos e, dependendo da quantidade de peso, isso pode afetar o resultado.

Na abdominoplastia, por exemplo, se a paciente perder muito peso depois, pode gerar nova pele flácida.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
03/03 2020
Mamoplastia
0 Comentários

Antes e depois da mamoplastia

Para mamas muito volumosas, desproporcionais, que devido ao peso causam desconforto e dor na coluna. Seios muito grandes também costumam promover sua queda, muitas vezes precocemente e, consequentemente ainda está associada à flacidez causada pelo excesso de gordura mamária. Além disso, o peso e o volume pode provocar dor nas costas, além de marcas acentuadas nos ombros por causa do sutiã. A técnica remove o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele para atingir um tamanho de mama proporcional com o corpo da paciente. As cicatrizes são o T invertido (no sulco mamário), a periareolar e ainda o L. Mas tudo depende da mama da mulher, o cirurgião precisa levar em conta a quantidade de pele flácida retirada e o tipo de incisão.

Mamoplastia reparadora

A mamoplastia reparadora também pode ser classificada como mastoplastia. Neste tipo são tratadas as assimetrias mamárias acentuadas, a diminuição da aréola, entre outros casos. A cirurgia corrige a diferença em tamanhos, formatos ou posição das mamas e/ou aréolas, mas o processo do procedimento irá depender da necessidade e do caso de cada paciente. Ou seja, pode-se colocar implante na mama menor, reduzir a mama maior, reposicioná-los, etc. Logo, tudo estará relacionado ao tipo de assimetria que exista e cada qual terá a aplicação de uma determinada técnica.

Mastopexia

Também conhecida como lifting de mamas, é a técnica que levanta o tecido de mamas caídas (com ptose), e geralmente está associada também à flacidez. Muitas pacientes que se submetem a esta técnica também colocam prótese de silicone. O uso de implante de silicone vai depender da textura, excesso de pele ou densidade do tecido mamário e não apenas a queda do órgão. A cicatriz da cirurgia do levantamento da mama, com ou sem implante de silicone, pode ser apenas vertical, isto é, da aréola até o sulco da mama, ou associada com outra cicatriz no sulco da mama, também chamada de T invertido.

Indicações da mamoplastia

As mamoplastias são indicadas para mulheres que apresentem problemas nas mamas, como seios caídos, muito grandes ou muito pequenos. Já as mamoplastias reconstrutivas só são feitas em caso da remoção da mama devido a algum tumor.

Quem é o profissional apto a realizar a mamoplastia?

Cirurgias plásticas, como a mamoplastia, devem ser realizadas apenas por cirurgiões plásticos.

Pré-requisitos para fazer a mamoplastia

O ideal é que a mamoplastia seja feita em pacientes cujas mamas tenham um tamanho mais ou menos definido, o que geralmente, acontece a partir dos 18 anos. Mas é preciso avaliar a situação criteriosamente, porque há casos especiais de meninas com a mama já formada que também podem ser submetidas a intervenção, quando existe, por exemplo, uma assimetria severa (como no caso de tamanhos entre as duas mamas muito diferentes e visíveis) algum tipo de anomalia, ou ainda seios muito grandes que causam problemas na coluna, etc.

Além disso, é importante que seja avaliada as condições das mamas, verificando, por exemplo, se elas tem muitos nódulos. Além disso, a paciente precisa estar em boas condições de saúde.

Pré-operatório da mamoplastia

No pré-operatório das mamoplastias são necessários exames laboratoriais, mamografia ou ultrassonagrafia das mamas, eletrocardiograma, assim como diagnosticar e monitorizar condições clinicas que impediriam a realização da cirurgia. Dependendo do caso pareceres médicos referentes, por exemplo, as pacientes que fizeram mastectomia.

É importante suspender cigarro e bebidas alcoólicas nos dias anteriores à cirurgia também é essencial. Além disso, deve ser realizado jejum absoluto de sólidos e líquidos nas oito horas que antecedem o procedimento. Em caso de gripe ou mal estar, o médico deve ser avisado.

Pós-operatório da mamoplastia

O pós-operatório da mamoplastia depende muito da técnica. No caso da mamoplastia de aumento com colocação de prótese de silicone (inclusão simples), são aproximadamente 15 dias. Nas outras técnicas são de 30 a 90 dias, com algumas restrições.

A paciente precisa usar pelo menos durante um mês um sutiã pós-cirúrgico que fica ajustado em toda região torácica na mamoplastia de aumento. Nas outras o uso é de cerca de três meses. Sua utilização deve ser diária, inclusive para dormir. Além disso, é recomendado, sobretudo na primeira semana, não mexer os braços (principalmente elevá-los acima dos ombros), não pentear e lavar os cabelos sozinha e ainda não fazer esforço físico e pegar peso.

Na mamoplastia redutora e mastopexia, no primeiro mês não pode dormir de bruços. No segundo mês de barriga para cima e no terceiro de lado. Somente no quarto mês está liberado dormir de bruços. Também não pode praticar atividades esportivas no mínimo por 90 dias. Exposição ao sol somente depois de três meses ou quando a cicatriz ficar branca.

Recomenda-se ainda iniciar a drenagem linfática a partir da segunda semana após a cirurgia. É prescrito antiinflamatório nos primeiros dias, que tem também efeito analgésico.

Duração da mamoplastia

O tempo de duração varia de acordo com a técnica empregada: a mamoplastia de aumento dura em média de 45 minutos a uma hora, mas depende da paciente, da incisão. A mamoplastia redutora dura em média uma hora e meia a duas horas. Na reconstrutiva depende da técnica utilizada, pode ser de duas a três horas, em média.

Fonte: Minha Vida

beijos, Fran
28/02 2020
Plásticas
0 Comentários

Lipoabdominoplastia

abdominoplastia com lipo

A lipoabdominoplastia é a associação de duas cirurgias plásticas: abdominoplastia com lipoaspiração. Você deve estar se perguntando: é seguro realizar esses dois procedimentos em uma única cirurgia?

A resposta é sim! Os cirurgiões plásticos membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica estão aptos para realizar lipoabdominoplastia.

No entanto, o profissional deve avaliar pessoalmente cada caso. E assim verificar se a paciente tem condições para fazer a lipoabdominoplastia.

Falando sobre os benefícios que lipoabdominoplastia pode trazer, temos:

  • Contorno corporal mais definido
  • Retirada de pele flácida na região abdominal
  • Remoção das gorduras localizadas

Portanto, a grande vantagem dessa associação é, sem dúvidas, o resultado mais harmônico. Pois, a lipoaspiração é ideal para retirar excesso de gordura localizada. Já a abdominoplastia tem como objetivo remover a pele flácida da região do abdômen.

Abdominoplastia ou Lipo?

  • Mas em qual caso é indicado a lipoaspiração?
  • Quando a abdominoplastia é essencial?
  • Ou quando o médico indica a lipoabdominoplastia?

Esses são questionamentos comuns para quem ainda está na fase de pesquisas. Por isso, listamos abaixo três situações nas quais os procedimentos são indicados. Mas lembre-se, o médico precisa avaliar cada caso pessoalmente.

  • Barriga com excesso de pele, sem gordura lateral: indicado somente a abdominoplastia sem lipo.
  • Gordura localizada na barriga e na lateral: indicado somente a lipoaspiração.
  • Barriga com excesso de pele e com gordura lateral: indicado a associação da abdominoplastia com lipo.

Muitas vezes, se o médico realiza apenas a abdominoplastia, pode sobrar gordura em áreas específicas. Na verdade, o resultado final te deixará com um corpo quadrado.

Por outro lado, vale ressaltar que não indicamos que a paciente com flacidez, mesmo que pequena, faça somente a lipoaspiração.

Os médicos da Dream Plastic sabem que nesses casos o resultado final ficará inferior. Pois, ao retirar somente a gordura a paciente ficará com uma flacidez de pele abdominal ainda mais acentuada.

Isto porque a camada de gordura retirada servia de sustentação para a pele. Ao perder este suporte, a pele da barriga vai ficar caída.

Pós-operatório Abdominoplastia e Lipo

Pós-operatório Abdominoplastia e Lipo

Durante a recuperação abdominoplastia lipo a paciente deverá ter cuidado especialmente com a sua postura. Esta recomendação é importante para não comprometer a cicatrização da abdominoplastia.

Os principais cuidados pós-operatório abdominoplastia lipo são:

  • Usar a cinta abdominal durante 30 dias. Sua função é evitar que a região fique muito inchada e dolorida.
  • Andar curvada por cerca de 3 semanas. Esticar o tronco pode forçar a abertura dos pontos da abdominoplastia.
  • Fazer pequenas caminhas durante o dia. Repouso absoluto pode causar Trombose Venosa Profunda e trazer sérios riscos para a paciente.
  • Seguir corretamente a orientação médica sobre o uso do dreno. Este tubo serve para remover líquidos inflamatórios, conhecidos como Seroma.
  • Comparecer às sessões de drenagem linfática. O médico indica essa massagem porque contribui para diminuir o inchaço e melhorar o resultado.
  • Ingerir os analgésicos para aliviar a dor. Nos primeiros dias o desconforto será maior, por isso faça uso dos medicamentos indicados pelo seu médico.
  • Tomar bastante líquido. A lipoaspiração, muitas vezes, resulta em uma desidratação imediata. Portanto, beba muita água.

Outras associações: abdominoplastia e silicone

abdominoplastia e silicone

Há combinações de cirurgias que se forem feitas em um único procedimento pode trazer resultados surpreendentes. Isso desperta o olhar de qualquer mulher!

Imagina só ter o corpo que você sempre sonhou depois de um único procedimento? E, ainda sem ter que passar por dois pré e pós-operatórios.

Mas lembre-se: quem decide se isso pode ser feito é o cirurgião plástico. Por isso é importante passar em uma avaliação presencial com o profissional.

Pois, há uma série de fatores que impedem a combinação. Como as condições físicas e psicológicas da paciente, além do porte das cirurgias plásticas associadas.

Quando o assunto é abdominoplastia, além da lipo, as cirurgias de seios também são as preferidas para associar. Isto porque, depois de conseguir uma barriga chapada, obviamente, que você quer ter seios lindos, né?

  • Abdominoplastia e Mastopexia

Todas nós sabemos que, com o tempo, o volume dos seios diminui e a pele fica flácida. A mastopexia é o procedimento ideal para levantar os seios caídos.

Durante a cirurgia, o cirurgião plástico retira o excesso de pele presente nas mamas e estica o restante. Isso permite um contorno melhor para a região.

  • Abdominoplastia e Redução de Mama

Por mais que pareça difícil de acreditar, algumas mulheres sofrem com o tamanho excessivo de suas mamas.

Quando é volumoso demais, o peso dos seios podem causar dores nas costas, problemas estéticos e dificuldades em encontrar roupas. Por isso recorrer à cirurgia de mamoplastia redutora pode ser a melhor opção.

  • Abdominoplastia e Silicone

Já neste caso, o incomodo é com o pouco volume nas mamas. As mulheres que tem seios pequenos, geralmente, sentem vergonha de ir à praia, de usar certas roupas e até nos relacionamentos.

  • Abdominoplastia + Mamoplastia + Lipoescultura

Também é possível fazer essas três associações. Então, além de tirar a pele flácida da barriga, aumentar os seios, você também pode modelar o seu corpo.

3 Benefícios da lipoabdominoplastia

A cirurgia abdominoplastia com lipo ajuda a conseguir um abdômen liso, livre das gordurinhas em excesso e com melhor contorno corporal.

São diversos os benefícios que esta cirurgia combinada oferece.

Além de conquistar uma barriga chapada, a paciente também fica com a cintura mais fina e com um aspeto mais magro. Mas não é só isso!

Separamos os três principais benefícios que a lipoabdominoplastia concede para a vida da Sheila. Descubra quais são e conheça a sua história.

#1 Confiança melhorada

abdominoplastia com lipoescultura antes e depois

Antes da cirurgia, muitas mulheres sentem deprimidas, com baixa autoestima e envergonhadas. Tem dias que tudo fica mais difícil de lidar:

  • Uma roupa que não entra
  • Um vestido que marca demais a barriga
  • Um biquíni que é impossível de usar na praia
  • Um olhar maldoso, que te deixa constrangida

Essas são situações que estão presentes na vida de muitas mulheres. Principalmente, naquelas que não conseguem se livrar da incomoda barriguinha flácida, pochete ou avental.

A jornalista Sheila de Oliveira, 30 anos, fez uma abdominoplastia com lipoescultura há 2 anos. Segundo ela, a cirurgia plástica aumentou consideravelmente sua qualidade de vida, além da sua autoestima.

“A minha barriga ficou muito flácida depois de 2 gestações, era muito desproporcional ao meu corpo. Eu sentia muita vergonha de sair com as minhas amigas e tinha até bloqueio de namorar.”, relembra.

Se você se identificou com a Sheila, mas acredita que nada vai trazer de volta a sua confiança. Então, você precisa conhecer melhor esta história.

A sua barriga flácida e também os pneuzinhos a incomodava demais. “Era um sonho antigo fazer uma plástica na barriga. E a fiz na primeira oportunidade.  Tirei toda a pelanca e ainda consegui aproveitar a gordura para colocar no bumbum.”, afirma.

É impossível não se surpreender com a abdominoplastia com lipoescultura antes e depois da Sheila. A combinação da abdominoplastia e lipo proporciona um melhor contorno corporal, além de deixar o abdômen com a aparência chapada.

Tanto é que os seus amigos, inclusive seu marido, notou que a mudança não foi apenas na estética. Mas também elevou a sua confiança e sua segurança em si mesma.

Agora ela se sente muito mais bonita, atraente e feliz. Parece outra mulher!

Quer conhecer histórias de mulheres que transformaram suas vidas após realizar uma lipoabdominoplastia? Então faça parte do grupo exclusivo de pacientes da Dream Plastic, no Facebook. Clique no botão abaixo:

#2 Compras mais prazerosas

mini abdominoplastia com lipo

Encontrar roupas que sejam bonitas e que disfarcem a barriguinha pode se tornar uma missão impossível.

Nenhuma mulher fica feliz quando uma roupa fica feia no seu corpo, não é mesmo? É terrível passar horas procurando um modelito legal. E quando você finalmente encontra, descobre que ele não ficou tão bonito em você.

Pois é, esse é mais um drama das mulheres que sofrem com a barriga saliente. Sheila passava por isso toda vez que:

  • Recebia um convite para uma festa elegante
  • Queria comprar um biquíni legal para ir à praia
  • Resgatava uma peça que estava esquecida no seu guarda-roupa

Depois que fez uma lipoabdominoplastia ela não precisou mais fazer dietas malucas para conseguir entrar naquela roupa perfeita. Ou ficar passar dias na academia com a esperança de que a barriga sumisse.

#3 Corpo mais desenhado

abdominoplastia e lipoescultura

Como perder barriga é um desafio na vida de muitas mulheres. Mas, infelizmente, as gorduras extras na barriga são muito difíceis de eliminar.

Sheila que o diga! Depois de meses indo na academia ela percebeu que os flancos, culote e barriga insistiam em permanecer.

E por mais que seguisse todos os truques para acabar com a pele flácida no abdômen, os resultados eram mínimos.

Alcançar um corpinho sarado, com horas diárias de academia e cuidado redobrado na alimentação. Não é nada rápido!

Ao conversar com outras mulheres, Sheila descobriu que algumas já tinham feito uma mini abdominoplastia com lipo.

Agora dava pra entender o porquê daquela barriga tão lisinha.

Foi então que Sheila considerou a opção de fazer uma cirurgia plástica. Mas qual procedimento seria a solução para o seu problema? Abdominoplastia ou lipo? Ou será que é a abdominoplastia com lipoescultura?

Depois de passar em uma consulta com um cirurgião plástico habilitado pela SBCP, Sheila descobriu que só a lipo não traria o resultado desejado. Era preciso fazer uma abdominoplastia com lipo.

Pensou em fazer uma lipoabdominoplastia?

Se você deseja se submeter a uma cirurgia para conquistar um corpo mais bonito, livre das gordurinhas, então você precisa fazer com segurança.

A cirurgia plástica tem os seus riscos, como qualquer outro procedimento cirúrgico. Mas você pode evitá-los!

O mais importante é não se desesperar e fazer todas as escolhas com calma. A fase do pré-operatório é tão importante quanto a da recuperação.

Por isso, escolha muito bem o profissional e o local que será feita a cirurgia de lipoabdominoplastia.

Separamos um check-list para aumentar as chances de sucesso na sua lipoabdominoplastia antes e depois do procedimento cirúrgico.

  1. Escolha um cirurgião plástico habilitado pela SBCP.
  2. Verifique se o profissional tem um alto número de casos realizados. Isso comprova a sua experiência.
  3. Certifique-se que a cirurgia será feita em um hospital equipado e preparado para receber cirurgias de cunho estético.
  4. Analise se o cirurgião plástico tem uma equipe de anestesistas, enfermeiros e fisioterapeutas experientes em plásticas.
  5. Opte por uma clínica que te dê assistência adequada durante a fase de pós-operatório.

Não caia no erro de passar por uma lipo, abdominoplastia e mamoplastia sem antes pesquisar se a clínica e o médico têm boas recomendações.

Infelizmente, existem profissionais que agem de má fé e utilizam produtos clandestinos em suas pacientes. Por isso é fundamental saber com quem você está lidando.

Fonte: Dream Plastic

beijos, Fran
25/02 2020
Topo