15 ago

A abdominoplastia(cirurgia plástica de abdômen), é uma cirurgia em que se realiza uma retirada grande de pele e gordura do abdômen, resultando em uma cicatriz que vai de uma crista ilíaca à outra e se refaz a cicatriz umbilical (umbigo). Nessa cirurgia, normalmente não há a necessidade de lipoaspiração e a plástica consegue tratar adequadamente a parte superior e inferior do abdômen.

Já a mini abdominoplastia geralmente é realizada através da associação com a lipoaspiração. O cirurgião realiza esta mini-cirurgia através de uma pequena incisão colocada na região púbica, semelhante à da abdominoplastia tradicional mas que não necessita de ser tão extensa. Seguidamente, é efetuado o descolamento da pele e do tecido adiposo até ao umbigo, o qual permite, por estiramento, a remoção do excesso de pele e da gordura dessa área. Simultaneamente, é realizado também a reparação da parede muscular, cuja tonicidade se encontra muitas vezes diminuída. A combinação com a lipoaspiração ajuda a eliminar zonas com gordura localizada e a redefinir a silhueta abdominal. A cicatriz umbilical é preservada, sendo levantada durante o procedimento, e reposicionada um a dois centímetros abaixo de sua posição original para se evitar aumento de flacidez no andar superior do abdômen. Assim, essa modalidade de cirurgia plástica fica reservada para pacientes com pouca flacidez de pele (tendo esta maior abaixo do umbigo e menor acima do umbigo), com excesso discreto a moderado de gordura.

Entendendo o procedimento de Miniabdominoplastia

A miniabdominoplastia se realiza sob anestesia peridural e sedação, iniciando-se normalmente após lipoaspiração no abdômen e flancos fazendo-se uma incisão e retirada de fuso de pele na região da cesárea, no abdômen inferior. A região central do abdômen é descolada, elevando-se a gordura remanescente e a pele, incluindo aí o umbigo (cicatriz umbilical), até o xifóide, permitindo o fechamento da musculatura reto abdominal com pontos inabsorvíveis, que foi naturalmente separada (diastase) durante a gestação. O umbigo é fixado um a dois centímetros abaixo de sua posição inicial, auxiliando na tração dos tecidos para baixo, evitando aumento de flacidez no andar superior do abdômen decorrente dessa cirurgia. A parte interna, gordura, é fechada com pontos absorvíveis e a parte externa da pele é fechada com cola e a cicatriz é poucos centímetros mais comprida que a da cesárea. A cola tem capacidade de força até sete vezes maior do que os pontos, além do benefício de não deixar marcas de pontos na cicatriz. Não há cicatriz ao redor do umbigo, como na plástica abdominal tradicional, apenas superiormente caso seja realizada a lipoaspiração, porém essa técnica somente pode ser utilizada em casos selecionados, adequadamente indicados pelo cirurgião plástico.

Fotos Cicatrizes:

Abdominoplastia Tradicional

Cicatriz após 9 dias de procedimento de Abdominoplastia.

Cicatriz após Cirurgia de Abdominoplastia.

Abdominoplastia Secundária – Correção de cirurgia

Fotos Miniabdominoplastia

Evolução Cicatriz de Mini Abdominoplastia do 3º ou 18º mês de pós-operatório.

Indicações para Abdominoplastia

É muito importante que o cirurgião plástico realize a correta indicação da cirurgia, pois da mesma forma que pacientes que não têm pele para realizar a abdominoplastia clássica podem ter dificuldade no fechamento de sua cirurgia, pacientes com muita flacidez e que realizam a miniabdominoplastia por temer a cicatriz maior da abdominoplastia clássica, podem se frustrar com o excesso de pele que pode ocorrer após a cirurgia. Cabe, então, ao cirurgião plástico avaliar adequadamente a paciente em pé, sentada e deitada a fim de se optar pela melhor técnica para cada caso.

A candidata ideal à mini-abdominoplastia é aquela paciente de meia-idade, com alguma gordura localizada no terço inferior do abdômen (região infra-umbilical), sem uma abundância desproporcionada da pele e cuja deformidade abdominal se deve, fundamentalmente, a um relaxamento da parede muscular do ventre. A situação típica daquelas mulheres que já tenham tido filhos e que, em consequência das gravidezes, viram a sua musculatura do abdômen dar lugar a uma tripla barriga

As vantagens da Miniabdominoplastia:
Possibilidade de efetuar a cirurgia com anestesia local com sedação ou anestesia geral sem necessidade de internamento
Redução dos riscos e das complicações pós-operatórias
Recuperação mais rápida no pós-operatório com regresso à atividade laboral após uma semana
Cicatriz reduzida e facilmente ocultada
Nas primeiras 24 horas, aprecia-se uma notável melhoria do contorno abdominal. No entanto, deve sempre indicar-se aos pacientes que o resultado definitivo não se alcançará antes dos seis meses, altura em que se reestruturam definitivamente os tecidos

Os resultados se mantêm?

A menos que haja uma nova gravidez, em que o peso da paciente volta a sofrer oscilações importantes, o ventre pode continuar plano durante muitos anos e a efetividade desta técnica é altíssima.

Fotos de Resultados Reais pós Abdominoplastia:

Resultado após Abdominoplastia tradicional.

Resultado após 6 meses de realização de Miniabdominoplastia.

Resultado após 14 dias de Abdominoplastia + lipoescultura: pubis,costas e interior de coxa.

Antes com o resultado de uma primeira Abdominoplastia realizada a 9 anos e Depois da Abdominoplastia secundária para correção.

Cuidados Recomendados Antes e depois da Miniabdominoplastia:
Como em qualquer intervenção, por mais simples que seja, é aconselhável deixar de fumar uma semana antes. De igual modo, a aspirina e os anti-inflamatórios, se forem vasodilatadores, podem provocar aumento do risco de hemorragia.
Se estiver em tratamento com estes fármacos, deverá parar de tomá-los uma semana antes da cirurgia, por uma questão de precaução. O cirurgião realizará um estudo pré-operatório completo que inclui uma consulta pré-anestésica.
A duração da intervenção oscila entre três quartos de hora e uma hora. A paciente pode ir dormir a sua casa nessa mesma noite.
Apesar da relativa simplicidade da intervenção, há que ter algumas precauções no dia seguinte. Deve levantar-se da cama ainda que por pequenos períodos, no dia a seguir à intervenção.
Deve realizar pequenas caminhadas em casa para promover a circulação. É preciso evitar esforços excessivos, dobrar-se desnecessariamente, levantar pesos… Todos estes actos rotineiros podem causar inchaço na zona ou um leve sangramento.
Há que evitar uma alimentação flatulenta para não distender o intestino, o que provocaria alguns incómodos. Há também que controlar constipações pelo mesmo motivo. Conforme explica João Baptista Fernandes, «qualquer patologia que provoque tosse, pode pressionar a zona e causar dor».
Na primeira semana, é aconselhável dormir virada para cima e com uma almofada por baixo dos joelhos.
Durante o primeiro mês, não é conveniente realizar exercícios bruscos e intensos que possam colocar em perigo a micro-intervenção que provoca tensão nos músculos.
É ainda importante que o paciente tenha consultas posteriores com o cirurgião, antes de começar a realizar exercício físico ou actividades extenuantes. É também aconselhável realizar sessões de drenagem linfática pós-operatória que ajudarão a reduzir o edema e a evitar irregularidades do contorno
Fonte:Lipo e silicone

Por: Fran

14 ago

Antes da Cirurgia

001

Para início de conversa…

Realizar uma cirurgia plástica é uma decisão importante e que certamente trará novas e boas oportunidades para você. Porém, é fundamental que você tenha perspectivas realistas de como é seu corpo e de como ele pode se transformar. Isso porque a cirurgia poderá ficar ótima e ainda assim você sentir-se desapontada se, por exemplo, estava pensando que não haveria nenhuma cicatriz após. Outra ilusão comum é pensar que após a cirurgia você ficaria com a “barriguinha” ou o “bumbum” iguais aos de outras pessoas famosas. Algumas vezes, isso está fora do que é possível. Duvide de procedimentos “milagrosos”.

» Segurança

Nos últimos anos, a Medicina evoluiu muito no Brasil e no mundo. Tais avanços agregaram um nível de segurança jamais visto antes. As medicações melhoraram, assim como as técnicas cirúrgicas e anestésicas, a infra-estrutura hospitalar e os equipamentos médicos. A cirurgia plástica, quando bem praticada, torna-se um procedimento bastante seguro e confiável. Entretanto, é preciso ter a exata noção de que esta é uma especialidade médica como outra qualquer, e portanto deve ser encarada com total seriedade.

» Check-List de Segurança

A seguir, apresentamos os 4 (quatro) principais fatores que interferem na segurança de uma cirurgia plástica. Antes de operar, tenha certeza que verificou todos. Nunca realize sua cirurgia plástica se algum destes pontos estiver faltando ou com deficiências – mesmo que você tenha sido indicada por outras pessoas que não tiveram problemas – pois certamente haverá aumento dos riscos. Neste caso, continue pesquisando até que todos os fatores tenham sido contemplados.

1. Cirurgião plástico: certifique-se de que o cirurgião é especialista, fazendo uma pesquisa na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e no CREMESP(veja se está cadastrado no Conselho como Cirurgião Plástico). Converse com seus pacientes em fase de recuperação e observe seu trabalho.

2. Anestesia:faça sua avaliação pré-anestésica com um dos médicos anestesistas da equipe. É direito seu e dever do médico. Nesta consulta, você terá oportunidade de esclarecer suas dúvidas sobre a técnica anestésica planejada. Mais importante ainda, seu anestesista poderá determinar se você está ou não apta para operar com segurança. Certifique-se de que seu anestesista é especialista, fazendo uma pesquisa na Sociedade Brasileira de Anestesiologia. Por ser uma área repleta de particularidades, dê preferência a anestesistas com experiência comprovada em cirurgia plástica.

3. Hospital: verifique se o hospital contratado oferece todos os recursos necessários à cirurgia. Vá visitá-lo antes. Nunca opere em clínicas, pois não há recursos necessários para uma cirurgia segura. Afinal, se houvesse, não seria uma clínica, seria um hospital.

4. Clínica: sobre a clínica observe se sua clínica é regulamentada no Conselho Regional de Medicina e na Vigilância Sanitária – se os certificados de aprovação não estiverem fixados, questione. Observe também se a estrutura física e os recursos disponíveis são adequados e se inspiram confiança.

Seguindo esses conselhos, saiba que você fez sua parte e tomou todas as providências para minimizar intercorrências. Você está pronta para realizar sua cirurgia plástica com segurança. Agora, é só desejar-lhe uma boa cirurgia!

» Orientações Pré-Operatórias

1. Manter jejum de no mínimo 8 horas, após uma refeição leve;

2. Durante o jejum de 8 horas só poderá ingerir água, chá sem açúcar (adoçante permitido) e suco de laranja COADO e sem açúcar, por até no mínimo 3 horas antes da internação;

3. Com poucas exceções (confira com seu anestesista), tome sua medicação habitual até o momento de sua cirurgia;

4. 10 Dias antes da cirurgia plástica, evite o uso de ácido acetilsalicílico (AAS, Aspirina, Buferin e similares), anti-inflamatórios não hormonais (Voltaren, Cataflan e similares), fórmulas para emagrecimento ou outras medicações estimulantes;

5. Procure não fumar nas duas semanas que antecedem sua cirurgia plástica;

6. Procure dormir cedo na véspera de sua cirurgia plástica e evitar bebidas alcoólicas;

7. Tomar banho no dia da cirurgia com sabonete neutro, lavar e secar bem os cabelos;

8. Não depilar próximo à área a ser operada, exceto sob recomendação médica;

9. Levar a cinta elástica, conforme a orientação médica ;

10. Comunique ao Médico Anestesista a respeito do uso de qualquer medicamento, drogas ilícitas ou alergias a medicações e alimentos;

11. Venha sem esmaltes de unha e sem maquiagem;

12. Retire jóias, bijuterias, relógios e objetos de valor;

13. Levar os exames para o hospital, assim como seus documentos pessoais e a guia de internação;

14. Traga roupas leves e fáceis de vestir;

15. Em caso de dúvidas, não hesite em esclarecê-las com um médico da equipe;

16. Procure ficar o mais tranqüila possível, pois você está muito bem acompanhada com sua equipe médica.

Fonte:Plasticadosonho

Por: Fran

14 ago

BOTOX

Vale á pena? fica bonito? voce colocaria?

Preenchedores faciais e botox podem ter efeitos desastrosos…
É fácil explicar a popularidade dos preenchedores faciais e da toxina botulínica (o famoso botox): a aplicação é simples –só uma injeção– e o resultado é rápido.
Mas não é porque dispensam cortes que esses tratamentos são isentos de risco. Tanto que os médicos já têm técnicas específicas para corrigir problemas causados por esses produtos.
‘Preenchimento desceu e deformou o meu rosto’, conta empresária
De acordo com a cirurgiã plástica Eliza Minami, que falou sobre as possíveis complicações no Simpósio de Rejuvenescimento realizado neste mês no Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa, os campeões de problemas são os preenchedores definitivos, como silicone líquido e o polimetilmetacrilato.
Nenhum dos dois é recomendado para uso estético. Mas esses produtos ainda são usados sem critério, segundo o cirurgião plástico Carlos Alberto Jaimovich. “A promessa é uma plástica sem cortes, mas, quando aparecem os problemas, não dá para corrigir sem cirurgia.”
Minami explica que as complicações mais comuns são a formação de granulomas, nódulos que sofrem inflamações recorrentes. O produto também pode endurecer ou migrar para outras regiões do corpo.
Preenchedores temporários, como o ácido hialurônico –o mais usado hoje– também podem causar transtornos, mesmo sendo os mais seguros do mercado. Seu efeito tem duração máxima de dois anos. A desvantagem para é ter de reaplicar com certa frequência. A vantagem é que se o resultado não for o esperado ou houver complicação, pode-se reverter o efeito.
Segundo a Bogdana Kadunc, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a complicação mais temida é a necrose de tecidos.
“Se a pessoa que está aplicando não conhece a anatomia, a vascularização, existem efeitos trágicos.”
Nesses casos, é preciso aplicar medidas emergenciais, como uso de vasodilatadores e, no caso do ácido hialurônico, a enzima hialuronidase, que leva à degradação e à absorção do produto.
A enzima também pode ser usada caso o efeito estético do preenchedor não seja o esperado ou em caso de reações que causem inchaço, como aconteceu com a fisioterapeuta Fernanda Soto, 34, que recebeu uma aplicação de ácido hialurônico no rosto para reduzir as olheiras.
“Tive uma espécie de alergia e fiquei com um edema por um bom tempo do lado direito.” Com drenagem linfática e aplicação de enzima, ela acabou com o problema.
O comportamento das pacientes é apontado pela cirurgiã Alessandra Haddad como motivo para resultados indesejados. Ela diz que algumas não esperam o resultado da aplicação de ácido hialurônico passar antes de fazer outra. “Isso vai deixando as pessoas deformadas, porque o segundo médico não sabe como era a forma anterior.”
A toxina botulínica, que reduz as marcas de expressão cortando a comunicação das terminações nervosas com os músculos, também pode causar problemas. O pior, segundo os especialistas, é a “pálpebra caída”. Outros efeitos são as “bunny lines” (marcas nas laterais do nariz) e a sobrancelha levantada.
Nos dois últimos casos, diz a oftalmologista Midori Osaki, é possível fazer uma correção rápida com novas aplicações da própria toxina.
“O certo é procurar um médico que tenha feito treinamento, residência”, diz José Horácio Aboudib, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

(Dados tirados da folha de São Paulo)

Por: Fran

13 ago

Pesquisas apontam que a preferência pode estar relacionada à classe social de cada indivíduo.

Qual a relação entre homens sem dinheiro e seios grandes? Parece meio difícil encontrar essa resposta, mas uma pesquisa maluca revelou que homens com pouca grana são mais atraídos por mulheres com muito seio. Faz sentido?

Tudo isso porque, em tempos de vacas magras, homens tendem a recuperar instintos primitivos, preferindo tudo o que é apresentado com mais fartura, e isso se estende ao gosto pelas mulheres, dando preferência àquelas com seios maiores.
Pesquisas

Fonte da imagem: Shutterstock
Dois estudos foram realizados para que os resultados fossem os mais precisos possíveis. Na primeira pesquisa, foram ouvidos 266 homens na Malásia, de diferentes classes sociais. Esses homens analisaram diferentes imagens, relacionadas a atrativos físicos e tamanhos de seios.

Os resultados apontaram que existe um ranking, sendo que os homens de classes sociais mais baixas gostam muito de mulheres com seios grandes, enquanto os de classe média apenas gostam e os de classe alta preferem as mulheres não tão avantajadas assim.
Você tem fome de quê?

Fonte da imagem: Shutterstock

Já o segundo estudo, feito na Grã-Bretanha, avaliou as opiniões de uma maneira um pouco diferente, tendo como base as ideias de dois grupos de homens: 66 com fome e 58 saciados. Os resultados sugerem que os homens famintos apontaram os seios fartos como significativamente mais atrativos do que aqueles homens que estavam satisfeitos.

E aí, o que você acha da pesquisa? Pelo jeito vai ter muito homem por aí declarando pobreza.

Fonte: MegaCurioso
Por: Fran

13 ago

Jornal alemão publicou estatística curiosa porém sem embasamento científico.

(Fonte da imagem: Reprodução/TargetMap)

Publicação de maior tiragem na Alemanha, o Bild publicou um mapa que mostra uma estatística com relevância jornalística contestável porém bastante curiosa: a média do tamanho dos seios das mulheres de todo o globo.

O gráfico é simples: quanto mais forte a cor, maior é o tamanho médio dos sutiãs das mulheres (e dos seios, consequentemente). Baseando-se no desenho, portanto, as russas e escandinavas são as mais “privilegiadas”, enquanto as mulheres de regiões da Ásia, como a China, são as de menor classificação. Colorido em cinza, o Brasil está exatamente na metade da tabela, com os mesmos números de Austrália, Canadá e parte da Europa.

O problema, segundo a Business Insider é que a informação é bem contestável, já que não há nenhum embasamento científico na publicação – a única informação passada pelo Bild é de que o TargetMap foi o responsável pelo levantamento.

Fontes: Business Insider, Bild

Por: Fran
Página 74 de 120« Primeira...102030...7273747576...8090100...Última »