Mamoplastia
1 Comentário

Os cuidados na hora de malhar para quem tem próteses de silicone nos seios

Foto: Danilo Borges
 
 
São muitas as mulheres que apostam no silicone para ter seus seios turbinados. Mas, como qualquer cirurgia, é muito importante que sejam adotados alguns cuidados que garantam um bom resultado no pós-operatório. A retomada dos exercícios físicos é uma das preocupações que o público feminino deve estar atento, pois este período exige cautela e só um pouquinho de paciência: “É essencial que a mulher tenha alguns cuidados especiais na hora da atividade física após aumentar o tamanho das mamas, mas não há nada que impeça a paciente de voltar ao ritmo habitual em pouco tempo”, afirma a Dra. Ana Paula Polato Guiné, cirurgiã plástica (SP).
Uma vez realizada a cirurgia, a especialista recomenda repouso completo dos braços por, pelo menos, dez dias, período de cicatrização em que a movimentação da região tem grande chance de gerar deslocamentos, abertura de pontos e sangramentos. “Geralmente as atividades físicas leves, como caminhadas, bicicleta, musculação para os membros inferiores (sem utilização dos membros superiores para apoio) podem ser reiniciadas na terceira semana após o procedimento”, conta o Dr. Luiz Eduardo Mendonça Pereira, cirurgião plástico da Clínica Bertolini (SP). “Use sempre um top bem justo que cause uma sensação de segurança. Geralmente é recomendada a compra de um top um tamanho menor do que aquele indicado, ou até mesmo a utilização de dois tops de ginástica”, completa o Dr. Adriano Romiti, cirurgião plástico do Hospital São Camilo (SP).
Não respeitar estes cuidados pode gerar diversos malefícios para a saúde da mulher: “Dores musculares, vícios de postura, quadros de tendinite e dores articulares podem surgir”, alerta o Dr. Adriano Romiti. A Dra. Ana Paula completa afirmando que mulheres submetidas à colocação de implantes muito volumosos podem apresentar alterações posturais: “Por isso, sempre é indicado terapia de reposicionamento postural após o implante”, justifica. Quando respeitado o período de recuperação após a cirurgia, não há riscos para a prática das atividades supracitadas, ocorrendo a formação de uma cápsula protetora, que gera aderência aos tecidos, evitando assim o deslocamento do implante. O Dr. Luiz Eduardo tranquiliza as mulheres: “Sua ruptura é extremamente rara, mesmo com traumas externos, pois os implantes atuais apresentam um revestimento especial com alta resistência”. Segundo o Dr. Luiz Eduardo, as atividades com os braços são reiniciadas geralmente após dois meses para as mulheres com implantes subglandulares (abaixo da glândula mamária e acima do músculo peitoral maior) e subfasciais (abaixo da fáscia do músculo peitoral) e três meses para as mulheres com implantes submusculares. Já a prática de exercícios físicos mais intensos pode ser reiniciada após três meses nos casos de implantes subglandulares e subsfasciais, e após quatro meses nos submusculares. “É importante ressaltar que este é um tempo médio que sempre dependerá da evolução de cada mulher”, ressalta o médico.
Fonte:CorpoacorpoUol
beijos, Fran
22/10 2014
Escreva seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!

1 comentário
  1. fabio prado - 26/10/2015

    olá fran.obg pelas dicas.gostariamos se possível de sua indicação de qual médico ou médica vc colocou as próteses.pois minha noiva deseja colocar silicone.abs e muito obg

Topo