Mamoplastia
0 Comentários

Redução de aréolas e mamilos

mamilos redução

Os seios são um ponto estético que preocupa diversas mulheres. Pequenas imperfeições nas mamas podem ocasionar certo abalo à autoestima feminina, uma vez que os seios não estão em harmonia com a silhueta da mulher.

Métodos para corrigir mamilos muito projetados, mamilos invertidos, partidos e mesmo a ausência de mamilos, bem como redução e aumento de aréola são frequentes em cirurgias plásticas nos seios. A realização de procedimentos nos mamilos e aréolas não são procedimentos incomuns e a associação deles a implantes de silicone também é uma prática bastante recorrente.

Não é sempre que procedimentos na região das aréolas e mamilos são realizados em conjunto com a colocação de próteses de silicone. Geralmente, o cirurgião plástico indica os implantes em casos específicos, buscando aprimorar ainda mais o resultado final e proporcionar maior naturalidade ao novo contorno da área.

As próteses de silicone proporcionam um maior volume e mais firmeza às mamas. Após analisar o biótipo da paciente, o cirurgião indicará qual o melhor procedimento e, se o implante de silicone for uma opção, irá aconselhar o volume adequado para equilibrar o contorno corporal da mulher, oferecendo um resultado final mais natural e satisfatório.

Fonte: MasterHealth

 

beijos, Fran
29/07 2016
Mamoplastia
0 Comentários

Mamoplastia redutora

seiosgrandes

Os seios são fatores relevantes na silhueta feminina e quando apresentam alguma anormalidade, causam abalo na autoestima da mulher. Os problemas mais recorrentes são: a falta ou excesso de volume mamário e a ptose (queda) das mamas.

O excesso de volume mamário, além de causar desconforto estético, pode acarretar problemas às mulheres e por isso a correção desse aumento é muito procurada. A técnica utilizada para reduzir o volume das mamas é a mamoplastia redutora.

Realizada com anestesia local e sedação, a técnica de mamoplastia se inicia a partir de uma incisão feita ao redor da aréola e outra no sulco mamário. Através do corte, o cirurgião retira o excesso de volume, incluindo pele, gordura e glândula mamária. As novas mamas terão um volume mais adequado ao contorno corporal da paciente, além de um melhor formato e consistência.

Este procedimento resultará em uma cicatriz em formato de “T” invertido, mas existem outras técnicas, menos usadas, que deixam a cicatriz em formato de “L” ou “I”. A cicatriz da mamoplastia redutora tem a possibilidade de ficar pouco visível após o período de maturação.

A cirurgia pode ser realizada a partir do momento em que o desenvolvimento das mamas já atingiu seu estágio final, o que se dá por volta dos 15 anos de idade. O procedimento dura, em média, duas horas e no pós-operatório, o principal é respeitar as indicações médicas e a utilização do sutiã especial.

Passados seis meses da realização do procedimento já é possível observar um resultado muito próximo do final. O mínimo de seis meses é o que o corpo necessita para se recuperar do edema (inchaço), que impossibilita a visualização do resultado definitivo.

Nome técnico: Inclusão de Prótese de Silicone para correção de hipoplasia mamária
Parte do corpo: seios
Idade recomendada: a partir dos 15 anos
Anestesia: local com sedação (na maioria dos casos)
Duração da cirurgia: em média 1 hora
Permanência na clínica: média de 8 a 24 horas
Cicatriz: discreta
Pré-operatório: exames de laboratório e arquivo radiográfico (mamografia)
Pós-operatório: curativo em forma de sutiã durante 24 horas e evitar dormir de bruços durante dez dias
Tempo de recuperação: 7 a 14 dias

Fonte: MasterHealth

beijos, Fran
28/07 2016
Plásticas
0 Comentários

Tem um peso ideal para fazer uma Cirurgia Plástica?

peso-PAINT

Não existe nenhum protocolo firmado a respeito do peso ideal para se submeter a uma cirurgia plástica. O que é consenso entre todos os especialistas é que, quanto mais próximo do peso ideal  ,melhor será esse resultado e que pacientes com obesidade apresentam muitos riscos associados a cirurgia.

A organização mundial de saúde recomenda a utilização do IMC como parâmetro para determinar se o peso está ou não adequado para a sua altura. Entendo que calcular IMC não resolve todos os problemas. Este é apenas um parâmetro e não leva em conta outros fatores como :sexo, idade, condicionamento físico e a estrutura corporal.

O importante é ter uma vida saudável, com um peso o mais próximo possível do IMC=25 e  que não ultrapasse o IMC de 30, mas que  te deixe satisfeito(a) com seu corpo. Em diversos casos a cirurgia plástica pode te ajudar a eliminar a gordurinha localizada ou o excesso de peso das mamas ou de flacidez no abdome, fornecendo um ânimo para você se cuidar mais através de uma alimentação equilibrada e exercícios físicos regulares, mantendo assim o resultado alcançado e, por conseguinte, tendo uma vida saudável!

Fonte: Dr. Moises de Melo

beijos, Fran
27/07 2016
Topo