Mamoplastia
1 Comentário

Prótese de poliuretano a elevação do seio

 
A cirurgia de elevação das mamas chama-se mastopexia, e pode ser feita com ou sem a presença de próteses mamárias.  A elevação das mamas ocorrerá pela retirada da pele em excesso, que resultará em cicatrizes nas mamas. E a prótese é usada para dar um preenchimento na mama, havendo a necessidade de retirada de pele em menor quantidade. Ainda assim, as cicatrizes continuarão presentes. Então, o que se quer é ter um preenchimento e elevação dos seios, com as menores cicatrizes possíveis. Isto é possível com os implantes de poliuretano com perfil cônico (altura maior da prótese).
Atualmente, o tipo de prótese mais utilizado é a de superfície texturizada, que tem a capacidade de preenchimento, mas não de sustentação. Isto significa dizer, que mesmo colocando a prótese e removendo o excesso de pele, a elevação dos seios obtida não durará por muito tempo, pois este tipo de prótese “escorrega” junto com a descida das mamas, que sofrerá uma nova queda, sujeita à gravidade e flacidez que acontecerá com o passar dos anos após a cirurgia de elevação. Já com o implante de poliuretano, esta superfície adere-se à musculatura do peitoral, sem a tendência de escorregar; onde foi posicionado, ele fica, não se acomodando como as próteses texturizadas. Além disso, o próprio tecido mamário que cobrir a prótese de poliuretano, adere-se a ela de uma maneira que todo o conjunto fica fixo, sustentado.
A prótese com superfície de poliuretano não é nova, já existe há um bom tempo no mercado. Eu mesmo já utilizei exclusivamente este tipo de prótese por dois anos. Atualmente, sei que existem melhores indicações para a prótese de poliuretano ou (micro)texturizadas. E certamente, nos casos onde já existe um grau de ptose (queda) mamária, a prótese de poliuretano cônica é uma indicação formal, pela naturalidade e durabilidade do resultado, e pela necessidade de menor retirada de pele flácida da mama, que será melhor preenchida pelo formato mais cônico da prótese. Ou seja, quanto mais baixa (chata) a prótese, menor a projeção obtida da mama, e mais pele sobrará, acarretando em cicatrizes mais extensas.
Desta forma, a prótese cônica de poliuretano tem uma dupla vantagem: maior preenchimento de pele  – daí sem necessidade de ressecar a pele flácida ou somente retirar uma quantidade muito menor de pele comparado aos outros formatos de prótese – e melhor sustentação à nova mama, que garantirá um ótimo resultado por um tempo mais prolongado. Em outras palavras, num caso de ptose mamária, utilizando-se prótese texturizada  de perfil alto, ou até mesmo super alto, haverá a necessidade de remover pele flácida que não seria necessário remover usando a prótese cônica de poliuretano. Os resultados são naturais, duradouros, e seguros. A prótese de poliuretano cônica para seios flácidos é mais uma evolução na cirurgia estética das mamas e veio para ficar.
 
Até a próxima!
Dr. Eduardo Lange H.
http://www.clinicalange.com.br/blog/post/protese-de-poliuretano-conica-elevacao-dos-seios-sem-cicatrizes/
beijos, Fran
24/06 2013
Escreva seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

1 comentário
  1. caroline sampaio - 25/04/2016

    Ola vou fazer a minha mastopexia tenho pitose mamaria e os seios bem flacidos sem tecido mamario gostaria de um resultado natural sem colo muito marcado v ocê indica. A conica ou a perfil super alto da mentor. Grata.

Topo