20 jul


A obsessão masculina por uma das partes da figura feminina, os seios, tem raízes culturais, biológicas e emocionais. É isso o que afirmam aoHuffington PostLarry Young, especialista em neurociência, e Brian Alexander, autores do livro The Chemistry Between Us: Love, Sex and the Sciense of Attraction (A química entre nós: amor, sexo e a ciência da atração)

A razão principal para a atração pelos seios começa na primeira infância. Um hormônio liberado durante a amamentação ajuda a firmar laços entre a mãe e o bebê e age de forma semelhante na vida adulta permitindo a formação de uma ligação entre o casal.

De acordo com Larry, quando a mulher dá à luz o bebê inicia estímulos elaborados na região, enviando sinais ao cérebro, que libera ocitocina do hipotálamo para favorecer a amamentação. Esse também é o hormônio responsável por manter a atenção da mãe focada no bebê. Por isso, o recém-nascido torna-se a coisa mais importante do mundo para a mulher e torna o ato de cuidar dele e nutri-lo uma experiência satisfatória, formando o vínculo mais forte e duradouro de todos. “E essencialmente quando um parceiro estimula os seios femininos se iniciam a mesma série de eventos cerebrais que aconteceram na amamentação”, explica.

Apesar de a amamentação estar presente na evolução de todos os mamíferos, os humanos são os únicos que desenvolvem uma atração sexual em relação aos seios. Apenas na raça humana, também, os seios se desenvolvem e aumentam nas mulheres durante a puberdade. Os pesquisadores destacam ainda que os humanos são os únicos que mantêm relações sexuais olhando nos olhos uns dos outros, traço que se desenvolveu do circuito cerebral criado da relação entre a mãe e o recém-nascido.

Segundo Larry, uma pesquisa realizada pelas Universidades de Sheffield e do Texas sobre estimulação na região dos seios mostra que carícias são pedidas por 82% das mulheres. O estudo ainda aponta que 60% dos homens também acham agradável serem estimulados nessa região.

Fonte: Live Science

Por: Fran

19 jul

Os Tipos de Próteses de Silicone disponíveis / Tipos Prótese de Mama


Existem diversos tipos de próteses de silicone disponiveis, variando em termos de tamanho, textura,forma,perfil, marcas, etc… Nesse tópico iremos discutir sobre os diversos tipos de prótese de mama de silicone e, como a correta escolha do tipo ideal de prótese mamaria de silicone para cada caso é importante para obtenção de um resultado final estético adequado para a paciente.

Tipos de Perfil da Prótese de Silicone

- Baixo:

esses tipos de proteses de silicone possuem uma base mais larga e são mais baixas, sendo portanto mais indicadas quando se deseja uma maior projeção do colo mamário e pouca projeção para frente. São pouco utilizadas na prática.

- Alto:

essas proteses de silicone possuem uma base menor e são mais altas, sendo portanto melhor indicadas quando se deseja maior projeção dos seios para frente sem tanta necessidade de preenchimento do colo mamário. As proteses de silicone de perfil alto são as mais requisitadas pela maioria das pacientes.

* Duas próteses de silicone podem ter o mesmo tamanho (volume) mas podem terperfis diferentes, portanto quando se diz:

” Dr., minha amiga colocou tal tamanho de protese de silicone na mama e eu adorei ”, é importante que a paciente saiba também qual foi o perfil da protese de mama utilizada e qual a marca da protese de silicone, pois existe uma diferença significativa entre uma prótese de silicone de 300 ml de perfil baixo para uma prótese de silicone de 300ml de perfil alto, assim como existem diferenças de dimensões entre uma marca e outra de protese de silicone. Para que você tenha uma noção melhor, basta imaginar uma lata de atum e uma lata de cerveja . Ambas possuem 300ml, porem uma é mais alta e estreita enquanto a outra é mais baixa e larga.”

* diferença entre prótese de silicone de perfil baixo e alto

- perfil anatômico:

essas proteses de silicone têm um perfil “em gota” e são indicadas para aquelas pacientes que têm mamas com formas e contornos estéticos e se deseja um aumento proporcional das mesmas. Possui projeção frontal menor que as proteses de silicone de perfil alto.

A escolha do tipo de perfil de protese de silicone ideal para cada paciente é uma decisão tão importante quanto a escolha do tamanho da protese de silicone, pois o perfil da protese de mama é que será o responsável pelo formato das novas mamas. Uma intercorrência muito comum é o contornos da prótese de silicone muito evidente nos colos, principalmente no meio do colo (“próteses marcadas” ). Isso ocorre geralmente quando a paciente diz ao cirurgião plastico que desejaria mamas mais unidas. Ocorre que o descolamento medial para inclusão de protese de silicone nos seios, NUNCA deve ultrapassar o limite do tecido mamário, ou seja, mamas separadas, continuarão separadas, talvez um pouco menos, mas ainda sim separadas.

E mamas que são unidas no centro ficarão um pouco mais unidas após a cirurgia de implante de protese de silicone

Devemos sempre respeitar o limite de área da glandula mamaria . Se o cirurgião plastico tentar descolar alem do limite da glândula mamaria, irá descolar apenas pele e portanto, a protese de mama de silicone ficara recoberta apenas por pele tornando-a evidente. Numa cirurgia plastica de mama bem sucedida, mesmo quando essas mamas são pressionadas para o centro, não há evidencia de próteses. Tal fato deve ser explicado e mostrado através de fotos previamente para a paciente para que a mesma não tenha uma expectativa diferente e alem da realidade que pode ser oferecida. É mais honesto,ético e transparente,o cirurgião plastico informar previamente para a paciente que a cirurgia não deixara suas mamas mais unidas do que frustrá-la ou até mesmo causar uma seqüela estética ao tentar agradá-la.

Quanto ao tipo de superfície da prótese de silicone

Antes de começarmos a discutir sobre os diversos tipos de superfícies existentes nas proteses de silicone, é importante que se entenda o porque da existencia das superfícies diferentes nas proteses de silicone. Devido a uma reação natural do corpo humano, uma cápsula fibrosa é formada ao redor de corpos estranhos, inclusive implantes de protese de silicone. Essa cápsula fibrosa pode ficar dura e contrair o implante. Essa reação de contratura exagerada da capsula pode deformar o implante mamario de silicone alterando a forma da mama. Chamamos essa complicação de contratura capsular. Os tipos de superfícies das próteses mamárias de silicone foram sendo alterados à medida em que se tentava uma solução para a contratura capsular. O índice de ocorrência de contratura capsular está relacionado entre outros, à superfície dos implantes de silicone. As primeiras proteses de mama de silicone fabricadas tinham a superfície lisa, que possuem o maior indice de contratura capsular. A partir de meados dos anos setenta surgiram as proteses de mama revestidas de espuma de poliuretano. E, finalmente, na década de 80 surgiram os implantes de protese de silicone texturizados numa tentativa de imitar o efeito rugoso da espuma de poliuretano. Atualmente , na maioria dos casos se utiliza as proteses de silicone texturizadas. 

Sobre os tipos de superfícies das próteses de silicone mamarias:

- implante liso: possui o maior índice de contratura capsular (5 a 6%).

- implante texturizado:

possui superfície com micro-rugosidades visando “quebrar” a formação da cápsula. Apresenta índices menores de contratura capsular do que as proteses de silicone lisas (2 a 3%). São as proteses de silicone mais utilizadas nas cirurgias de mama.

- implante de poliuretano:

possui sua superfície revestida com espuma de poliuretano. Apresenta os menores índices de contratura capsular (0,5%) entre as próteses de mama de silicone existentes, porém é mais sensível à palpação e possui maiores chances de dobras. Utilizada geralmente após contratura capsular intensa com prótese de silicone texturizada.

Quanto ao tamanho ideal da prótese de silicone nos seios

Talvez a dúvida mais freqüente das pacientes em relação a cirurgia plastica de aumento dos seios, seja qual o tamanho e forma ideais de prótese silicone que ela devera colocar ? Esse realmente é um dos ponto mais delicado da cirurgia de implante de protese de silicone. Primeiramente, a paciente deve ter uma conversa aberta com seu cirurgião, que irá tirar todas as suas dúvidas sobre a cirurgia, avaliará seu perfil físico, psicológico, cicatrização e principalmente a proporcionalidade de suas formas. O cirurgião também realizará várias fotos pré-operatórias e lhe mostrará diversos resultados de cirurgias de implante de protese de silicone antes/depois de modo a melhor orientá-la nessa delicada escolha. Por fim, o cirurgião deve sempre respeitar o desejo da paciente, ou seja, a decisão deve ser de certa forma democrática, porém com limitações, tentando sempre alertar a paciente quanto a possiveis exageros.

“Um bom tamanho de protese de silicone é aquele que melhor se harmoniza com a silhueta e o contorno corporal da paciente, de modo que ninguém é capaz de perceber que se trata de uma prótese de silicone, dando naturalidade ao resultado final. Deve-se tomar cuidado para não cruzar a tênue linha, que separa a normalidade estética do exagero e artificialidade”.

O volume das próteses de silicone para implante nos seios é medido em centímetros cúbicos (cc) comumente chamados de mililitros (ml). Existe uma grande variação de tamanho entre próteses de mama de silicone, indo desde 60cc até 500cc. Os tamanhos das próteses de silicone geralmente progridem de 30 em 30cc e os mais utilizados estão entre 200cc e 300cc.

* Veja nessa ilustração comparando o volume das próteses de silicone X xícaras de café

Visitando os sites dos fabricantes de proteses de silicone nos links abaixo, você poderá ver todas as variações de tamanhos de protese de silicone relativos a cada marca.

Quanto ao tipo de preenchimento das próteses de silicone mamárias

As próteses de mama podem estar preenchidas com:

- solução salina:

colocam-se as próteses vazias (apenas os invólucros) e depois, com uma seringa e soro fisiologico vai se preenchendo a protese até se chegar ao tamanho de mama desejado. Utilizada mais nos EUA e Canadá pois nesses países até pouco tempo ainda era proibido o uso de silicone gel. Possui o inconveniente de se notar esse liquido quando em movimento, ser mais dura e artificial ao toque e possuir o risco de vazamento da solução salina.

- Gel de silicone:

É o preenchimento de prótese mamaria mais utilizado em todo mundo. As próteses de mama mais modernas, utilizam gel de silicone coesivo e não mais liquido. Sendo assim, mesmo que ocorra uma ruptura traumática da prótese, o silicone não irá vazar. À palpação, esses implantes mamarios de silicone são imperceptíveis por apresentar densidade e textura bem similares as do tecido mamário.

Quanto às marca da próteses de silicone

Existem inúmeras marcas de proteses de silicone no mercado , como Silimed, Mentor, Eurosilicone, McGhan, Perthese , PIP. Durante sua consulta de avaliação, o cirurgião irá demonstrar alguns modelos de proteses disponíveis. Para saber mais sobre os diversos tipos de protese de silicone, visite o site dos fabricantes nos sites abaixo :

- lifesil : http://www.lifesil.com/

- silimed: http://www.silimedprodutos.com.br

- mentor : http://www.mentorcorp.com/

- natrelle : http://www.natrelle.com

- eurosilicone: http://www.eurosilicone.com

Fonte:httpprotesesilicone.com

Por: Fran

19 jul

A busca pelo bumbum perfeito tem feito com que as mulheres brasileiras passem cada vez mais tempo nas academias. No entanto, por mais exercícios de quatro apoios que se faça, nem sempre a herança genética permite a conquista do volume e formato esperado. Para esses casos, a cirurgia plástica é uma excelente alternativa.
Hoje em dia é muito comum ouvir falar em cirurgia de prótese de silicone para aumentar o volume dos glúteos. Trata-se de uma prótese de gel de silicone que é colocada dentro do músculo glúteo e precisa ser trocada periodicamente para evitar o desgaste.
Há controvérsias entre os médicos sobre qual o melhor procedimento. Eu, particularmente, costumo indicar a lipoenxertia para as minhas pacientes, por considerar o resultado mais natural. Neste caso, a gordura é retirada, por meio de lipoaspiração, dos locais em que está em excesso, como a região abdominal. Em seguida, essa gordura é filtrada e enxertada nos glúteos, deixando-os arredondados, arrebitados e volumosos.
A questão sobre não poder se sentar após a aplicação da gordura é mito. Não há trabalho científico que comprove essa afirmação e, geralmente, não há restrição de movimentos, nem de postura para dormir.
Como qualquer procedimento cirúrgico, a lipoenxertia de glúteos pode apresentar riscos para os pacientes. Isso porque, a gordura pode atingir um vaso sanguíneo e provocar embolia pulmonar ou cerebral. Por isso, a escolha de um bom cirurgião plástico faz toda a diferença.

A estimativa é que a cada 100 ml de gordura enxertada, 70% fique na região e 30 % seja absorvida pelo organismo.
Outra vantagem em relação à prótese, é que o risco de infecção e’ menor e o risco de rejeição não existe.
Fonte:Dr.Luis Pinotti

Por: Fran

19 jul

Dermolipectomia abdominal

A utilização da técnica é indicada nos casos em que, devido à gravidez ou alterações no peso corporal, o abdome se torna mais distendido, flácido e com pele redundante. Também podem estar associados a esses distúrbios o aparecimento de estrias e a acumulação de gordura localizada.
Uma vez que o procedimento remove quantidades de pele e de gordura, ocorre certa redução no peso corporal, que varia conforme o volume do abdome de cada paciente. No entanto, o resultado estético não é determinado pela quantidade de gordura removida, mas pela adequação do tamanho do abdome ao restante do corpo.
Os avanços na técnica permitem que o cirurgião possa combinar esse procedimento com lipoaspiração – nos casos em que exista essa necessidade -, de modo a obter melhores resultados.
Do ponto de vista apenas estético, é aconselhável a mulher optar por esse tipo de cirurgia após a decisão de não ter mais filhos, uma vez que a gestação pode desfazer a reconstrução. Do ponto de vista orgânico, uma possível gravidez não representa qualquer risco para mulheres ou para os bebês.
O cirurgião plástico deve considerar três aspectos fundamentais no exame clínico: a pele, o tecido adiposo e da parede do músculo. Esta análise primeira permite indicar o tipo de dermolipectomia que cada paciente requer e a necessidade de utilizar outras técnicas adicionais.
Uma história médica completa será conduzida a fim de recolher informações essenciais antes da cirurgia.
ATENÇÃO
O conteúdo aqui disponibilizado informa de maneira superficial e objetiva alguns procedimentos da cirurgia plástica. Recomendamos a consulta a um especialista reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para esclarecimentos necessários. 
Fonte:Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica-PR
Por: Fran

19 jul


O que é a mamoplastia de aumento?

A mamoplastia de aumento é a cirurgia plástica que insere próteses de silicone, conferindo formato e volume mais equilibrado às mamas, que são consideradas regiões de feminilidade.

 
Do que é feita a prótese de silicone?

O material dos implantes atuais é um gel de alta coesividade, que oferece melhor aceitação pelo organismo, uma textura mais agradável e menos risco de ruptura. Em relação à escolha do implante, alguns fatores são fundamentais para obter resultado natural e satisfação com a cirurgia. É importante a opção por implantes mais modernos e que apresentem características, como coesividade e revestimento texturizado, de última geração.
Normalmente, a paciente relata seu desejo e sua ideia de mama ou de imagem corporal ideal. Em seguida, calcula-se de maneira objetiva a largura (base) e a altura da mama com o intuito de determinar as possibilidades de volume de implante para aquela anatomia específica. Vale salientar que cada mulher tem uma anatomia individual e com valores próprios de base e altura. Um determinado volume que seria muito grande para uma pessoa talvez seja insuficiente para outra, uma vez que as dimensões mamárias e do tórax são distintas. Além disso, utiliza-se a prova de moldes, frente aos tamanhos já previamente selecionados e, nesse momento, decide-se em conjunto entre dois ou três tamanhos diferentes.

 
Como o médico sabe o melhor tamanho de prótese?

Ouvindo suas expectativas, avaliando a largura, altura das mamas e outras medidas do corpo, o cirurgião plástico especialista consegue nortear e formar uma opinião sobre o tamanho da prótese a ser indicado.

 
O que muda nos perfis e volumes das próteses de silicone?

Os volumes das próteses de silicone têm a função de causar mudanças no tamanho das mamas, enquanto o perfil dos implantes altera sua projeção. O cirurgião plástico é capaz de explicar sobre o volume e o perfil das próteses de silicone mais indicadas ao seu caso.

Perfis das próteses de silicone Características:
 
Baixo
Frequência de uso: pouca As próteses de silicone com perfil baixo possuem como característica principal base mais alargada e projeção baixa, o que concede pouca projeção para frente e mais volume ao colo mamário.
 
Moderado Frequência de uso: pouca Com base um pouco menor que as próteses de perfil baixo, os implantes com perfil moderado possuem projeção pouco maior.
 
 
Alto
Frequência de uso: alta Tem base menor e é mais alta. A projeção desse implante causa aparência de mais volume aos seios, deixando-os para frente e sem muito preenchimento do colo mamário.
 
Super Alto
Frequência de uso: média Com indicação restrita a alguns tipos de mamas e biótipos, as próteses de silicone com perfil super alto concedem às mamas projeção unicamente para frente.
Há riscos?

Qualquer procedimento cirúrgico possui riscos e com a mamoplastia de aumento não é diferente. As próteses de silicone, por se tratarem de um corpo estranho, ainda que com alta compatibilidade com o organismo, podem sofrer rejeição. O nome desse processo é contratura capsular, o qual consiste na formação de uma cápsula protetora feita pelo próprio organismo, que provoca o enclausuramento do implante, podendo acarretar dores, perda de elasticidade, assimetria na região e endurecimento das mamas – a contratura capsular pode acontecer também em apenas uma das mamas. Existem métodos que permitem a reversão do caso, como a administração de medicamentos. Em ocorrências mais graves, um procedimento de remoção da prótese é indicado.

 
Que profissional médico pode realizar o procedimento?

Somente cirurgiões plásticos estão habilitados a realizar a mamoplastia de aumento ou qualquer uma de suas variáveis. A Clínica Master Health possui em sua equipe médica apenas membros da Sociedade de Cirurgia Plástica, portanto, realiza seus procedimentos exclusivamente com especialistas da área.

Fonte:.masterhealth
Por: Fran
Página 74 de 110« Primeira...102030...7273747576...8090100...Última »